Questões de Sistemas de Produção (Acumulação de Custos) (Contabilidade de Custos)

Limpar Busca

Em relação ao sistema de acumulação de custos por ordem de produção (custeio de ordens e de encomendas), analise as afirmativas a seguir.

I. Sua escolha para uso em uma empresa está atrelada à forma de a mesma trabalhar e à conveniência contábil-administrativa.

II. Os custos são acumulados em contas representativas das diferentes linhas de produção.

III. O conceito de equivalência de produção é muito importante para a sua correta aplicação.

IV. Não pode ser empregado com o custeio por absorção.

Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s)

  • A I.
  • B I e II.
  • C II e III.
  • D II, III e IV.
A indústria Brasil S/A produz diversos tipos de produtos por encomenda, entre eles, o produto X. Ao realizarmos uma operação de venda deste produto, um item que será classificado como custo fixo no período é o valor:
  • A Da aquisição de máquina com vida útil econômica estimada em 05 anos.
  • B Do seguro mensal do prédio onde funciona a indústria.
  • C Do lote de embalagens deteriorado em decorrência de uma enchente sofrida pela indústria.
  • D Da matéria-prima consumida na produção do produto x.
  • E Da comissão sobre vendas pagas ao vendedor.

Durante o processo produtivo, existe a perda ou desperdício de determinados materiais, sendo eles planejados ou aleatórios. Alguns elementos da produção surgem naturalmente durante o processo produtivo, porém não possuem mercado definido cuja venda é esporádica realizada por valor não previsível na data em que surgem na fabricação não recebendo custos, são denominados:

  • A sucatas.
  • B coprodutos.
  • C subprodutos.
  • D perdas produtivas.
  • E perdas improdutivas.
A Sociedade Empresária “A” produz um único produto e sua produção atual está em 80% de sua capacidade total. Toda essa produção já foi contratada para ser vendida ao preço de R$ 1,00 por unidade para a Sociedade Empresária “B”. A Sociedade Empresária “C” mostrou-se interessada em adquirir 10.000 unidades do produto da Sociedade Empresária “A”, mas se o preço de venda fosse de R$ 0,60 por unidade. Sabe-se que os custos de produção da Sociedade Empresária “A” – independentemente de aceitar ou não a proposta de “C” – são caracterizados da seguinte maneira: Custo Fixo total R$ 25.000,00 e Custo Variável R$ 0,50 por unidade. Outra informação relevante é que a capacidade total de produção da Sociedade Empresária “A” é de 100.000 unidades. Se a Sociedade Empresária “A” aceitar a proposta da Sociedade Empresária “C”, a margem de contribuição total após o incremento de 10.000 unidades na produção atual será de
  • A R$ 40.000,00.
  • B R$ 41.000,00
  • C R$ 65.000,00.
  • D R$ 70.000,00.