Questões de Custo de Oportunidade na Análise de Balanços (Análise de Balanços)

Limpar Busca

As análises de custo-benefício e de custo-efetividade são, ambas, modelos avaliativos do tipo

  • A econômico.
  • B baseado em clientes.
  • C baseado em stakeholders.
  • D baseado em efetividade.
  • E profissional.

Analise o caso abaixo para responder à questão:
A empresa Sucesso Ltda está analisando a viabilidade de ampliar sua capacidade fabril, a partir da compra de uma nova máquina, no valor de R$ 300.000,00. As projeções são de que a receita seja alavancada nos próximos 5 anos em R$ 100.000,00; R$ 160.000,00; R$ 180.000,00; R$ 280.000,00; R$ 200.000,00. Estima-se que, entre os custos fixos e variáveis, a máquina consuma 40% da receita do respectivo período de comparação, mais 5% do gasto incorrido no ano anterior ao de análise. Após o período de 5 anos, prevê-se um valor de revenda da máquina de R$ 40.000,00. Sabe-se, ainda, que o custo de oportunidade é de 20% ao ano.
O pay-back estimado é, aproximadamente, de

  • A 4 anos e 1 mês.
  • B 4 anos e 5 meses.
  • C 2 anos e 8 meses.
  • D 3 anos e 3 meses.
  • E 3 anos e 6 meses.

Segundo Gitman (2010), o princípio econômico fundamental usado na administração financeira é a __________________, ou seja, o princípio de que uma decisão financeira deve ser tomada somente quando os benefícios adicionais superarem os custos adicionais.

Qual alternativa completa corretamente a lacuna da frase acima?  

  • A Análise de risco e retorno.
  • B Análise multivariada.
  • C Análise marginal.
  • D Decisão de investimentos.
  • E Análise do fluxo de caixa.
Em relação à estrutura e custo de capital, considere as assertivas I, II, III e IV:


I. A estrutura de capital de uma empresa corresponde aos fundos de longo prazo oriundos de fontes de capital próprios e de terceiros.

II. O custo de capital é utilizado como parâmetro para as decisões de aprovação ou reprovação de novos projetos, uma vez que estes devem proporcionar retornos superiores aos respectivos custos.

III. O custo de capital representa a taxa mínima de retorno que novos investimentos devem proporcionar.

IV. O capital de terceiros é formado por empréstimos e financiamentos contraídos em instituições financeiras e pelas obrigações emitidas pelas empresas, tais como as debêntures.


Está(ão) CORRETA(S) a(s) assertiva(s):
  • A Apenas I e II.
  • B I, II, III e IV.
  • C Apenas I e IV.
  • D Apenas II e IV.
  • E Apenas II e III.
O custo de capital próprio é maior do que o custo de capital de terceiros na seguinte situação: 
  • A os credores incorrem em maior incerteza em relação ao retorno de seus recursos, enquanto os acionistas têm o pagamento dos juros definidos por um contrato.
  • B os acionistas incorrem em maior incerteza em relação ao retorno de seus recursos, enquanto os credores têm o pagamento dos juros definidos por um contrato.
  • C os fornecedores incorrem em menor incerteza com relação ao retorno de seus investimentos, enquanto os acionistas têm o pagamento dos juros definidos por um contrato.
  • D os clientes incorrem em menor incerteza em relação ao retorno de seus investimentos, enquanto os credores têm o pagamento dos juros definidos por um contrato.
  • E os agentes incorrem em maior certeza em relação ao retorno de seus investimentos, enquanto os acionistas têm o pagamento dos juros definidos por um contrato.