Questões de Técnicas de Laboratório e de Caracterização de Materiais (Engenharia Química e Química Industrial)

Limpar Busca

Em análises químicas, os erros sistemáticos têm um valor definido e uma causa justificável, sendo da mesma ordem de grandeza para réplicas de medidas realizadas de maneira semelhante. Existem três tipos de erros sistemáticos: instrumentais, no método e do operador.

Entre os exemplos a seguir, aquele que é considerado um erro instrumental é:

  • A Aferir incorretamente o nível de um líquido na escala da bureta.
  • B Escolha equivocada de um reagente ácido para abertura de amostra.
  • C Calibrar equivocadamente um pHmetro.
  • D Influência da tensão elétrica na sensibilidade de um equipamento.

A lei de absorção, também conhecida como Lei de Beer, diz quantitativamente como a grandeza da atenuação depende da concentração das moléculas absorventes e da extensão do caminho sobre o qual ocorre a absorção. A transmitância T da solução é a fração da radiação incidente transmitida pela solução.

Considerando que um feixe de radiação, ao passar por uma solução absorvente, registrou uma absorbância X, é correto afirmar que a transmitância será igual a

  • A X/10.
  • B X–10.
  • C 1/10–X.
  • D 10–X.

O termo cromatografia é difícil de ser definido rigorosamente porque o nome tem sido aplicado a diversos sistemas e técnicas. Todos esses métodos, contudo, apresentam em comum o uso de uma fase estacionária e de uma fase móvel. A cromatografia gasosa é uma das técnicas mais empregadas em análises qualitativas e quantitativas. Sobre a cromatografia gasosa, assinale com V as afirmativas verdadeiras e com F as falsas.


( ) A cromatografia gás–líquido é baseada na partição do analito entre a fase móvel gasosa e uma fase líquida imobilizada na superfície de um material sólido inerte de recheio ou nas paredes de um tubo capilar.


( ) A fase móvel em cromatografia gasosa é denominada gás de arraste e deve ser quimicamente reativa com o analito de interesse.


( ) O sistema de configuração de colunas é composto por seringas calibradas empregadas para configurar o fluxo de gás de arraste e substâncias imóveis.


( ) Nas separações cromatográficas gasosas, dezenas de detectores podem ser empregados, mas o detector de ionização em chama (DIC) é o mais empregado em aplicações da cromatografia gasosa em geral.


Assinale a sequência correta.

  • A V F F V
  • B V V F F
  • C F V V F
  • D F F V V

Considerada como técnica analítica bem-sucedida, a espectrometria de absorção atômica é uma das mais utilizadas na determinação de elementos em baixas concentrações, que estão presentes em uma variedade de amostras, líquidas, sólidas, em suspensão ou até mesmo gasosas.


Sobre a técnica de espectrometria de absorção atômica, assinale com V as afirmativas verdadeiras e com F as falsas.


( ) A técnica de absorção atômica pode ser aplicada para quantificar vários elementos ao mesmo tempo.

( ) Instrumentos de absorção atômica utilizam um plasma de alta temperatura para atomização e excitação da amostra.

( ) A determinação de espécies atômicas somente é feita em meio gasoso, no qual os átomos individuais ou íons elementares se encontram bem espaçados uns dos outros.

( ) As análises quantitativas pela técnica de absorção atômica são baseadas em calibração com padrões externos e não devem ser fundamentadas na medida de um único padrão, presumindo que a Lei de Beer esteja sendo obedecida.


Assinale a sequência correta.

  • A V V F F
  • B F F V V
  • C F V V F
  • D V F F V

Os métodos potenciométricos de análises se baseiam na medida do potencial de células eletroquímicas, sem o consumo apreciável de corrente. Há cerca de um século, as técnicas potenciométricas têm sido utilizadas para localizar o ponto final em titulações.

Considere que em uma titulação potenciométrica de 10 mL de ácido clorídrico (HCl), a partir de um padrão de NaOH 0,10 mol/L, os resultados experimentais foram estimados utilizando o método da primeira derivada, conforme descrito no gráfico a seguir.



Nesse contexto, a concentração de ácido clorídrico em mol/L titulado por hidróxido de sódio é igual a

  • A 0,10.
  • B 0,13.
  • C 0,20.
  • D 0,25.