Resumo de Português - Redação

A redação é um dos principais conteúdos abordados em provas sejam escolares, concursos, vestibulares ou até mesmo para uma seleção de emprego. Além disso, ela é recorrente no cotidiano: ao escrever um e-mail ou ao produzir textos para as redes sociais. Por isso, é importante estudá-la e, também, praticá-la. 

Para construir uma redação com qualidade é necessário entender as tipologias textuais. Elas podem ser: narração, dissertação, descrição e injunção. Uma boa redação exige obediência às regras da Gramática e respeito às normas da linguagem.  Além disso, os textos precisam apresentar coesão e coerência.

Redação com a tipologia narrativa

O texto narrativo é um gênero literário que tem como principal característica fundamentos sobre ações reais ou fictícias. Ele apresenta personagens inseridos em um determinado tempo e espaço.

São exemplos de texto narrativo: crônica, novela, romance, lenda, fábula, dentre outros. Em síntese, o texto narrativo conta algum acontecimento. Entenda como é organizado esse gênero de redação.   

Organização do texto narrativo

Quanto ao enredo, o texto narrativo é composto da seguinte estrutura:

  • Apresentação: essa é o momento inicial do texto narrativo. Nela o autor costuma apresentar os personagens, locais e o tempo em que está inserido o enredo.
  • Desenvolvimento: é a parte onde a ação é iniciada, ou seja, apresenta os principais esboços da trama preparando para o ápice da história;
  • Clímax: é o ápice da narrativa. É o momento mais comovente da trama; 
  • Desfecho: como o nome sugere, diz respeito ao final da história. Momento em que as ações da trama têm conclusão.

Os elementos do texto narrativo

Quanto aos elementos, o texto narrativo apresenta:

  • Narrador: Diz respeito a quem narra a trama. Existem três tipos: narrador-personagem (narra e participa da história), narrador-observador (conta a trama, mas não participa) e o narrador-onisciente (narra na terceira pessoa, mas pode falar do pensamento de um personagem na primeira pessoa).
  • Personagens: são aqueles que fazem parte do enredo. Os personagens podem ser protagonista (personagem principal da trama), antagonista (personagem que opõe-se ao protagonista), coadjuvante e adjuvante (os dois últimos são personagens secundários).
  • Enredo: diz respeito ao encadeamento em que a narrativa é desenvolvida. O enredo pode ser linear ou não linear, psicológico ou cronológico.
  • Tempo: trata-se de uma data ou instante que acontece a história. O tempo é classificado em: psicológico (relacionado a emoções, lembranças, memórias de um personagem) ou cronológico (tempo marcado pelo relógio: dias, semana, mês, ano, século).
  • Espaço: é o local que ocorre a narrativa. Exemplo: “O Cortiço” é uma obra de Aluísio de Azevedo onde a trama acontece em um cortiço. O espaço pode ser real ou psicológico.

Texto dissertativo

Outra tipologia textual recorrente em provas é o texto dissertativo. Ele diz respeito ao ato de debater, questionar e expressar um ideal.

A estrutura do texto dissertativo

  • Introdução: é a parte inicial da redação onde é apresentado o tema. Nela precisam conter as informações e ideias centrais que serão abordadas no texto.
  • Desenvolvimento: é a parte em que o redator precisa expor as ideias. É nele que são desenvolvidos argumentos para fundamentar a opinião, através de citação de dados, informações e conceitos.  
  • Conclusão: é o desfecho do texto. A redação precisa ser concluída, ou seja, as ideias não podem ficar soltas. Por isso, nessa parte é importante conter um breve resumo do tema que foi tratado. Normalmente, na conclusão, o redator pode sugerir reflexões para o leitor ou apresentar soluções sobre o assunto abordado.

Classificações da dissertação

As dissertações estão classificadas em expositiva e argumentativa. Esta significa apresentar argumentos sobre as próprias ideias de um determinado assunto (na terceira pessoa). Aquela, por sua vez, corresponde a exposição de um argumento de outra pessoa. Confira abaixo mais detalhes sobre cada uma.

Dissertação expositiva

Tem o objetivo de informar e expor ideias sobre um determinado assunto, sem o intuito de convencer o leitor. 

Dissertação argumentativa

É um texto com o objetivo de convencer ou persuadir o leitor sobre determinado assunto.

Confira o vídeo sobre a dissertação:

Texto descritivo

O objetivo é apresentar uma descrição detalhada sobre algo ou alguém no intuito de formar no leitor uma imagem mental sobre o objeto, animal, pessoa, descrito(a).

Classificação da redação descritiva

O texto descritivo pode ser objetivo ou subjetivo.

Descrição Objetiva:

  • Descrição de algo ou alguém no sentido literal;
  • Apresenta uma linguagem direta e clara;
  • Tem como aspecto a descrição concreta.

Descrição subjetiva:

  • Descrição de algo ou alguém no sentido figurado;
  • Uso de linguagem metafórica;
  • Apresenta a descrição do estado de sentimento. 

Coesão e coerência na redação

A coesão e coerência são dois aspectos fundamentais para produzir uma boa redação. Pois, um texto sem esses elementos dificultam a compreensão do leitor. Confira abaixo mais detalhes sobre esses dois aspectos.

Coesão

A coesão está ligada a estrutura da redação. Ela corresponde a conexão das ideias apresentadas no texto para facilitar a compreensão do leitor.  Para isso, é importante utilizar de forma adequada a conjunção, assim como os pronomes, os advérbios, a preposição, dentre outros elementos.

Em síntese, a coesão diz respeito a forma de organizar o texto. É desenvolver o conteúdo de maneira que a informação seja clara e objetiva.

Coerência

A coerência apresenta a construção dos sentidos. Ela diz respeito a lógica da escrita, ou seja, as informações precisam expor uma sequência coerente.

Exemplo:

  • Erro de coerência: “ele nasceu aos 9 anos”.
  • Frase coerente: “ele nasceu aos nove meses”.  

Obs.: No sentido denotativo, ninguém pode nascer aos nove anos, por essa razão a frase não apresenta coerência. Ou seja, não faz sentido a informação.

Resumo das tipologias textuais

Confira a tabela abaixo com as principais características das tipologias textuais para construir uma redação.

Tipologia textual Objetivo Características
Narração Narrar ações reais ou fictícias. Apresenta: narrador, personagens, enredo, tempo e espaço.
Dissertação Dissertação argumentativa: expor opinião sobre um determinado assunto com o objetivo de convencer o leitor
Dissertação expositiva: informar o leitor sem o objetivo de convencê-lo.

Texto com introdução, desenvolvimento e conclusão.  O primeiro  é  a apresentação do tema. O segundo é o
levantamento de dados para fundamentar a argumentação. Já a conclusão é um breve resumo.

Descrição A redação deve apresentar descrições minuciosas sobre relatos, lugares, fatos, dentre outros. Descrever detalhadamente sobre algo ou alguém.
Produzir imagem mental do assunto no leitor.
Voltar

Questões