Questões de Atividade Física para Idosos (Educação Física)

Limpar Busca
No Brasil, o primeiro caso positivado pelo SARS-CoV 19 foi em 26 de fevereiro de 2020, um idoso do estado de São Paulo, que visitou a Itália (BRASIL, 2020). Desde então, altas taxas de mortalidade causadas pelo coronavírus e a presença de comorbidades mais comuns, têm sido, em sua maior parte, associadas a pacientes idosos. Essa faixa etária tem sofrido considerando a susceptibilidade e complicações mais graves, cujos desfechos podem resultar em óbito (BARRA et al., 2020). Acerca disso, é CORRETO afirmar que:
  • A Evidências científicas apontam que o isolamento social causado pela COVID-19 aumentou o comportamento sedentário em idosos elevando as chances de desenvolvimento de doenças crônicas;
  • B Atividades de baixo gasto energético geram manutenção quanto a aptidão física dos idosos, sendo assim a pandemia não acarretou efeitos deletérios para essa população;
  • C O exercício físico regular em domicílio não contribui para reduzir os efeitos do isolamento social em idosos;
  • D O comportamento sedentário na população idosa não contribui para o desenvolvimento de problemas relacionados à saúde mental;
  • E O envelhecimento é composto por diversas modificações morfológicas, metabólicas e fisiológicas, assim, o isolamento social não tem relação direta com o aumento de óbitos no período de pandemia em idosos.
No processo de envelhecimento ocorrem diversas alterações macro e microscópicas no encéfalo, como a diminuição da massa encefálica, volume e quantidade de células neuronais do órgão, redução das ramificações dendríticas e do número de sinapses neurais, acúmulo de pigmento de lipofuscina nos neurônios, acúmulo de placas senis e também novelos e emaranhados neurofibrilares (SILVA et al., 2010). Doenças degenerativas são caracterizadas pela perda irreversível dos neurônios, células fundamentais para que o sistema nervoso funcione corretamente, podendo apresentar declínios de funções físicas, fisiológicas e cognitivas. Evidências tem apontado que a prática de Exercício Físico mostra benefícios para a saúde mental, então, a respeito disso é INCORRETO afirmar:
  • A O Exercício físico aumenta o fluxo sanguíneo cerebral auxiliando no processo de neurogênese;
  • B A prática de Exercício físico expressa quantidades maiores de Proteínas Neurotróficas Derivadas do Cérebro, aumentando a capacidade de conexões sinápticas;
  • C O exercício físico melhora a qualidade de vida de idoso com doença neurodegenerativa;
  • D A prática regular de exercício físico tem mostrado respostas positivas em pessoas com Alzheimer, gerando melhora na qualidade de vida e através dos benefícios neurológicos e neuromusculares;
  • E Alguns hormônios são importantes para a manutenção da memória e oferecem funções que fazem com que o organismo se adapte, mas não encontramos evidências científicas em que o exercício físico atua nesse processo.

A prática de atividade física é um elemento valioso de vida para as pessoas de todas as faixas etárias, especialmente para os idosos, acerca desse tema analise as seguintes definições:


I.É uma série de atributos físicos que possibilita a qualquer pessoa o desempenho satisfatório de suas atividades da vida diária, que vão desde o trabalho e cuidados pessoais até as recreativas, esportivas e de lazer.

II.Compreende qualquer movimento corporal resultante de contrações musculares que provoque um gasto de energia acima do repouso. São exemplos: tomar banho, dirigir, pintar, tocar um instrumento, dentre outros.


As sentenças acima referem-se respectivamente ao conceito de:

  • A Aptidão física e atividade física.
  • B Aptidão física e condicionamento físico.
  • C Atividade física e condicionamento físico.
  • D Atividade física e aptidão física.
Assinale a alternativa CORRETA sobre os benefícios da prática de exercício físico na melhora da função musculoesquelética de idosos:
  • A É responsável por um aumento da concentração de catecolaminas (adrenalina e noradrenalina), que exercem influência sobre uma série de processos fisiológicos, sendo um fator a mais na modulação da imunidade.
  • B É eficiente no controle glicêmico de idosos diabéticos, atuando na melhoria da sensibilidade a insulina, tolerância a glicose e redução da glicemia sanguínea.
  • C Aumenta o suprimento sanguíneo muscular, auxilia na normalização da relação entre tensão e comprimento dos músculos, desenvolve o metabolismo muscular, proporciona um aumento na deposição de sais de cálcio ao longo das linhas de tração e compressão dos ossos e aumento da capacidade dos ligamentos e tendões se submetem à força de tenção.
  • D É indispensável na prevenção e na manutenção da funcionalidade motora e independência, e que também está relacionada a diminuição do risco para morbidade e mortalidade.

A prática regular de exercícios físicos acompanha-se de benefícios que se manifestam sob todos os aspectos do organismo. Auxilia na melhora da força e do tônus muscular e da flexibilidade, fortalecimento dos ossos e das articulações, todos esses benefícios auxiliam na prevenção e no controle de doenças, sendo importantes para a redução da mortalidade associada a elas. A prática regular de exercícios físicos restringe o risco de várias condições crônicas entre adultos mais velhos, destas compreendem:

  • A Estados emocionais maléficos como o stress e a depressão.
  • B Infecções sanguíneas, artrites, artroses e osteoporose.
  • C Desordens imunológicas, como lúpus, leucemia e linfomas.
  • D Doenças coronárias, a hipertensão, diabetes, desordens metabólicas.