Questões de Hematologia (Medicina)

Limpar Busca

A respeito do manejo de pacientes com anemia na emergência, assinale a alternativa correta.

  • A Pacientes com sangramento agudo e níveis de hemoglobina ≥8 g/dL podem ser acompanhados ambulatorialmente para definir a causa do sangramento.
  • B Reposição de vitamina B12 deve sempre ser feita por via intramuscular para evitar a possibilidade de má absorção.
  • C Pacientes sintomáticos, com sangramento ativo, devem dosar os níveis de hemoglobina para definir a estratégia de tratamento.
  • D A reposição de ferro e ácido fólico pode ser iniciada na emergência e deve mostrar efeitos na diminuição dos reticulócitos em até dez dias.
  • E Pacientes com níveis de hemoglobina ≤7 g/dL geralmente se beneficiam de transfusão de hemácias.
Em relação anemias hemolíticas autoimunes sobre hemoglobinúria paroxística a frio (hpf), assinale a alternativa CORRETA:
  • A Ocorre principalmente entre 60 a 70 anos, com discreta predominância no sexo feminino. As manifestações clínicas são variáveis; usualmente, têm início insidioso, febre, dor abdominal e lombar, manifestações de anemia com dispneia, palpitações, mal-estar geral e hemoglobinúria. Achados clínicos são palidez cutâneo mucosa, ictérica, hepatopesplenomegalia, linfoadenomegalia e tromboembolismo venoso, sendo responsável por 3 a 10% dos óbitos em pacientes com AHAI.
  • B Sintomas de anemia crônica fadiga, dispneia aos esforços e fraqueza, urina escura, acrocianose de orelhas, dedos das mãos e dos pés, icterícia, hepatoesplenomegalia e linfadenomegalia.
  • C É uma anemia hemolítica caracterizada por uma hemolisina bifásica. A destruição dos eritrócitos é causada por um auto anticorpo frio, conhecido como auto hemolisina bifásica, que se liga aos eritrócitos do paciente em baixas temperaturas e fixa complemento.
  • D É muito rara, porém é mais frequente com alfa-metildopa. A hemólise ocorre devido à destruição imune das hemácias que estão recobertas com anticorpo, anticorpo e complemento ou apenas complemento.
Relativo as coagulopatias raras a respeito de algumas deficiências de fatores consideradas raras assinale a alternativa CORRETA:
  • A A deficiência hereditária de fator VII é autossômica recessiva, resultando em doença hemorrágica de gravidade variável. A prevalência parece ser aproximadamente 1:300.000. É subdividida em deficiência do tipo I, caracterizada por diminuição concomitante da atividade e do antígeno e tipo II com discrepância entre a atividade, que é sempre diminuída, enquanto que o antígeno pode ser normal, próximo ao normal ou reduzido.
  • B A deficiência do fator XII uma deficiência rara, transmitida de forma autossômica recessiva, com prevalência de 1:1.000.000. O quadro clínico é variável, sendo que a condição heterozigótica geralmente cursa sem manifestação hemorrágica, enquanto que a homozigótica apresenta sintomas leves, moderados ou graves.
  • C A deficiência congênita de fator X I é decorrente à herança autossômica recessiva, com uma incidência de 1:1.000.000 na população geral. Vários polimorfismos, que parecem não afetar os níveis do fator, foram identificados no gene que codifica o fator X I. Há pouca correlação entre a atividade de fator X I e o risco de sangramento. Classicamente, o TP e o TTPA apresentam-se prolongados.
  • D A deficiência congênita de fator V é de caráter autossômico recessivo com implicações clínicas controversas. Embora a deficiência de fator V prolongue o TTPA, não há risco de sangramento. Há vários relatos na literatura que associam a deficiência à trombose.
Acerca do estadiamento do linfoma de Hodgkin utilizando a classificação de Lugano, assinale a alternativa que descreve o Estádio III da doença avançada:
  • A Acometimento difuso ou disseminado de um ou mais órgãos extra nodais, com ou sem acometimento de linfonodo associado; ou acometimento de órgão extra nodal não contíguo em conjunto com doença nodal estádio II ou qualquer acometimento de órgão extra nodal na doença nodal.
  • B Acometimento de regiões linfonodais em ambos os lados do diafragma; linfonodos acima do diafragma com acometimento esplênico.
  • C Acometimento de um sítio extra nodal por contiguidade com ou sem acometimento de outras regiões linfonodais no mesmo lado do diafragma.
  • D Acometimento de duas ou mais regiões linfonodais localizadas no mesmo lado do diafragma.

Assinale a alternativa correta com relação ao Linfoma de Hodgkin:

  • A Ocorre frequentemente de forma hereditária
  • B Ocorre mais freqüentemente entre 30 e 55 anos
  • C As células de Reed-Sternberg são linfócitos B característicos da doença
  • D O linfoma de Hodgkin compreende cerca de 32% dos casos da doença