Questões de Psiquiatria Clínica (Psiquiatria)

Limpar Busca

Paciente com doença de Huntington se mostra muito preocupado com a possibilidade de sua filha de 20 anos também vir a ter a doença. Considerando que a mãe da filha dele é saudável, a chance de a filha também ter a doença é de:

  • A 0%;
  • B 12,5%;
  • C 25%;
  • D 50%;
  • E 75%.

Quem dos autores abaixo descreveu os “sintomas de primeira ordem”?

  • A Emil Kaepelin.
  • B Eugen Bleuler.
  • C Gabriel Langfeldt.
  • D Kurt Schneider.

Conforme o Compêndio de Psiquiatria, Kaplan&- Sadock 11ª edição, assinale a alternativa INCORRETA:

  • A O transtorno de pânico geralmente tem seu início no fim da adolescência ou no início da vida adulta.
  • B O transtorno de pânico em geral é crônico, ainda que seu curso seja variável tanto entre pacientes como em um único paciente.
  • C A frequência e a gravidade dos ataques de pânico podem oscilar. A ingestão excessiva de cafeína pode aliviar os sintomas.
  • D A depressão associada ao transtorno de pânico pode complicar o quadro de sintomas. Esses pacientes apresentam maior risco em cometer suicídio.

Conforme o DSM-5, sobre os critérios diagnósticos para transtorno relacionado ao uso de substância, assinale a alternativa CORRETA:

  • A O DSM-5 classifica em uso, abuso e dependência o consumo de substâncias psicoativas.
  • B Não depende de uma frequência diária de consuma da droga.
  • C Tolerância não é critério no diagnóstico de dependência.
  • D O DSM-5 não faz distinção quanto ao número de critérios preenchidos.

Conforme o Compêndio de Psiquiatria, Kaplan&- Sadock 11ª edição, a respeito das características clínicas que pacientes com transtorno de personalidade borderline podem apresentar, assinale a alternativa INCORRETA:

  • A Indivíduos com o transtorno quase sempre parecem estar em crise. Mudanças de humor são comuns.
  • B Podem apresentar episódios psicóticos de curta duração em vez de crises psicóticas totalmente manifestas, e seus sintomas quase sempre são limitados, fugazes ou questionáveis.
  • C Podem apresentar relacionamentos interpessoais tumultuosos, dependência de pessoas com quem tem intimidade, dificuldade de tolerar a ideia de ficar sozinha.
  • D Embora pacientes com o transtorno apresentem instabilidade afetiva, o comportamento do paciente é geralmente previsível já que são raros atos autodestrutivos.