Questões de Farmacologia Cardiovascular (Farmácia)

Limpar Busca

No que concerne aos medicamentos genéricos, assinale a alternativa correta.

  • A É dispensável a denominação genérica dos medicamentos em suas embalagens.
  • B O cartucho da embalagem dos medicamentos, produtos dietéticos e correlatos que só podem ser vendidos sob prescrição médica deverão ter uma faixa verde em toda a sua extensão, no seu terço médio inferior, sendo vedada a sua colocação no rodapé do cartucho, e com largura não inferior a um quinto da maior face total, contendo os seguintes dizeres: Venda sob prescrição médica.
  • C É desnecessário o uso da denominação genérica nos formulários ou pedidos de registro e nas autorizações relativas à importação de medicamentos.
  • D Quando se tratar de medicamento que contenha uma associação ou combinação de princípios ativos, em dose fixa, é dispensada a utilização de denominação genérica.
  • E Nas embalagens de medicamentos genéricos, as letras deverão guardar entre si as devidas proporções de distância, indispensáveis à sua fácil leitura e destaque, principalmente, no que diz respeito à denominação genérica para a substância-base, que deverá corresponder à metade do tamanho das letras e dos caracteres do nome comercial ou da marca.
Os antivirais são uma classe de medicamentos usados, especificamente, para tratar infecções virais. Dentre os mecanismos de ação, há o bloqueio da ligação do vírus, a inibição da síntese de DNA/RNA, ou proteica, a inibição da liberação de vírus e estímulo da resposta imunológica. Sobre o antiviral Oseltamivir, é correto afirmar:
  • A É um análogo acíclico do nucleosídeo guanina, inibe a síntese de DNA viral e seu uso limita-se ao tratamento do Herpesvírus.
  • B Além da atividade antiviral, possui ações imunomoduladoras e antiproliferativas, é sintetizado pelo próprio hospedeiro infectado.
  • C É um análogo do nucleosídeo purina, inibe a replicação dos vírus RNA e DNA, suprime as respostas dos linfócitos e altera os perfis de citocinas.
  • D É um análogo do ácido siálico, que atua como potente inibidor das neuraminidases do vírus Influenza, mostrando-se efetivo no tratamento e na prevenção das infecções pelos vírus Influenza A e B.
Os anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) são um grupo quimicamente heterogêneo de ácidos orgânicos que compartilham ações terapêuticas anti-inflamatórias, antipiréticas e analgésicas. Sobre estes fármacos é correto afirmar:
  • A Os AINEs são antagonistas dos receptores de histamina e causam efeitos gastrointestinais como efeitos adversos.
  • B Os anti-inflamatórios não esteroides são imunoglobulinas quiméricas que neutralizam o TNF-α, umas das principais citocinas que medeiam a resposta imunológica.
  • C A atividade anti-inflamatória deve-se a redução da biossíntese das prostaglandinas mediante ao bloqueio da ciclo-oxigenase (COX).
  • D Os AINEs interagem com proteínas específicas para regular a interação dos corticosteroides, alterando a síntese proteica do tecido alvo, reduzindo a resposta inflamatória.
Os anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) derivados do ácido propiônico são aprovados para o tratamento da artrite reumatoide, osteoartrite, artrite gotosa aguda, sendo também usado como analgésico na tendinite e bursite agudas. São inibidores não seletivos das ciclo-oxigenases (COX) tendo efeitos terapêuticos e colaterais comuns dos AINEs. Assinale a alternativa que possui exemplos de AINEs derivados do ácido propiônico.
  • A Piroxicam e Meloxicam.
  • B Celecoxibe e Nimesulida.
  • C Alopurinol e Colchicina.
  • D Ibuprofeno e Naproxeno.
O anti-inflamatório não esteroide (AINE) que inibe seletivamente a Ciclo-Oxigenase 2 (COX-2), é comumente utilizado para tratamento a curto prazo, da dor musculoesquelética aguda e dismenorreia. Possui atividade analgésica, antipirética e anti-inflamatória e não interfere nos efeitos antiplaquetários. Assinale a alternativa, que possui um exemplo do AINE citado.
  • A Diclofenaco.
  • B Ibuprofeno.
  • C Alopurinol.
  • D Piroxicam.