Questões de Comunicação Pública na Comunicação Social (Comunicação Social)

Limpar Busca

A comunicação normativa

  • A é a utilizada entre os pares do departamento jurídico das organizações. Por ser hermética, está cada vez mais em desuso, sendo substituída pela publicação dos releases especializados.
  • B não deve ser voltada para o público externo e sim direcionada para o público interno das empresas públicas. O público interno é o que fará a explicação das leis, normas e decretos nos atendimentos.
  • C refere-se às normas de conduta na sociedade civil. Ela advém do conceito funcionalista dos meios de comunicação como vigilante de eventuais patologias.
  • D é a publicação, para o público interno, das normas e condutas nos servidores nas instituições públicas, principalmente no trato com autoridades e cidadãos.
  • E resulta do dever das instituições públicas de publicar leis, normas e decretos, além de divulgá-los, explicá-los e dar as instruções necessárias para utilizá-los.

Sobre a Comunicação Pública, é INCORRETO afirmar que:

  • A deve estar vinculada à titularidade exclusiva e ao controle do Estado.
  • B trata dos processos de comunicação realizados pela sociedade civil organizada, Estado, governo e terceiro setor, com foco no interesse público.
  • C implica numa prática comprometida com a democracia e a construção da cidadania.
  • D é o âmbito, por excelência, para a realização dos direitos sociais relacionados à educação e à cultura.
  • E diz respeito ao aparato estatal, às ações governamentais, partidos políticos, terceiro setor e, em certas circunstâncias, às ações privadas.

Relacione as colunas a seguir

1. Comunicação pública

2. Clipping

3. Imagem Institucional

4. Design gráfico

5. Nota oficial


( ) forma de comunicar visualmente um conceito ou uma ideia, por meio de técnicas artísticas e publicitárias de visibilidade.

( ) visão do público sobre produtos, serviços e identidade de uma empresa.

( ) processo de acompanhamento da imagem de uma empresa junto a mídia por um arquivo que registra as publicações sobre a empresa.

( ) comunicado público de empresa ou instituição sobre determinado evento que afeta a sua relação com o público.

( ) instituições e processos de comunicação próprios da sociedade civil, que têm natureza pública e interesse coletivo.



A sequência que expressa corretamente, de cima para baixo,a correlação entre as colunas é

  • A 4-3-1-5-2.
  • B 3-4-1-5-2.
  • C 3-4-5-2-1.
  • D 4-3-2-5-1.
O sistema de rádio e televisão brasileiro obedece a uma lógica fundamentalmente estatal e pública, uma vez que as empresas que exploram os serviços de radiodifusão são autorizadas a funcionar por uma concessão do Estado,previsto na Constituição Brasileira de 1988. Nesse sentido, as concessões de radiodifusão são autorizadas pelo(a)
  • A poder judiciário e outorgadas pelo poder executivo.
  • B Congresso Nacional e outorgadas pelo poder executivo.
  • C Anatel e outorgadas pelo Congresso Nacional.
  • D Empresa Brasileira de Comunicação e outorgadas pelo Ministério das Comunicações.
A assessoria de imprensa de órgãos públicos possui um ritmo de trabalho próprio devido à exposição a que as instituições públicas estão sujeitas. Considerando uma rotina de trabalho ideal de uma assessoria de imprensa, é correto afirmar que
  • A a assessoria de imprensa de órgãos públicos exige agilidade e rapidez, mas respeitando o horário de atendimento de cada instituição. Um assessor não é obrigado a estar 24 horas disponível, pois sua jornada de trabalho é inflexível.
  • B o assessor intermedeia o contato com a imprensa, mas não serve de anteparo para autoridades, de forma a arrefecer o impacto de denúncias. No entanto ajuda a pensar na melhor estratégia de gerenciamento de crises.
  • C o assessor lida com um caráter mais político da comunicação. Por isso, os discursos e as falas das autoridades são cuidadosamente planejados e articulados, cabendo à assessoria programar quando e onde divulgar.
  • D apesar do telefone celular ser indispensável atualmente para um profissional de comunicação, órgãos públicos não possuem a obrigação de disponibilizar um aparelho para que sua assessoria atenda à imprensa. Nesse caso, o atendimento por e-mail e telefone fixo deve suprir a falta desse meio de comunicação.