Questões de Sistema de Custos Aplicado às Entidades Públicas (Contabilidade de Custos)

Limpar Busca

O sistema de custos do governo federal é um mecanismo de fomento à transparência pública. O gestor público, ao utilizar as informações geradas pelo sistema de custos, tem subsídios para tomar decisões a respeito de
I produzir ou terceirizar. II descontinuar ou permanecer com as atividades. III comprar ou alugar bens. IV contratar ou demitir servidores. V comparar custo realizado com custo orçado.
Estão certos apenas os itens

  • A I e IV.
  • B I e V.
  • C II, III e IV.
  • D I, II, III e V.
  • E II, III, IV e V.
Em um restaurante universitário público, a ferramenta de Gerenciamento do Custo da Qualidade seria mais eficaz em qual situação?
  • A Equalizar os investimentos da educação infantil e de ensino médio.
  • B Reduzir os gastos com a coleta de lixo reciclável.
  • C Aumentar os investimentos em laboratórios químicos.
  • D Liberação para usufruir de licença prêmio de servidor.
  • E Redução do desperdício de alimentos perecíveis.
Na elaboração de orçamentos nas universidades federais, são contemplados os recursos denominados Outros Custeios e Capital (OCC). O modelo para distribuição de recursos orçamentários de OCC entre as instituições federais de ensino superior é composto por orçamentos
  • A de manutenção e de custeio.
  • B básico e de investimento.
  • C de pessoal e de consumo.
  • D complementar e de ativos.
  • E de capital e de edificações.

Os seguintes conceitos equivalem, respectivamente, a:


I – Representam o esforço empregado pela empresa no processo de fabricação de determinado item (mão de obra direta e indireta, energia, horas de máquina, etc.). Não incluem matéria-prima nem outros produtos adquiridos prontos para consumo.

II – Custos que não podemos identificar diretamente com os produtos e que necessitamos de rateios para fazer a apropriação.

III – Subsistema que deve ter tratamento conceitual adequado, abordagem tecnológica apropriada que propicie atuar com as múltiplas dimensões (temporais, numéricas e organizacionais, etc.), permitindo a análise de séries históricas de custos sob a ótica das atividades-fins ou administrativas do setor público.

  • A I – custos diretos / II – custos indiretos / III – subsistema de informação de custos da ação pública.
  • B I – custos primários / II – custos fixos / III – subsistema de informação gerencial do setor público.
  • C I – custos variáveis / II – custo de oportunidade / III – subsistema de informação gerencial do setor público.
  • D I – custos primários / II – custos diretos / III – subsistema de informação de custos do setor público.
  • E I – custos de transformação / II – custos indiretos / III – subsistema de informação de custos do setor público.

O valor dos gastos variáveis por unidade é de

  • A R$ 400,00
  • B R$ 200,00
  • C R$ 500,00
  • D R$ 1.000,00