Questões de Transtornos Dissociativos (Psicologia)

Limpar Busca

Ao final dos anos 60, alguns psiquiatras identificaram em alguns pacientes uma síndrome que não se enquadrava nas rubricas diagnósticas preexistentes. Analisando vários pacientes com essa síndrome, quatro aspectos principais foram identificados: a raiva como afeto principal ou o único afeto, deficit nas relações interpessoais, ausência de identidade consistente do self e depressão difusa. O quadro apresentado trata do transtorno

  • A de estresse pós-traumático.
  • B dissociativo.
  • C de personalidade borderline.
  • D de personalidade antissocial.
  • E aditivo.

Uma interconsulta foi solicitada a um psicólogo hospitalar, para esclarecer a situação de um paciente que, durante e após a realização de um cateterismo cardíaco, ficou agitado e começou a falar palavras desconexas. Após retornar à enfermaria, afirmava que os médicos estavam rindo dele e zombando das dimensões de seu pênis. No dia seguinte, observou-se a remissão dos sintomas descritos e o paciente revelou desconhecimento em relação aos acontecimentos. Essa descrição reforça, como hipótese diagnóstica,

  • A uma esquizofrenia paranoide.
  • B uma fobia.
  • C um transtorno dissociativo.
  • D uma crise de impulsividade.
  • E um quadro confusional psicogênico.

De acordo com o DSM-V, a característica ____________ do transtorno dissociativo de personalidade é a presença de dois ou mais estados de personalidade distintos ou uma experiência de _________.
Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente, as lacunas do trecho acima.

  • A secundária – agressividade
  • B definidora – raiva
  • C secundária – mania
  • D definidora – possessão
  • E secundária – pânico

Entende-se por Transtornos Dissociativos aqueles que de alguma forma levam a pessoa a se sentirem deslocados de si mesmos ou do ambiente, como se estivessem sonhando ou vivendo em câmara lenta (Barlow &Durand, 2008). Estes transtornos apresentam-se nas formas de transtorno de despersonalização, amnésia dissociativa, fuga dissociativa e transtorno de transe dissociativo. Quando as sensações de irrealidade são tão graves e aterrorizantes que dominam a vida de um indivíduo e impedem o funcionamento normal, os clínicos podem diagnosticar

  • A amnésia dissociativa.
  • B fuga dissociativa.
  • C transtorno de despersonalização.
  • D transtorno de transe dissociativo.

A utilização do lítio como estabilizador do humor foi uma descoberta especialmente importante para o manejo da fase aguda e para evitar recidivas nos pacientes diagnosticados com transtorno

  • A afetivo bipolar.
  • B de estresse pós-traumático.
  • C alimentar.
  • D de personalidade esquizoide.
  • E somatoforme.