Questões da Prova da Fundação Santo André (FSA-SP) - Assistente Administrativo de Contratos e Convênios (2019)

Limpar Busca
De acordo com a tira, leia as alternativas abaixo e assinale a alternativa correta.
  • A O humor do texto é construído pela forma cansativa e arrogante com que a personagem conduz o monólogo durante toda a tirinha, o que pode ser comprovado pela expressão de enfado de Mafalda no último quadrinho.
  • B A exaltação da personagem, marcada linguisticamente pelos pontos de exclamação nos dois últimos quadrinhos, causa na sua interlocutora uma significativa admiração devido à sua inabalável crença no poder de emancipação feminino.
  • C Apesar de a tira ser construída pela fala de apenas uma personagem, é correto afirmar que há elementos linguísticos que atestam a participação – ainda que implícita e indiretamente – das duas personagens na construção do texto.
  • D A tira é estruturada em um diálogo que discute a possibilidade de ser feminista em plena era tecnológica, que, marcada pelos avanços da ciência, representa um empecilho às conquistas femininas.
A partir da leitura atenta da tira e da Gramática Normativa da Língua Portuguesa, analise as afirmativas abaixo.
I. Considerando que o humor da tira representa um momento de quebra de expectativa em relação ao discurso feminista que vinha sendo elaborado pela personagem, é possível afirmar que o texto não-verbal registra com precisão esse momento, indicando surpresa nessa quebra. II. Na expressão a seguir “Nossa geração é diferente”, o pronome possessivo caracteriza a geração de quem enuncia o discurso em oposição à geração de Mafalda, sua interlocutora. III. A expressão “Portanto”, no terceiro quadrinho, reforça a ideia de explicação que é reiterada na tira, ao se exaltar o discurso científico como pedante e exaustivo. IV. A oração “Quando eu crescer”, no último quadrinho, é classificada como um Oração Subordinada Adverbial Temporal.
  • A Apenas as afirmativas I e IV estão corretas.
  • B Apenas as afirmativas I e II estão corretas.
  • C Apenas as afirmativas III e IV estão corretas.
  • D Apenas a afirmativa IV está correta.
De acordo com a letra da canção de Chico Buarque, assinale a alternativa correta.
  • A Nos versos “Quando você me quiser rever/ Já vai me encontrar refeita, pode crer”, são utilizadas palavras formadas por derivação prefixal e sufixal.
  • B No verso “Mas depois, como era de costume, obedeci”, podemos compreender, a partir do verbo “obedecer”, que a submissão que o eulírico vivenciava em sua relação tornou-se, ironicamente, a chave de sua libertação.
  • C O trecho “quantos homens me amaram/ bem mais e melhor que você” marca a vida promíscua do eu-lírico reforçando a ideia de que a separação do casal aconteceu por sua infidelidade.
  • D No trecho “a casa é sempre sua, venha sim”, ao convidar o interlocutor para ir à sua casa, o eu-lírico tem a intenção de reconquistar o antigo amor, reconstituindo o lar conjugal.
Considere o texto e a Gramática Normativa da Língua Portuguesa, analise as afirmativas abaixo e dê valores Verdadeiro (V) ou Falso (F).
( ) Sintaticamente é correto afirmar que a expressão “meu bem” é um Vocativo, pois ela refere-se diretamente ao interlocutor. ( ) Embora a Gramática Normativa da Língua Portuguesa considere incorreto iniciar frases com o Pronome Pessoal do caso oblíquo, o verso “Me disse pra ser feliz e passar bem” faz uso da licença poética para alcançar um determinado efeito estético, no caso uma expressão linguística mais próxima da oralidade. ( ) As palavras “pra” e “cê” são abreviações incorretas, respectivamente, das palavras “para” e “você”, esse recurso de redução de palavras serve para adequar as palavras à rítmica dos versos poéticos, revelando certa inaptidão linguística do compositor. ( ) A palavra “porquê”, no verso a seguir, “Sem mais nem porquê” é uma conjunção explicativa que explica a falta de razão de o eu-lírico estar feliz. ( ) A palavra “demais” no verso a seguir “Eu passo bem demais” é um advérbio de intensidade que modifica o sentido da palavra “bem”, que é um advérbio de modo.
  • A V,V,F,F,V.
  • B F,F,V,V,F.
  • C V,F,F,V,F.
  • D F,V,F,F,V.
A partir da leitura atenta da letra da canção e de acordo com a Gramática Normativa da Língua Portuguesa, assinale a alternativa incorreta.
  • A A expressão “Olhos nos olhos” faz alusão à forma como o eu-lírico propõe que seja o encontro com seu interlocutor, com clareza e honestidade.
  • B O verbo “remoçar” é sinônimo de “rejuvenescer” e seu sentido está ligado à forma como o eu-lírico quer ser visto pelo seu interlocutor.
  • C O verso “tantas águas rolaram” é uma metáfora utilizada para sugerir que uma série de eventos aconteceram na vida do eu-lírico após a separação.
  • D A expressão “Me pego cantando” tem o sentido de culpa expressado pelo eu-lírico, que, acostumado ao lugar de abuso da relação anterior, não sentia que tinha permissão para amar e ser feliz.