Questões de Migrações (Geografia)

Limpar Busca
Em 2020 o mundo mergulhou em uma crise social, econômica política e sanitária, sem precedentes em escala jamais vista. A pandemia mundial causada pelo novo Coronavírus, desorganizou a economia local, regional e global, alterou as relações entres Estados, e entre diversos setores como comércio, serviços, e principalmente a estrutura de saúde de todos os países atingidos pelo covid -19. Essa escala de abrangência do vírus se deu graças as grandes inovações tecnológicas do setor de transporte, que encurtou o tempo e as distâncias, fazendo com que o vírus viajasse juntamente com pessoas, atingindo uma escala global em um curto espaço de tempo. Sobre a expansão do novo coronavírus no mundo podemos destacar entre os principais fenômenos que possibilitou seu rápido estágio de contaminação:
  • A A disseminação de uma guerra biológica
  • B A criação do vírus em laboratório e exportado para o mundo
  • C O fenômeno das migrações
  • D Foi difundido pelos refugiados em países da Europa
  • E Fenômeno natural que se originou nas zonas tropicais do planeta e se disseminou para o mundo.
Conforme MOREIRA (2016) No processo histórico de povoamento e ocupação econômica do Brasil, as migrações internas sempre tiveram um papel de destaque. No tocante a migração interna no Brasil analise a figura abaixo e marque a alternativa correta sobre qual migração está retratada.
Fonte: http://andergeo2012.blogspot.com/2013/07/movimentos-migratorios-em-charges.html
  • A Migração Rural Urbana
  • B Migração Inter-regional
  • C Migração Sazonal
  • D Migração Pendular
  • E Migração Urbana-urbana

No gráfico a seguir é possível verificar a evolução do movimento de Imigração Líquida no Brasil, fenômeno este que inicia de forma significativa em 1950 e que cresce consideravelmente até a década de 1980. Sobre processos migratórios, responda (V) para verdadeiro e (F) para falso.

(Fonte: gráfico do elaborador com base nos dados do IBGE - Censo Demográfico 1950-1980. Tabela extraída de: Estatísticas do Século XX. Rio de Janeiro : IBGE, 2007 no Anuário Estatístico do Brasil 1982, vol. 43, 1982.)
( ) A taxa de imigração líquida é a relação entre o número de não naturais residentes no Estado e o total da população neles residentes. Neste sentido, em quatro décadas observamos uma movimentação crescente entre pessoas de diversas origens do território brasileiro. ( ) Para Milton Santos (2006) a imigração líquida é um novo patamar do êxodo rural, decorrente de uma estrutura fundiária arcaica em zonas agrícolas tradicionais e da modernização capitalista do campo em zonas dinâmicas e em áreas de colonização agrícola e de ocupação. ( ) A migração líquida caracteriza-se por aqueles que ocorrem entre o local de trabalho e a residência, tendo uma evolução significativa na década de 1980 quando a população brasileira rural passa a migrar para as cidades. ( ) O ciclo vital da migração líquida se fecha na saída da terra natal que no Brasil foi maior na década de 1950, pois se constitui um princípio simbólico da necessidade de retornar por não haver a oportunidade econômica, social e cultural durante o processo de migração.
Marque a alternativa que apresenta a sequência CORRETA.

  • A V, V, F, e F.
  • B F, V, V e F.
  • C V, F, F e F.
  • D F, F, V e V.
  • E F, V, F, e V.

As migrações de saída e entrada tendo o Brasil como país de referência mostram a diversidade e a complexidade das migrações no século XXI. Enquanto país do Sul Global, o Brasil apresenta diversos movimentos migratórios na escala internacional. Assinale a opção correta relacionada às migrações internacionais que têm o Brasil como espaço de saída ou entrada de migrantes.

  • A O isolamento secular do Brasil em relação à América Latina resultou na pouca presença de brasileiros nos países vizinhos.
  • B A emigração de brasileiros revela equidade em relação às questões de gênero: em geral, há um equilíbrio na saída de homens e mulheres para outros países, principalmente do Norte Global.
  • C O Brasil é um destino de migração que atrai populações de países do sul, como o Haiti, a Venezuela, a Bolívia e uma pluralidade de fluxos provenientes da África.
  • D A entrada de estrangeiros no Brasil tem por destino final as cidades de fronteira ao longo do vasto território brasileiro: no geral, os migrantes estrangeiros buscam cidades do Sul e do Sudeste brasileiros próximas às fronteiras do país.
  • E As cidades médias nos estados do Mato Grosso, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo têm se tornado atrativas para a entrada de migrantes estrangeiros no Brasil, pois oferecem empregos em larga escala tanto no setor de serviços quanto na agroindústria.

Nas últimas décadas, a questão migratória no Brasil deixou de concentrar-se apenas no clássico movimento rural-urbano que, nos anos 50 e 60 do século XX, preocupou e mobilizou a maior parte dos estudos. As migrações inter-regional, intrarregional, internacional e as mobilidades pendular (commuting) e sazonal são cada vez mais reconhecidas como faces distintas desse fenômeno demográfico.
José Marcos Pinto da Cunha. Migração e urbanização no Brasil: alguns desafios metodológicos para análise. São Paulo em perspectiva, A, v. 19, n. 4, p. 3-20, out./dez. 2005 (com adaptações).
A respeito das migrações no Brasil, assinale a opção correta.

  • A A existência de regiões de migração de saída como o Norte e o Nordeste e regiões de atração como o Sul e o Sudeste mantêm na atualidade uma estrutura de distribuição de população desigual pelo território, estabelecida na primeira metade do século XX.
  • B O Brasil atual não é destino final das migrações internacionais, como foi em outros momentos de sua história.
  • C A migração no Brasil ainda mantém uma tendência de esvaziamento do campo e concentração em regiões metropolitanas e cidades médias.
  • D As migrações pendulares são características de metrópoles, sendo um fenômeno ainda não observado na escala das cidades médias e pequenas.
  • E Os movimentos populacionais se estabelecem sob diversas formas, intensidades e escalas no Brasil, desde a escala local até escalas que envolvem diferentes regiões e países.