Questões de Delegação, Centralização e Descentralização (Administração Geral)

Limpar Busca

Sobre delegação nas organizações, é correto afirmar:

  • A é a transferência de autoridade e responsabilidade do chefe para o seu subordinado.
  • B é o dever de responder pelas consequências de seus atos.
  • C é a necessidade de estabelecer uma harmonia entre todas as atividades da empresa.
  • D é a capacidade de influenciar pessoas através da sua habilidade.
  • E é o processo de cobrar as tarefas através de ameaças.

O processo de transferir autoridade e responsabilidade para posições inferiores na hieraquia é chamado de

  • A responsabilidade.
  • B delegação.
  • C autoridade.
  • D amplitude administrativa.
  • E descentralização.

A estrutura organizacional é a configuração vertical e horizontal de departamentos, autoridades e cargos de uma empresa. Com relação a esse assunto, julgue o item.



A delegação, processo por meio do qual o administrador transfere autoridade e responsabilidade para um subordinado, é um tipo de descentralização.


  • Certo
  • Errado

A descentralização político-administrativa é inerente ao modelo de Estado democrático de direito e condição essencial à melhoria das suas instituições democráticas. Nesse contexto de descentralização, as políticas públicas caracterizam-se por

  • A serem definidas segundo os diferentes perfis produtivos e vocacionais de cada local.
  • B definirem modelos genéricos que atinjam todo o território nacional.
  • C adotarem um modelo vertical para criação de oportunidades para iniciativas e empreendimentos locais.
  • D introduzirem o pensamento de uma economia formada por setores e promover essa visão no planejamento nacional.
  • E eliminarem a participação do Estado nas decisões e delegá-las à iniciativa privada.

Assinale a opção que apresenta o arranjo organizacional que tem como vantagem o fato de as decisões serem tomadas mais rapidamente pelos próprios executores.

  • A diferenciação
  • B formalização
  • C integração
  • D centralização
  • E descentralização