Questões de Conceito e objeto da antropologia. Cultura. Relativismo cultural versus etnocentrismo. Observação participante e técnica (Antropologia)

Limpar Busca
Considere que: [...] uma visão do mundo onde o nosso próprio grupo é tomado como centro de tudo e todos, os outros são pensados e sentidos através dos nossos valores, nossos modelos, nossas definições do que é a existência. No plano intelectual, pode ser visto como a dificuldade de pensarmos a diferença; no plano afetivo, como sentimentos de estranheza, medo, hostilidade, etc. Perguntar sobre o que é _____ é, pois, indagar sobre um fenômeno onde se misturam tanto elementos intelectuais e racionais quanto elementos emocionais e afetivos (ROCHA, 2002). O trecho cita um conceito muito estudado nas Ciências Sociais. Assinale a alternativa correta que corresponda ao conceito.
  • A Multiculturalismo
  • B Etnocentrismo
  • C Relativismo cultural
  • D Diversidade cultural
O desenvolvimento do trabalho de campo sistemático produziu uma enorme quantidade de novos conhecimentos e colocou em xeque o modo tradicional de manipular os dados empíricos. A nova geração de antropólogos britânicos, cujos expoentes são justamente Radcliffe - Brown e Malinowski, promoveu a crítica radical dos postulados evolucionistas e difusionistas que dominavam a antropologiaclássica, estabelecendo um novo método de investigação e interpretação, que ficou conhecido como “escola funcionalista" (MALINOWSKI, 2006). A respeito do funcionalismo, assinale a alternativa correta.
  • A Em qualquer uma de suas formas, o funcionalismo está estreitamente vinculado ao trabalho realizado fora do campo. Esta ideia não acredita na observação como meio de condução para a pesquisa
  • B A crítica fundamental que Malinowski e os demais funcionalistas dirigem aos autores da antropologia clássica, refere-se a arbitrariedade dos conceitos investigados por eles através da relatividade cultural e da observação e trabalho em campo
  • C Para os funcionalistas, os elementos culturais não podem ser manipulados e compostos arbitrariamente, porque fazem parte de sistemas definidos, próprios de cada cultura e que cabe ao investigador descobrir. Malinowski preocupa-se com o trabalho de campo e da observação
  • D O funcionalismo tenta formalizar o pensamento social com os pensamentos científicos conforme a teoria da evolução, isso pareceu razoável, marcando o início do antropologismo

O funcionalismo e o estrutural-funcionalismo referem-se à seguinte tradição da antropologia:

  • A Francesa
  • B Americana
  • C Inglesa
  • D Alemã

As antropólogas Cláudia Fonseca e Andrea Cardarello, em seu artigo “Direitos dos mais e menos humanos” (Horizontes Antropológicos, 1999), atentam para as consequências inesperadas dos processos de constituição de categorias semânticas para a reivindicação de direitos. A despeito do potencial ganho na proteção de determinados grupos sociais, ao se priorizar uma categoria em detrimento de outra, acabam por produzir novas formas de exclusão. Do ponto de vista dos dispositivos discursivos, é possível afirmar que esse processo:

  • A fundamenta-se num campo de conflito de interpretações que traduz as demandas de minorias sociais para a promoção de políticas públicas
  • B expressa lutas simbólicas pautadas em sistemas de classificação, que permeiam relações de poder
  • C permite a apropriação da noção de “direitos humanos” por diversos atores políticos, promovendo a harmonia social e o bem comum
  • D supera os desafios advindos da diversidade cultural e de contextos e, assim, evidencia as bases universais da natureza humana
Quando o tema é a Antropologia Brasileira, o período entre 1930 e 1960 foi de fundamental importância para a construção do campo de conhecimento. A respeito do assunto, assinale a alternativa INCORRETA.
  • A O antropólogo Darcy Ribeiro pertence à segunda geração de antropólogos.
  • B O Antropólogo Claude Lévi-Strauss pertence à primeira geração de antropólogos e veio para o Brasil em uma das inúmeras missões francesas.
  • C A construção de uma identidade profissional no período se difundiu por meio da Associação Brasileira de Antropologia.
  • D As comunidades indígenas foram a grande fonte de pesquisas da primeira geração de antropólogos.
  • E Roger Bastide lecionou na Universidade de São Paulo ao final da década de 1960 e concentrou seus estudos em tribos indígenas.