Questão 52 do Concurso Assembléia Legislativa do Estado do Amazonas (AL-AP) - Analista Legislativo - Comunicação Social (2020)

Nos anos 1960, um livro propôs uma análise estruturalista dos meios de comunicação, num momento em que vários paradigmas divergiam sobre o tema. Para o seu autor, a teoria crítica frankfurtiana via os processos de comunicação com negatividade, do outro, correntes como a funcionalista norte-americana e a midialógica de McLuhan entendiam as mudanças na comunicação como um processo virtuoso, derivado da democratização e da integração cultural. O livro e o autor são, respectivamente,

  • A A Máquina Universo, de Pierre Lévy.
  • B Dialética do Esclarecimento, de Theodor Adorno.
  • C Dos meios às mediações, de Jesús Martín-Barbero.
  • D Apocalípticos e Integrados, de Umberto Eco.
  • E Pensar as Mídias, de Armand Mattelart.