Questões de As Comunicações Oficiais (Redação Oficial)

Limpar Busca

De acordo com o Manual de Redação da Presidência da República (3.ª edição), em comunicações oficiais, para se dirigir ao destinatário ou à destinatária, independentemente do cargo ocupado por ele ou ela, é necessário incluir no vocativo a palavra

  • A Doutor ou Doutora.
  • B Prezado ou Prezada.
  • C Ilustríssimo ou Ilustríssima.
  • D Digníssimo ou Digníssima.
  • E Senhor ou Senhora.

Em relação a correspondência e redação oficial, o decreto nº 9.758, de 11 de abril de 2019, que dispõe sobre a forma de tratamento empregada na comunicação, oral ou escrita, com agentes públicos da administração pública federal direta e indireta, e sobre a forma de endereçamento de comunicações escritas a eles dirigidas diz que o único pronome de tratamento utilizado na comunicação com agentes públicos federais é___________, independentemente do nível hierárquico, da natureza do cargo ou da função ou da ocasião. Marque a alternativa que preenche CORRETAMENTE a lacuna.

  • A "doutor".
  • B "ilustríssimo".
  • C "senhor".
  • D "Vossa Excelência".

Analise o enunciado que segue:


“- ‘Vossa excelência estás atrasado.’, disse a secretária ao Ministro da Casa Civil.”.

Considerando esse enunciado, tendo em vista o uso das formas de tratamento, analise as assertivas e assinale a alternativa que aponta as corretas.


I. Como se está falando diretamente com o Ministro, pode-se optar tanto pelo uso do pronome possessivo “Vossa” quanto pelo “Sua Excelência”, pronomes possessivos.

II. Nesse caso, para se referir a um Ministro, o correto é “Senhoria” e não “Excelência”.

III. A concordância verbal está incorreta, uma vez que, embora se refiram à segunda pessoa gramatical, os pronomes de tratamento levam sempre a concordância do verbo para a terceira pessoa.

IV. O vocativo apropriado para se dirigir a um Ministro é “Excelentíssimo Senhor Ministro”.

V. Pode-se abreviar “Vossa Excelência” com a abreviatura “V.Exa.”.

  • A Apenas I e II.
  • B Apenas II e IV.
  • C Apenas III e IV.
  • D Apenas I e V.
  • E Apenas III e V.
Os pronomes de tratamento são considerados, por grande parte dos gramáticos e linguistas, um caso específico de pronomes pessoais. Pela nossa cultura, levamos em conta o contexto e o tipo de relação que temos com a pessoa a quem nos direcionamos ou que citamos em nosso enunciado. Consideramos a intimidade, a familiaridade, a formalidade, o nível de hierarquia, entre outros fatores que definem como deve ser a interlocução. Todo tipo de pronome (pessoal, possessivo, demonstrativo, indefinido etc.) segue regras gramaticais estabelecidas na língua portuguesa padrão que norteiam o seu uso. No caso dos pronomes de tratamento, algumas regras devem ser levadas em consideração: I. Os pronomes de tratamento costumam levar em conta os títulos ou qualidades das pessoas a quem nos dirigimos ou sobre quem falamos, como idade, cargo ocupado etc., II. Na maioria dos pronomes de tratamento, utiliza-se a flexão no masculino. III. Emprega-se o termo “Vossa” quando se fala diretamente com a pessoa, quando é o interlocutor, portanto, na 2ª pessoa. IV. Emprega-se o termo “Sua” quando se fala da pessoa, quando ela é o tema, portanto, na 3ª pessoa. V. Com relação à flexão verbal, em ambos os casos, será sempre feita na 2ª pessoa. Assinale a alternativa CORRETA:
  • A Apenas o item I está incorreto.
  • B Apenas o item II está incorreto.
  • C Apenas os itens V está incorreto.
  • D Apenas os itens II e V estão incorretos.
  • E Todos os itens estão corretos.
Sobre a utilização dos pronomes de tratamento na redação oficial, assinale a alternativa correta.
  • A Por se referirem à pessoa com quem se fala, estabelecem concordância com a segunda pessoa gramatical.
  • B No corpo do texto, pode-se empregá-los em sua forma abreviada ou por extenso.
  • C Está correta a frase: Vossa Senhoria designará vosso substituto.
  • D Quanto aos adjetivos referidos aos pronomes de tratamento, o gênero gramatical deve concordar com o substantivo que compõe a locução (Ex.: Vossa Excelência está atarefada).
  • E O pronome “Sua Excelência” é utilizado para se fazer referência direta a alguma autoridade.