Questão 59 do Concurso Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) - Engenheiro de Segurança do Trabalho (2020)

A administração aplicada à engenharia de segurança do trabalho não pode prescindir de indicadores para avaliar o sistema de gestão da segurança e saúde no trabalho da organização. Entre os indicadores mais usuais na prática da engenharia de segurança do trabalho consta

  • A a Taxa de Frequência, que para um estabelecimento em que ocorreram 40 (quarenta) acidentes de trabalho e foram trabalhadas 400000 (quatrocentas mil) horas, será igual a 100 (cem) para o período considerado.
  • B a Perda Intrínseca do Acidente, que considera o tempo efetivamente perdido com paralisação da produção por causa de eventos acidentários.
  • C a Taxa de Transformação de Conduta, concebida para o SESMT avaliar a eficácia dos programas de capacitação na redução dos atos inseguros como causas dos acidentes de trabalho.
  • D o Custo Interno de Acidentes, que mede a porcentagem dos encargos diretos e inevitáveis associados aos acidentes de trabalho que serão supridos pela organização
  • E a Taxa de Gravidade, que para um estabelecimento no qual o Tempo Computado em dias perdidos foi de 80 (oitenta), para um total de 400000 (quatrocentas mil) horas trabalhadas será igual a 20 (vinte).