Questões de Redução de Danos (Psicologia)

Limpar Busca
Analise as afirmativas a seguir:

I. A redução de danos é uma estratégia de tratamento da dependência química que pode ser definida como um olhar pragmático para a redução dos prejuízos associados ao consumo de substâncias. Seu espectro de ação vai desde a abordagem do dependente que não deseja reduzir seu consumo, passando pelas estratégias para lidar com a redução do consumo, até chegar às formas de lidar com a abstinência.

II. O tamanho ideal para um típico grupo orientado para a interação interpessoal é de 7 ou 8 membros, e certamente, não mais do que 10. Um número muito pequeno de membros não oferecerá a massa crítica necessária de interações interpessoais. Já em um grupo com mais de 10 membros, haverá uma interação ampla e produtiva, mas alguns membros serão deixados de fora: não haverá tempo suficiente para examinar e compreender todas as interações de cada um dos membros.

III. Por intermédio da avaliação, os psicólogos buscam informações que os impeçam de responder questões sobre o funcionamento psicológico das pessoas e suas implicações. Em geral, essas avaliações são realizadas individualmente e exigem do profissional o uso de alguma ferramenta ou instrumento de apoio, como um questionário.

Marque a alternativa CORRETA:
  • A Nenhuma afirmativa está correta.
  • B Apenas uma afirmativa está correta.
  • C Apenas duas afirmativas estão corretas.
  • D Todas as afirmativas estão corretas.

No tratamento da dependência química, as estratégias de redução de danos

  • A pressupõem a interrupção imediata do uso da droga em questão pelo usuário, exceto analgésicos.
  • B envolvem abordagens padronizadas que têm se mostrado eficientes no combate à drogadição.
  • C priorizam as intervenções nas comunidades, por considerar a drogadição como problema social.
  • D procuram levar em conta a relação específica de cada indivíduo com a substância que consome.
  • E limitam-se à prevenção de riscos de transmissão de doenças associados ao uso de drogas injetáveis.

No Brasil, afirma-se que a política de redução de danos, no contexto do abuso de substância,

  • A alinha-se aos princípios gerais definidos pela guerra às drogas.
  • B entende que nem toda relação do homem com as drogas é problemática.
  • C considera drogas recreativas como porta de entrada para o abuso de substância.
  • D concebe o consumo de drogas como indicador, antes de tudo, de fragilidade moral.
  • E define um protocolo de medidas preventivas de eficácia comprovada a ser implantado na atenção básica.

Audiência pública da Câmara dos Deputados, dia 24 de outubro, vai reunir representantes do Conselho Federal de Psicologia, das associações brasileiras de Saúde Mental, de Saúde Coletiva e de Redução de Danos e do Conselho Nacional de Direitos Humanos para discutir preocupações relacionadas aos fatos de

  • A ter havido ao longo da reforma psiquiátrica a redução excessiva de leitos psiquiátricos, que têm sido necessários atualmente.
  • B agravamento dos quadros psiquiátricos observado em levantamentos epidemiológicos recentes.
  • C aumento do uso de drogas e de suicídios entre adolescentes e adultos jovens.
  • D o país viver atualmente cortes de programas e ações direcionadas aos usuários das políticas públicas de saúde mental, álcool e outras drogas, como também anúncios de retorno de financiamento de leitos psiquiátricos.
De acordo com a Política de Redução de Danos (2005), do Ministério da Saúde, bem como, o Documento de Referências Técnicas para a Atuação do Psicólogo em Políticas Públicas de álcool e outras drogas (2013), elaborado pelo Conselho Federal de Psicologia, analise as afirmativas abaixo.
I. A Política de Redução de Danos está empenhada em reduzir a oferta e a demanda por substâncias psicoativas com ações repressivas e criminalizadoras da produção, comércio e uso. II. Compreendem que, a abstinência química e a internação compulsória como as principais direções clínicas do tratamento e reabilitação, sendo que a atuação do psicólogo, neste contexto, deverá estar orientada nesses aspectos. III. A atenção aos usuários de álcool e outras drogas deverá estar focada numa rede de atenção psicossocial que estabelece como prioritária a noção de integralidade, fundamentada na consideração da subjetividade e do campo das relações sociais como estruturante da atuação profissional do psicólogo. IV. A atuação do psicólogo deve incentivar o protagonismo e a autonomia do usuário, resgatando sua condição de sujeito na perspectiva dos direitos humanos.
Assinale a alternativa correta.
  • A Apenas as afirmativas I, II e III estão corretas
  • B Apenas as afirmativas III e IV estão corretas
  • C Apenas as afirmativas II e III estão corretas
  • D As afirmativas I, II, III e IV estão corretas