Questões de Questões Sociais (Atualidades)

Limpar Busca

[...] De acordo com o relatório Desigualdades Sociais por Cor ou Raça no Brasil, lançado recentemente pelo IBGE, pela primeira vez na história, os estudantes pretos e pardos passaram a compor a maioria nas universidades públicas brasileiras (50.3%), em 2018. “Ainda que esse grupo continue sub representado, uma vez que os negros constituem 55,8% da população, não há como ignorar o êxito das ações afirmativas, que democratizaram o acesso ao ensino superior” [...]


CARTA CAPITAL. 27 nov. 2019. p. 33.


Conforme o trecho da matéria, considerando o crescimento da quantidade de pretos e pardos matriculados em cursos superiores no Brasil, é correto afirmar:

  • A Ao chegarem ao Ensino Superior, pretos e pardos asseguraram para si, de imediato, mais da metade das vagas oferecidas, tornando a universidade plural.
  • B Está ocorrendo na sociedade brasileira maior sensibilização para a história de pretos e pardos, e, por isso, movimentos espontâneos de inclusão.
  • C Estando pretos e pardos historicamente em posições sociais menos valorizadas no país, as políticas de ação afirmativa explicam os dados do trecho.
  • D Sendo a população de pretos e pardos a maioria da sociedade brasileira, esses dados representam de que forma as vagas são distribuídas equanimemente.

A tecnologia tem moldado novas formas de emprego e comportamentos de consumo nos últimos anos. O processo de “uberização” representa a transformação das relações trabalhistas. A principal distorção aparece na maneira como são feitos os contratos. [...] esses contratos invertem o ônus entre funcionário e empresa.

O TEMPO. 21 nov. 2019. p. 8.


A distorção no sistema de contrato entre funcionário e empresa, no processo de “uberização”, está corretamente apresentado em:

  • A A relação de trabalho é livre, pois o funcionário torna-se o seu próprio chefe.
  • B As despesas de manutenção do sistema são divididas entre empresa e funcionário.
  • C O motorista, ou seja, o funcionário, é quem contrata a empresa, nesse caso, o aplicativo.
  • D Os tributos trabalhistas são assumidos apenas pelos administradores do aplicativo.

A UFMG aparece entre as três instituições brasileiras que mais depositaram pedidos de patentes em 2018, segundo ranking divulgado no último dia 14 (novembro, 2019) pela Assessoria de Assuntos Econômicos do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi). A lista é encabeçada pelas federais da Paraíba e de Campina Grande, com 94 e 82 pedidos depositados, respectivamente. Com 62 pedidos, a UFMG manteve a mesma posição de 2017. “Isso é sinal de que mantemos nossa regularidade”, diz Gilberto Medeiros Ribeiro, diretor da Coordenação de Transferência e Inovação Tecnológica (CTIT).


O TEMPO. 19 nov. 2019. p. 21.


Sobre o pedido de registro de patentes no Brasil, é correto afirmar:


  • A As três universidades públicas lideraram em 2018 o processo de inovação tecnológica ao serem as instituições que apresentaram o maior número de inventos originais.
  • B As universidades federais da Paraíba e de Campina Grande, junto com a UFMG, encabeçaram na última década, de forma contínua, as primeiras posições em ranking nacional de inovação.
  • C Está ocorrendo um deslocamento dos centros de invenção industrial no país, antes radicados na região Sudeste e agora sendo gradativamente instalados na região Nordeste.
  • D Está ocorrendo um processo de estagnação científica na região Sudeste, a julgar pelo exemplo da UFMG, que depositou a mesma quantidade de patentes por dois anos consecutivos.

Analise o gráfico a seguir.



Esse gráfico apresenta a tendência ao crescimento do trabalho informal no Brasil. Trabalhador informal é

  • A quem trabalha sem carteira assinada e, portanto, sem a proteção dos direitos trabalhistas.
  • B Pessoa que, em função da natureza do ofício, trabalha em casa, não precisando de um escritório.
  • C profissional autônomo que presta serviços na condição de microempreendedor individual.
  • D indivíduo que, por causa do desemprego, aceita um emprego que exige qualificação inferior ao seu nível de formação.


A partir da análise dos dados sobre as taxas de ocupação de cargos gerenciais e de subutilização do trabalho no ano de 2018, é correto afirmar:

  • A Brancos, pretos e pardos são igualmente afetados quando se consideram as taxas de subutilização devido aos efeitos da crise econômica do Brasil.
  • B Cargos gerenciais têm taxa de ocupação por brancos de aproximadamente 150% em relação aos mesmos cargos ocupados por pretos e pardos.
  • C Pretos ou pardos apresentam menor qualificação profissional, por isso tem presença menor em cargos que demandam conhecimentos superiores.
  • D Taxas semelhantes na ocupação de cargos gerenciais e de subutilização revelam tratamento igual para pretos e pardos nas duas situações.