Questões de Teoria Familiar Sistêmica (Psicologia)

Limpar Busca
Em relação aos novos arranjos familiares, pode-se afirmar que:
  • A As mudanças sociais e demográficas na contemporaneidade têm levado ao surgimento de novos arranjos familiares.
  • B As famílias monoparentais, as famílias extensas, as famílias de casais homoafetivos e as famílias reconstruídas são exemplos de novos arranjos familiares que podem ser considerados como famílias desestruturadas.
  • C A compreensão do conceito de família engloba apenas a questão biológica, a questão simbólica não é relevante, podendo ser desconsiderada no trabalho do psicólogo.
  • D A Política Nacional de Assistência Social tem colocado em evidência o trabalho apenas com o indivíduo, desvinculado do contexto familiar, o que subtrai a relevância do conhecimento dos novos arranjos familiares.
  • E A família pode ser considerada como um sujeito de direitos, desde que ela tenha um arranjo familiar do tipo nuclear, formada por pai, mãe e filhos, e seja estruturada.

A literatura sobre a educação de crianças com altas habilidade/superdotação nos apresentam seis principais características que podem servir para generalizar o perfil de um ambiente familiar. Assinale a alternativa que NÃO representa uma destas seis generalizações.

  • A Os pais definem como modelo, para os filhos, padrões altos de desempenho, além de expressarem alta expectativa em relação ao rendimento ou à produção dos filhos.
  • B As crianças com altas habilidades/superdotação crescem em ambientes "pobres".
  • C Os pais sabem conceder independência aos filhos, ao mesmo tempo em que monitoram seu desenvolvimento.
  • D As famílias são centradas nos filhos, sendo o foco da família voltado para assegurar que seus filhos recebam treinamento, desde tenra idade, no domínio o qual tenha manifestado talento.

Para a Escola Estrutural, que trata sobre a questão da Sistêmica Familiar, e para ele a família é um sistema que se define em função dos limites de uma organização hierárquica. O sistema familiar diferencia-se e executa suas funções através de seus subsistemas. A partir desta premissa apresente a alternativa que NÃO condiz com tal concepção.

  • A Na terapêutica indicada pela Escola Estrutural a medida em que a terapia evolui, o terapeuta coloca questões, identifica os padrões transacionais e as fronteiras, levanta hipóteses sobre os padrões disfuncionais e obtém assim um mapa familiar.
  • B As fronteiras de um subsistema são as regras que definem quem participa de cada subsistema e como participa. Para que o funcionamento familiar seja adequado, estas fronteiras devem ser rígidas.
  • C Quando as regras colocadas no sistema são quebradas há então o surgimento de Meta-regras que devolverão o equilíbrio ao sistema.
  • D Quando as fronteiras são difusas, as famílias são aglutinadas e assim sendo famílias saudáveis emocionalmente possuem fronteiras claras.

No trabalho com famílias, de acordo com as contribuições da Antropologia, há de se levar em consideração que este grupo social não pode ser pensado da mesma forma em todo lugar e ao longo dos tempos. Relacionado a isto está que o conceito e os modos de relação das famílias variam conforme a categoria social.
Complete as sentenças com: (1) FAMÍLIAS POBRES, (2) FAMÍLIAS DE CAMADAS MÉDIAS e (3) FAMÍLIAS ABASTADAS ECONOMICAMENTE.
Entre ________ prevalece a família como linhagem, pois estas famílias são orgulhosas de seu patrimônio, prevalecendo entre elas um espírito corporativista. As _______ abraçam em espírito e em prática a família nuclear. São identificadas com a modernidade e pensando no bem do núcleo pai e filhos, tenderiam a cortar os elementos estranhos e potencialmente perturbadores. Para _______ o conceito de família está ancorado nas atividades domésticas do dia-a-dia e nas redes de ajuda mútua. Nas ______ pessoas acabam sacrificando seus projetos individuais ou os de seu núcleo familiar para salvar indivíduos problemáticos da rede extensa de parentes.

  • A 3 – 2 – 1 – 2.
  • B 3 – 1 -- 2 – 1.
  • C 2 – 2 – 1 – 1.
  • D 3 – 2 – 1 – 1.

Ainda com relação ao caso clínico 13A1-I, julgue o item a seguir, de acordo com o DSM-V, a CID-10 e a psicopatologia.

No que se refere às estratégias de suporte e prevenção no caso de Denis, o apoio familiar e bom relacionamento interpessoal constituem fatores de proteção para comportamentos autolesivos com ou sem intenção suicida.

  • Certo
  • Errado