Questões de Lúpus Eritematoso Disseminado (LED) (Medicina)

Limpar Busca
Assinale (V) para as afirmativas VERDADEIRAS e (F) para as FALSAS acerca do Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES).
( ) O LES é uma doença autoimune crônica, cujo acometimento é multissistêmico. Ocorre tipicamente em mulheres de idade fértil, sendo que 10-20% dos casos são diagnosticados durante a infância, com uma maior frequência de acometimento renal, bem como maior ocorrência de febre e adenomegalias. É extremamente raro em pessoas menores de 15 anos. ( ) Muitos estudos demonstram que a suplementação com vitamina D melhora os níveis séricos da vitamina D, os sintomas do LES e suas complicações, com melhoria significativa nos níveis de marcadores inflamatórios, fadiga e função endotelial. ( ) O tratamento do LES depende das manifestações clínicas e das alterações laboratoriais apresentadas pelo paciente no surto de atividade, mas, em geral, inclui o uso de medicamentos, como anti-inflamatórios não hormonais, antimaláricos, glicocorticoides e imunossupressores, dieta hipossódica, uso de protetor solar e de hidratante, orientações sobre prática regular de atividades físicas, além de restrições quanto ao uso de bebidas alcoólicas e de tabagismo. ( ) O LES é uma doença sistêmica autoimune que pode apresentar dezenove síndromes neuropsiquiátricas diferentes. Coreia é síndrome neurológica que ocorre em menos de 4% dos casos, sendo raramente manifestação inicial do LES.
Marque a opção que apresenta a sequência CORRETA.
  • A F – V – V – V.
  • B V – F – V – F
  • C F – V – F – V.
  • D F – F – V – V.
  • E V – V – F – F.
Assinale (V) para as afirmativas VERDADEIRAS e (F) para as FALSAS acerca do Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES).
( ) O LES é uma doença autoimune crônica, cujo acometimento é multissistêmico. Ocorre tipicamente em mulheres de idade fértil, sendo que 10-20% dos casos são diagnosticados durante a infância, com uma maior frequência de acometimento renal, bem como maior ocorrência de febre e adenomegalias. É extremamente raro em pessoas menores de 15 anos. ( ) Muitos estudos demonstram que a suplementação com vitamina D melhora os níveis séricos da vitamina D, os sintomas do LES e suas complicações, com melhoria significativa nos níveis de marcadores inflamatórios, fadiga e função endotelial. ( ) O tratamento do LES depende das manifestações clínicas e das alterações laboratoriais apresentadas pelo paciente no surto de atividade, mas, em geral, inclui o uso de medicamentos, como anti-inflamatórios não hormonais, antimaláricos, glicocorticoides e imunossupressores, dieta hipossódica, uso de protetor solar e de hidratante, orientações sobre prática regular de atividades físicas, além de restrições quanto ao uso de bebidas alcoólicas e de tabagismo. ( ) O LES é uma doença sistêmica autoimune que pode apresentar dezenove síndromes neuropsiquiátricas diferentes. Coreia é síndrome neurológica que ocorre em menos de 4% dos casos, sendo raramente manifestação inicial do LES.
Marque a opção que apresenta a sequência CORRETA.
  • A F – V – V – V.
  • B V – F – V – F.
  • C F – V – F – V.
  • D F – F – V – V.
  • E V – V – F – F.

O Lúpus Eritematoso Sistêmico é uma doença inflamatória autoimune que atinge múltiplos órgãos. Qual das alternativas abaixo contém marcadores úteis para o acompanhamento da atividade da doença?

  • A Anti-SSA e anti-SSB.
  • B FAN e anti-SM.
  • C Anticoagulantelúpico e anticardiolipina.
  • D Anti-DNA e anti-SM.
  • E Anti-DNA e frações do complemento.

O Lúpus Eritematoso Sistêmico Juvenil é uma doença multissistêmica, autoimune e crônica. O comprometimento de alguns órgãos aumenta a sua morbimortalidade, quais são esses órgãos acometidos?

  • A Rins e coração
  • B Coração e fígado
  • C Fígado e rins
  • D Sistema nervoso central e rins
  • E Sistema nervoso central e coração

Uma paciente de 27 anos de idade, grávida de 9 semanas, procura atendimento médico e é encaminhada pela obstetra para acompanhamento de lúpus eritematoso sistêmico (LES). Ela informa que foi diagnosticada com LES aos 20 anos de idade e relata manchas no corpo e dores articulares, porém, atualmente usando hidroxicloroquina, está muito bem controlada. Realiza-se exame de fator antinúcleo positivo (FAN) com resultado positivo 1/640 (padrão pontilhado fino) e anti-Ro/SS-A positivo. A profissional solicita que o médico clínico geral aconselhe e oriente a paciente a respeito das melhores condutas durante sua gestação.


Considerando esse caso clínico e os conhecimentos médicos correlatos, julgue o item a seguir.


A hidroxicloroquina (antimalárico), mesmo em dose baixa, não é segura na gravidez e deve ser suspensa. Poderá ser substituída por ciclosporina, que é um imunossupressor que pode ser usado com segurança na gravidez. Todavia, é bom lembrar que esse medicamento apresenta, como efeito colateral, hipertensão e aumento de creatinina, o que pode causar confusão, com lesão renal, nessa paciente.

  • Certo
  • Errado