Questões de Nova República, transição democrática e retrocesso administrativo (Administração Pública)

Limpar Busca

A redemocratização do país, no período imediatamente posterior ao regime militar, promoveu a descentralização da ação governamental e a atualização do arcabouço institucional. Entretanto, algumas medidas tiveram efeitos negativos. Nesse contexto, considera-se um retrocesso na modernização da administração pública do país

  • A o restabelecimento das eleições diretas em dois turnos para presidente, governador e prefeito.
  • B o processo de municipalização da gestão pública, o que concede maiores poderes aos municípios.
  • C a criação de conselhos municipais em várias áreas de interesse público.
  • D a redução da autonomia do Poder Executivo para tratar da estruturação dos órgãos públicos.
  • E a ampliação da participação da sociedade na resolução de assuntos comunitários.

A reforma do Estado, iniciada na última década do século XX, no Brasil, buscou ofertar bens e serviços públicos com mais qualidade, bem como diminuir a interferência do Estado no mercado, por meio das privatizações e da desregulamentação das atividades econômicas, com foco em controle de resultado.

Mathias-Pereira, J. Manual de gestão pública contemporânea.

São Paulo: Ed.Atlas, 2007, p. 23. Adaptado.


Esse movimento de reforma, mencionado no trecho acima, refere-se à justificativa para a implantação do modelo de gestão pública denominado

  • A autocrático
  • B burocrático
  • C estadocêntrico
  • D gerencial
  • E patrimonial

Com relação à reforma do Estado, julgue o item.


O modelo neoliberal‐conservador objetivava reestabelecer o equilíbrio fiscal do Estado e equilibrar o balanço de pagamento dos países em crise.

  • Certo
  • Errado

Com base na evolução dos modelos de administração pública no Brasil e na reforma do Estado, relacione a coluna 1 com a coluna 2 e assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.


Coluna 1

I. Reforma administrativa de 1967

II. Departamento Administrativo do Serviço Público – DASP

III. Ministério da Administração Federal e Reforma do Estado – MARE


Coluna 2

( ) Na área de recursos humanos, inspirou-se no modelo weberiano de administração, baseado no mérito profissional.

( ) Reestruturou o aparelho de Estado, dividindo as atividades estatais em dois tipos: exclusivas do Estado (exemplo: regulação) e não exclusivas do Estado (exemplo: serviços sociais).

( ) Uma das primeiras experiências de implantação da administração pública gerencial no Brasil.

  • A III – I – II
  • B III – II – I
  • C II – III – I
  • D I – II – III
  • E I – III – II

A feição de uma nova administração pública, que concentra seus recursos e atividades em uma performance que protagoniza o usuário como centro dos sistemas públicos, é uma tendência crescente e já se pode detectar pela ênfase na gestão da qualidade, na entrega por resultados e nas parcerias público-privadas. Valores como excelência, eficiência, agilidade e transparência são premissas para os tempos atuais. O Programa GESPÚBLICA, focado na desburocratização e simplificação dos processos de trabalho é viabilizado, na fase instrumental de modelagem das ações através:

  • A da digitalização e automatização dos processos e políticas públicas nacionais instalados após a promulgação da Constituição de 1988, no estado em que se encontram.
  • B da gestão de processos, mais precisamente, em sua simplificação e melhoria.
  • C da gestão de projetos governamentais.
  • D da obtenção de resultados, tendo como premissa a absoluta não padronização dos meios de obtenção destes resultados.
  • E da publicidade intensificada para os usuários das áreas finalísticas dos serviços.