Questões de Técnicas e Materiais Pictóricos e Escultóricos (Educação Artística)

Limpar Busca

Entre as etapas que constituem o processo de restauração de um bem cultural, destaca-se a reintegração cromática. Atualmente, essa intervenção baseia-se em um programa de restauração que respeita conceitos e procedimentos predefinidos e fundamentados em duas premissas: uma a que se refere ao valor histórico da obra de arte, e outra a que se refere ao seu valor estético. De acordo com essas premissas, é INCORRETO afirmar:

  • A As reintegrações cromáticas podem recompor o tecido pictórico, de forma que os traços, os volumes, os desenhos e as formas sejam refeitos, propiciando, aos olhos do observador, a continuidade entre o que foi reintegrado e o tecido pictórico original.
  • B Avaliando-se a extensão das áreas comprometidas e a visibilidade dessas na composição, é preciso considerar o tamanho da lacuna a ser preenchida.
  • C Quando a área a ser repintada ou retocada for muito visível ou se na pintura houver grandes lacunas é necessário recompor a obra, visando ao seu caráter educativo.
  • D Quando na obra houver grandes lacunas, deve-se admitir que a obra está incompleta e limitar a intervenção ao tratamento de consolidação, mimetizando a lacuna por meio de preenchimento por mancha colorida, estudando-se o tom que melhor se adapte à pintura.
  • E Quando não há registros que possam fornecer dados sobre os desenhos, os traços, as cores e as formas originais da obra, é recomendável a permanência da lacuna, utilizando-se uma coloração que se integre à pintura original.

Sobre a higienização de obra de arte, é INCORRETO afirmar:

  • A A higienização é o método preliminar, em que são utilizados pincéis e brochas de cerdas macias e secas em conjunto com o uso de aspirador de pó portátil, de pouca sucção.
  • B A higienização é o método em que se empregam solventes, utilizados gradativamente, dos mais fracos para os mais fortes.
  • C A higienização é o método por meio do qual são eliminadas as colas animais ou a goma-arábica empregando-se uma solução de água morna e amoníaco, em que concentração do amoníaco não deve ultrapassar 20%.
  • D A higienização é o método em que a cera é removida por meio da aplicação de tricloroetileno, quando essa encontra-se envelhecida.
  • E A higienização é o método em que são utilizados pigmentos diluídos em Paraloid/Xilol.

Em uma escultura, geralmente, as camadas de policromia de um estofamento são constituídas por

  • A encolagem, base de preparação, bolo armênio, folhas metálicas, camadas de cor e verniz.
  • B base de preparação, bolo armênio, folhas metálicas, camadas de cor e verniz.
  • C encolagem, bolo armênio, base de preparação, folhas metálicas, camadas de cor e verniz.
  • D encolagem, base de preparação, folhas metálicas, bolo armênio, camadas de cor e verniz.
  • E encolagem, base de preparação, bolo armênio, camadas de cor e verniz.

Analise as descrições das etapas de aplicação da técnica do esgrafiado ou esgrafito em estofamentos:


I. Depois da aplicação da folha de ouro e de seu brunimento, a superfície é pintada em geral com têmpera, e, durante a fase de secagem os desenhos são conseguidos removendo-se as partes da camada colorida com ferramentas de ponta fina e, no Brasil, os motivos utilizados são fitomorfos, geométricos e mistos.

II. Depois da aplicação da folha de ouro e de seu brunimento, a superfície é pintada em geral com guache, e, durante a fase de secagem os desenhos são conseguidos removendo-se as partes da camada colorida com ferramentas de ponta fina e, no Brasil, os motivos utilizados são fitomorfos, geométricos e mistos.

III. Depois da aplicação da folha de ouro e de seu brunimento, a superfície é pintada em geral com têmpera, e, durante a fase de secagem os desenhos são conseguidos por meio da marcação de linhas delicadas sobre a preparação, com ferramentas de ponta fina.

IV. Depois da aplicação da folha de ouro e de seu brunimento, a superfície é pintada em geral com têmpera, e, quando em fase de secagem os desenhos são conseguidos removendo-se as partes da camada colorida com ferramentas de ponta fina e, no Brasil, os motivos utilizados são fitomorfos, e em sua maioria, zoomorfos.


É CORRETO o que se afirma em:

  • A I, apenas.
  • B II, apenas.
  • C I e II, apenas.
  • D IV, apenas.
  • E I, II, III e IV.

Dentre os vários fatores que contribuem com a conservação de bens culturais móveis, o manuseio correto de obras de arte tem importância fundamental, já que qualquer descuido pode acarretar em desgaste da obra e em riscos de acidentes. Analise as afirmativas sobre uso de luvas como equipamento para esse manuseio:


I. A definição da espessura das luvas utilizadas para lidar com as obras de arte tem relação com a natureza da operação de manuseio a ser realizada.

II. O uso de luvas brancas de algodão leve é adequado para o manuseio de obras de arte sobre papel, telas e trabalhos emoldurados de médio porte e vários tipos de esculturas.

III. O uso de luvas mais grossas é apropriado para o transporte de obras de arte pesadas e aquelas em estado bruto, como chapas de metal ou estruturas de cimento aparentes.

IV. O uso de luvas ásperas é apropriado para o manuseio de peças muito lisas, o que evita que escorreguem com facilidade ao serem transportadas.


É CORRETO o que se afirma em:

  • A I, apenas.
  • B I e II, apenas.
  • C I, II e III, apenas.
  • D III e IV, apenas.
  • E I, II, III e IV.