Questões da Prova da Prefeitura Municipal de Salvador - Fiscal - Nível Superior (FGV - 2019) Página 1



O desmatamento da Floresta Amazônica: causas e soluções


O debate sobre o problema do desmatamento da Floresta Amazônica, que tem se expresso, entre outros, nos debates sobre as mudanças no Código Florestal, tem-se caracterizado por sua superficialidade e pelo seu caráter ideológico. Inicialmente, há a necessidade de se identificar o processo de forma clara, após isto buscar as suas causas, e, finalmente, pensar nas soluções no curto, médio e longo prazos.

Política Ambiental, nº 8, junho de 2011.


Assinale a opção em que a relação do título com o texto está corretamente identificada.

  • A O título fala de causas e soluções do desmatamento, mas só indica as soluções.
  • B O título indica causas e soluções, mas só indica as causas.
  • C O texto não fala nem de umas nem de outras, apesar de falar de causas a soluções do desmatamento.
  • D O texto explicita as causas e soluções do desmatamento falando de causas e soluções no título.
  • E O texto indica somente uma causa e uma solução, apesar de indicar uma quantidade plural de causas e soluções.

A civilização do século XX tornou-se altamente dependente do mais nobre dos combustíveis, porque ele é extremamente conveniente: é líquido, podendo pois ser transportado facilmente nos mais variados recipientes e em oleodutos, e, além disso, é o combustível mais rico em calorias. Assim, a humanidade se acostumou com o “creme” dos combustíveis e o desperdiçou, como quem desperdiça um bem ganho sem qualquer esforço. Mas isso vai acabar, o petróleo é uma herança que recebemos do passado e que fatalmente vai terminar”.

José Goldemberg, Quatro Rodas, maio de 2013.


No texto acima, o corretor de texto do computador sublinhou os termos “podendo pois”.

Nesse caso, o erro apontado foi

  • A a ausência da conjunção “mas” antes de “podendo”.
  • B o emprego indevido de uma vírgula antes do gerúndio.
  • C o erro de posição de “pois”, que deveria vir antes de “podendo”.
  • D a falta de vírgulas antes e depois de “pois”.
  • E o erro no emprego do gerúndio “podendo”.

O jornal O Estado de São Paulo publicou, em 6/10/2016, a seguinte manchete:


Avanço do desmatamento na Amazônia causa alerta no governo


Infere-se dessa manchete que

  • A o desmatamento na Amazônia tem aumentado progressivamente nos últimos tempos.
  • B em relação aos anos anteriores, tem havido um aumento no desmatamento da floresta.
  • C o aumento do desmatamento na Amazônia traz instabilidade política ao governo.
  • D o desmatamento da Amazônia traz preocupações ao Governo.
  • E as preocupações econômicas aumentam com o desmatamento da Amazônia.

Uma das marcas do discurso jornalístico é a impessoalidade. Assinale a opção que, ao contrário, mostra traços de pessoalidade.

  • A Tornou-se habitual a ocorrência de assaltos nos túneis.
  • B Sabe-se que a vida nas grandes cidades é mais cara.
  • C Tem sido generalizada a ideia de que a polícia comete falhas.
  • D É de consenso que os professores ganhamos pouco.
  • E Comumente ouve-se falar de acidentes com motos.

No prefácio de um livro de Jorge Amado, Vinícius de Moraes escreveu o seguinte:


“Em dois textos simples, Jorge Amado acaba de escrever o que para mim é o melhor romance e a melhor novela da literatura brasileira”.


Nesse texto Vinícius expressa sua opinião sobre dois livros de Jorge Amado.

Assinale a opção em que o caráter opinativo está presente nos dois termos.

  • A textos simples – acaba de escrever.
  • B para mim – literatura brasileira.
  • C acaba de escrever – melhor romance.
  • D melhor novela – textos simples.
  • E literatura brasileira – melhor romance.