Questões de Atualidades do ano de 2017 (Atualidades)

Limpar Busca

Instituído em 2017, ___________________________________, desde então, busca formas para contribuir com a estabilização da Venezuela. Entre os membros encontram-se Brasil, Peru, Colômbia, Argentina e México.

  • A o Grupo de Lima
  • B o Acordo de Lima
  • C o Tratado de Paz
  • D o Tratado de lima
  • E a Pacto de Lima

Acerca da situação apontada no estudo mencionado no texto acima e de temas correlatos, julgue o item.


Os dados de 2017 divulgados mostraram mais de 65.000 homicídios, apontando um aumento significativo em relação a 2016.

  • Certo
  • Errado

No mês de outubro de 2017, um escândalo mundial fez estremecer as relações entre os Estados Unidos e a Arábia Saudita. Trata-se do assassinato de um jornalista saudita, conhecido por suas críticas ao governo de seu país. Assinale a alternativa que indica corretamente o nome desse jornalista:

  • A Abdel Houani.
  • B Hassin Abdullah.
  • C Pervez Musharraf.
  • D Jamal Khashoggi.
  • E Omar Al Mohdi.

“O presidente Michel Temer decidiu no início da madrugada desta sexta-feira (16) decretar intervenção na segurança pública do Rio de Janeiro. O Exército passará a ter responsabilidade sobre as polícias, os bombeiros e a área de inteligência do Estado, inclusive com poder de prisão de seus membros. O oficia interventor vai substituir o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (MDB), na área de segurança. A decisão do governo federal contou com o aval de Pezão”.


BOL. 16.02.2018. Disponível em: <http:/encurtador.com.br/rEF78>


Assinale a alternativa CORRETA:

  • A O interventor foi o general Antônio Hamilton Martins Mourão, comandante Militar da reserva.
  • B O interventor foi o general Luiz Carlos Soares, comandante Militar do Sul.
  • C O interventor foi o capitão Jair Messias Bolsonaro, Presidente do Brasil.
  • D O interventor foi o general Walter Braga Neto, comandante Militar do Leste.
  • E O interventor foi Francisco Dornelles, vicegovernador do Rio de Janeiro.
“Apenas uma deputada entre 19 parlamentares votou contra PEC 181/2011, que insere na Constituição a garantia do direito à vida “desde a concepção”. A votação ocorreu na tarde da quarta-feira, 8.”
CARTA CAPITAL, 8.nov.17. Disponível em: <https://bit.ly/2EMV3pR>. Adaptado) 19. Na prática, a proposta aprovada pela comissão:
  • A descriminaliza a prática do aborto e presta assistência, pela estrutura do SUS, às mulheres que decidirem por esta opção.
  • B proíbe qualquer forma de aborto, inclusive os já previstos hoje pela legislação brasileira, como nos casos de estupro ou de risco de morte para a mãe.
  • C Permite o aborto apenas nos casos de gravidez proveniente de estupro em menores de 14 anos.
  • D descriminaliza o aborto somente com o consentimento por escrito do pai da criança.
  • E Autoriza o aborto apenas nos casos em que a mulher se submete, após o nascimento da criança, à retirada do útero, evitando assim uma futura gravidez indesejada.