Questões de UFF

Limpar Busca

Na frase: “Símbolos cobiçados mesmo sabendo tratar-se de uma contrafação" (parágrafo 4), a palavra “mesmo" encontra-se empregada com sentido idêntico ao que ela manifesta em:

  • A Seguiam todos cansados, MESMO os mais jovens.
  • B Quanto ao pai, ele MESMO não falava de outra coisa.
  • C Todos tinham, afinal, o MESMO prazer de viajar.
  • D As crianças estavam MESMO felizes com a ideia.
  • E MESMO cansados, prosseguiram a viagem.

Com relação aos atos administrativos, aquele que é vinculado e definitivo e pelo qual o Poder Público, verificando que o interessado atendeu a todas as exigências legais, faculta-lhe o desempenho de atividades ou a realização de fatos materiais antes vedados ao particular, é denominado:

  • A licença.
  • B alvará.
  • C aviso.
  • D protocolo.
  • E selo de outorga.

Segundo a Lei nº 017/2003, que instituiu o novo Código de Posturas de São Gonçalo, os proprietários de terrenos edificados e não edificados em logradouros são obrigados a construir muros e passeios em todos os lados que façam face com a via pública, obedecendo ao tipo, desenho, largura, declividade e demais especificações aprovadas para o logradouro, se esse for dotado de:

  • A nome e localização registrados na prefeitura.
  • B iluminação pública.
  • C rede de água e esgoto.
  • D meio-fio.
  • E residências habitadas.

Em: “a publicidade terá que rever suas estratégias e proteger as marcas desvinculando-as de rostos − que ninguém sabe o que farão" (parágrafo 6), emprega-se “rostos" por “pessoas" − figura de linguagem conhecida como:

  • A personificação.
  • B paradoxo.
  • C ironia
  • D metonímia.
  • E eufemismo.

Existe um ato administrativo pelo qual o Poder Público faculta ao particular a execução de serviços de interesse coletivo, ou o uso especial de bens públicos, a título gratuito ou remunerado, nas condições estabelecidas pela administração. Sobre este ato administrativo é correto afirmar que:

  • A é uma instrução não remunerada.
  • B deve ser precedido de autorização legislativa outorgada.
  • C vai ser objeto de precedência na Lei Orçamentária.
  • D é uma instrução de caráter precário.
  • E trata-se da permissão que é um ato precário.