Questões de Principios de Contabilidade (Auditoria)

Limpar Busca

Os princípios fundamentais da auditoria no nível 3 foram elaborados a partir da Declaração de Lima, segundo a qual democracia e Estado de direito são premissas essenciais para uma auditoria independente.

  • Certo
  • Errado

Sobre o princípio da materialidade, assinale a alternativa INCORRETA:

  • A O conceito de materialidade é aplicado pelo auditor no planejamento e na execução da auditoria, bem como na avaliação do efeito de distorções identificadas na auditoria e de quaisquer distorções não corrigidas, incluindo omissões, nas demonstrações financeiras.
  • B Na materialidade o auditor executa procedimentos para reduzir ou administrar o risco de chegar conclusões inapropriadas, reconhecendo que as limitações inerentes a todas as auditorias significam que uma auditoria nunca pode fornecer absoluta certeza da condição objeto.
  • C A materialidade determinada no planejamento da auditoria não necessariamente estabelece um valor abaixo do qual as distorções não corrigidas, individualmente ou em conjunto, serão sempre avaliadas como não relevantes.
  • D O auditor seleciona o objeto e os critérios, levando em consideração risco e materialidade.
  • E Determinar a materialidade é uma questão de julgamento profissional e depende da interpretação do auditor acerca das necessidades dos usuários.
As restrições aos princípios (conhecidas também como convenções ou qualificações) representam o Complemento dos Postulados e Princípios, no sentido de delimitar-lhes conceitos, atribuições e direções para sedimentar toda a experiência e o bom senso da profissão no trato de problemas contábeis. A qualidade da informação contábil, que faz com que a informação represente adequadamente as transações e outros eventos que ela se propõe a representar, sendo necessário que essas transações e esses eventos sejam contabilizados e apresentados de acordo com a sua substância e realidade econômica, e não meramente sua forma legal é denominada:
  • A Integralidade.
  • B Confiabilidade.
  • C Tempestividade.
  • D Primazia da essência sobre a forma.

“A conclusão da auditoria é expressa de forma positiva, transmitindo que, na opinião do auditor, o objeto está ou não em conformidade em todos os aspectos relevantes, ou, quando for o caso, que a informação do objeto fornece uma visão verdadeira e justa, de acordo com os critérios aplicáveis”.

O texto aborda, segundo os princípios fundamentais de auditoria do setor público, a

  • A asseguração limitada.
  • B asseguração ilimitada.
  • C asseguração razoável.
  • D confirmação positiva.
  • E confirmação negativa.

O Princípio que se refere ao processo de mensuração e apresentação dos componentes patrimoniais para produzir informações íntegras e tempestivas é o

  • A Princípio da Entidade.
  • B Princípio da Oportunidade.
  • C Princípio da Competência.
  • D Princípio da Prudência.
  • E Princípio do Registro pelo Valor Original.