Questões da Prova do Petróleo Brasileiro S.A (Petrobras) - Analista de Sistemas Júnior - Engenharia de Software (2010)

Limpar Busca
Abaixo são exibidas expressões na linguagem Java, nas quais a e b são variáveis do tipo boolean. Qual, dentre as expressões que, ao ser avaliada, resulta em um valor diferente das demais?
  • A (!a | b) ^ true
  • B a ^b
  • C (a | b) & ! (a & b)
  • D (!a | !b) & ( a | b)
  • E (a | (b^false)) & ( (a^true) | ! b)

Os modelos de confiabilidade de software, que podem ser utilizados para apoio para diversos modelos de maturidade (SW-CMM, CMMI entre outros) e certificação (ISO 9001:2000),

  • A são resultados de um sistema para planejamento de recursos de manutenção e suporte.
  • B se baseiam em realimentação quantitativa dos processos do SW-CMM e na aplicação de novas ideias e tecnologias confiáveis.
  • C são usados para estimar a taxa de defeitos latentes no produto quando este é entregue.
  • D asseguram que normas e padrões foram obedecidos e também asseguram que o software é desenvolvido de forma uniforme.
  • E avaliam diretamente qualidade, custo, quantidade de recursos usados nos processos e a produtividade de um processo ou serviço do SW-CMM.

Uma empresa de fabricação de software, em não conformidade com qualquer padrão de maturidade de processos ou certificação, deseja lançar-se no mercado externo. Para isto, resolveu certificar-se e atestar a maturidade do processo de seus projetos de software. O modelo escolhido para certificação foi o SW-CMM. Por estar iniciando a padronização de seus processos e para não exceder, em hipótese nenhuma, o orçamento, decidiu-se que o nível máximo em que a empresa iria certificar-se no SW-CMM, neste momento, seria o nível 3. Quando o nível 3 de SW-CMM tiver sido alcançado nessa empresa,

  • A vão estar implementadas as áreas-chaves de Análise de Causas e Resolução, Inovação e Implantação na Organização e Gerência de Métricas e Qualidade, que servirão para controlar a repetição dos processos de fabricação de software da empresa.
  • B vão estar implementados todos os processos de otimização de fabricação do software e vai existir a área-chave de Processos Gerenciais de Mudanças, que é uma área-chave evolutiva usada para o caso de se desejar ir para os níveis mais elevados de maturidade do SW-CMM.
  • C vai existir uma equipe responsável por organizar e estabelecer métricas quantitativas de qualidade e produtividade para as atividades dos processos de fabricação de software e também para garantir que os processos de implementados sejam diferentes para cada projeto de software da empresa.
  • D vão estar implementados os processos de concepção de cronograma e custo, de controle de evolução de requisitos, de armazenamento das experiências anteriores e de organização de desenvolvimento e manutenção do software.
  • E poderão ser repetidos e medidos os processos de fabricação de software, sem que ainda seja necessário ter planos de definição e padronização bem estabelecidos, que só existirão caso se deseje alcançar o nível 5 do SW-CMM (que é o nível onde se começa a definir os processos).

O atual desafio do administrador da área de Tecnologia da Informação (TI) é projetar e gerenciar a tecnologia para ajudar a empresa a construir vantagem competitiva. Nesse sentido, o COBIT apoia a governança de TI com uma metodologia para garantir que ocorram

  • A compartilhamento de visão, ciclo de vida de sistemas, gestão de capital humano, gestão de riscos, mensuração de resultados.
  • B alinhamento estratégico, entrega de valor, gestão de recursos, gestão de risco, mensuração de desempenho.
  • C alinhamento estratégico, gestão de recursos humanos, gestão de risco, gestão de continuidade do negócio, acompanhamento de desempenho.
  • D gestão de mudanças, gestão de capacidade, gestão financeira, gestão de continuidade dos serviços de TI, gestão de disponibilidade.
  • E compartilhamento de visão, gestão de capacidade, gestão financeira, gestão de continuidade dos serviços de TI, gestão de disponibilidade.

A governança de TI está voltada para apoiar a organização de forma que ela obtenha todas as vantagens das informações que dispõe, maximizando benefícios, reduzindo riscos, capitalizando oportunidades e ganhando poder competitivo.
A implementação de COBIT 4.0, como um modelo de governança de TI, deve

  • A verificar a compatibilidade das tecnologias de informação utilizadas pela instituição com esse modelo de governança.
  • B distinguir a monitoração do desempenho e do nível de competitividade como atividade final dos processos.
  • C ser evitada em organizações privadas que buscam atender à regulação de TI em áreas como privacidade de informações e relatórios financeiros, conforme a Lei Sarbanes-Oxley.
  • D prover o uso de uma linguagem comum com termos e definições geralmente entendidos por todas as partes interessadas.
  • E focalizar, na mensuração de desempenho, a satisfação do cliente como resultado dos custos envolvidos no processo.