Questões de Fisioterapia Cardiovascular (Fisioterapia)

Limpar Busca

Muitas vezes os membros inferiores são acometidos por doenças vasculares que causam desde um pequeno desconforto até processos inflamatórios e infecciosos que interrompem a locomoção do paciente. Uma patologia vascular das veias caracterizada por edema, calor, eritema e estase (estagnação com formação de coágulo), pode ser interpretada como

  • A varizes.
  • B trombose venosa profunda.
  • C veias varicosas.
  • D flebite.
  • E linfadenopatia periférica.

Analise as afirmativas a seguir relativas à prescrição de exercícios para pacientes com insuficiência cardíaca crônica (ICC).


I. Exercícios de resistência por grupos musculares devem ser realizados com intensidade entre 40% a 60% da contração voluntária máxima.


II. Os treinamentos aeróbicos recomendados geralmente possuem intensidade de 20% da frequência cardíaca correspondente ao VO2 medido no limiar anaeróbico.


III. A atividade física regular, com inclusão de exercícios respiratórios, auxilia na adequação dos parâmetros ventilatórios e melhora da dispneia dos pacientes com ICC.



Estão corretas as afirmativas

  • A I e II, apenas.
  • B I e III, apenas.
  • C II e III, apenas.
  • D I, II e III.

A respeito da reabilitação cardíaca, é correto afirmar:

  • A os exercícios físicos são seguros e efetivos para melhorar a tolerância ao exercício e qualidade de vida de pacientes com fração de ejeção ventricular esquerda reduzida.
  • B os exercícios aeróbicos podem melhorar a qualidade de vida de pacientes cardiopatas, mas não há evidências de que aumentem o pico de consumo de oxigênio.
  • C exercícios resistidos são contraindicados na reabilitação cardíaca, pois podem aumentar a pressão arterial.
  • D a combinação de exercícios aeróbicos com exercícios resistidos não traz benefícios na força muscular e na tolerância ao exercício de pacientes cardiopatas.
  • E a recomendação para pacientes cardiopatas é de praticarem 10 minutos de exercícios aeróbicos, pelo menos uma vez por semana.

Durante o teste ergométrico serão monitorados pressão arterial, a frequência cardíaca, o traçado eletrocardiográfico e os sintomas do paciente. Os registros serão realizados no pré-procedimento, a cada dois minutos e no primeiro minuto da recuperação. As fases de exercício e recuperação sãos partes indispensáveis do exame não podendo ser menosprezadas ou encurtadas de maneira fútil. Em linhas gerais, escolha a única opção que não poderia ser considerada como critério relativo para sugerir o término do exercício:

  • A Dispnéia proporcional à intensidade do esforço;
  • B Infradesnível do segmento ST de 0,3 mV ou 3 mm, adicional aos valores de repouso na presença de DAC suspeita ou conhecida;
  • C Supradesnível do segmento ST de 0,2mV ou 2 mm em derivação que observe região sem presença de onda Q;
  • D Arritmia ventricular complexa;

Nos últimos anos, o treinamento complementar de força passou a fazer parte dos programas de reabilitação cardíaca, ajudando a melhorar a endurance muscular, a função cardiovascular, o metabolismo, os fatores de risco coronariano e o bem estar geral. A tabela I resume estes benefícios

Completaria essa tabela corretamente se os níveis de HDL, o Metabolismo basal e a Sensibilidade à insulina respectivamente:

  • A Aumentar, Aumentar e Aumentar.
  • B Aumentar, Diminuir e Aumentar.
  • C Diminuir, Aumentar e Aumentar.
  • D Aumentar, Aumentar e Diminuir.