Questões de Neurologia na Fisioterapia (Fisioterapia)

Limpar Busca

Os exames neurológicos constituem da avaliação de diversos aspectos do indivíduo, como, por exemplo, a coleta da história pregressa, características motoras, características sensitivas, dentre outros. PORQUE Mesmo com essa avaliação 80-90% dos diagnósticos são realizados mediante a realização de exames computadorizados.
Analisando as afirmativas acima, conclui-se que:

  • A A primeira afirmação é falsa, e a segunda é verdadeira.
  • B As duas afirmações são verdadeiras e a segunda justifica a primeira.
  • C As duas afirmações são verdadeiras e a segunda mão justifica a primeira.
  • D A primeira afirmação é verdadeira e a segunda é falsa.

Em relação ao Acidente Vascular Encefálico Isquêmico (AVEI), marque a alternativa INCORRETA:

  • A Pode ocorrer devido à formação de um ateroma nos vasos sanguíneos do cérebro.
  • B É responsável por cerca de 80% dos casos de Acidente Vascular Cerebral.
  • C Caracteriza-se por um rompimento dos vasos sanguíneos dentro ou ao redor do cérebro.
  • D Entre os sintomas podemos encontrar dores de cabeça muito fortes e perda de força em um dos lados do corpo.

Sobre Acidente Vascular Encefálico (AVE), marque alternativa CORRETA:

  • A No AVE hemorrágico, a oclusão de um vaso sanguíneo interrompendo o fluxo de sangue a uma região específica do cérebro interfere com as funções neurológicas dependentes daquela região e produz sintomatologia ou déficits característicos.
  • B Os fatores de risco que o paciente apresenta são: diabetes, hipertensão e idade avançada, somente.
  • C A falta de oxigênio e nutrientes na região afetada pelo AVE isquêmico não pode levar à morte neuronal, sendo fundamental o reconhecimento do verdadeiro mecanismo de lesão.
  • D Os sinais de AVE isquêmico acontecem de forma lenta e são combinados: fraqueza ou adormecimento em apenas um lado do corpo, dificuldade para falar ou entender coisas simples, engoli, andar e enxergar, tontura, perda da força da musculatura, dor de cabeça intensa e perda da coordenação motora.

Homem, 54 anos, apresentou fraqueza no hemicorpo direito e tombou no solo, enquanto trabalhava na lavoura. Foi encontrado após algumas horas e transportado ao hospital local.  Recebeu diagnóstico de acidente vascular encefálico resultante de bloqueio súbito de uma artéria, impedindo o fluxo de sangue para uma região cerebral. Foi encaminhado à fisioterapia e, na avaliação, o paciente apresentava a face direita alterada, incapacidade de mover o braço e a perna direitos, e diminuição da sensibilidade no lado direito do corpo, necessitando de assistência máxima para se movimentar.
Nesse caso, com base na incapacidade decorrente da lesão, o quadro deste paciente pode ser classificado como:

  • A Hemiparesia incompleta proporcionada à direita.
  • B Hemiplegia incompleta proporcionada à direita.
  • C Hemiparesia completa desproporcional com predomínio braquial.
  • D Hemiplegia completa proporcionada à esquerda.

Das disfunções do movimento abaixo citadas, assinale aquela que não está presente em pacientes parkinsonianos.

  • A Redução no tamanho da escrita.
  • B Fenômeno do congelamento.
  • C Marcha tabética.
  • D Redução do automatismo de movimentos.
  • E Dificuldade para desviar o centro de gravidade de um pé para o outro.