Questões de Arrendamento Mercantil ( LEASING) (Contabilidade Geral)

Limpar Busca
Conforme a NBC TG 06 (R3) – Arrendamentos, o fato de o arrendamento ser arrendamento financeiro ou arrendamento operacional depende da essência da transação, em vez da forma do contrato. Considerando esse tema, NÃO levaria o arrendamento a ser classificado como arrendamento financeiro:
  • A O arrendamento transfere a propriedade do ativo subjacente ao arrendatário ao final do prazo do arrendamento.
  • B O arrendamento que não transfere substancialmente todos os riscos e benefícios inerentes à propriedade do ativo subjacente
  • C O prazo do arrendamento é equivalente à maior parte da vida econômica do ativo subjacente, mesmo se a propriedade não for transferida.
  • D O arrendatário tem a opção de comprar o ativo subjacente a preço que se espera que seja suficientemente mais baixo do que o valor justo na data em que a opção se tornar exercível, para que seja razoavelmente certo, na data de celebração do arrendamento, que a opção será exercida.
A respeito do arrendamento mercantil, é correto afirmar que
  • A o arrendamento operacional é o arrendamento que transfere substancialmente todos os riscos e benefícios inerentes à propriedade do ativo subjacente.
  • B o arrendamento financeiro é o arrendamento que não transfere substancialmente todos os riscos e benefícios inerentes à propriedade do ativo subjacente.
  • C o ativo de direito de uso é o ativo que é o objeto de arrendamento, para o qual o direito de usar esse ativo foi fornecido pelo arrendador ao arrendatário.
  • D o ativo subjacente é o ativo que representa o direito do arrendatário de usar o ativo subjacente durante o prazo do arrendamento.
  • E o arrendador, no arrendamento financeiro, deve fornecer explicação qualitativa e quantitativa sobre as alterações significativas no valor contábil do investimento líquido em arrendamentos financeiros.
De acordo com o Pronunciamento Técnico CPC 06 (R2) — Operações de Arrendamento Mercantil —, uma operação de arrendamento mercantil de longo prazo que não tenha como ativo subjacente um bem de baixo valor deve ser reconhecida no ativo da arrendatária mediante o registro do
  • A direito de uso do bem arrendado pelo seu valor de custo.
  • B bem arrendado pelo seu valor de custo.
  • C direito de uso do bem arrendado pelo seu valor justo.
  • D direito de uso do bem arrendado pelo valor presente das contraprestações a pagar.
  • E bem arrendado pelo valor presente das contraprestações a pagar.

A empresa ABC S.A. figura como arrendatária em um contrato de arrendamento mercantil de um conjunto de máquinas pelo valor futuro de R$ 1 milhão, com opção de compra ao final do contrato. Os pagamentos do contrato serão feitos mensalmente durante o prazo de 10 anos. As máquinas são de controle da ABC S.A. e foram confeccionadas conforme as solicitações dessa empresa, para que as atividades comerciais da arrendatária pudessem ser realizadas.


Com base nessa situação hipotética, julgue o item a seguir, de acordo com a legislação vigente.



A ABC S.A. está isenta do reconhecimento de depreciação das máquinas arrendadas, por serem bens advindos de um contrato de arrendamento.



  • Certo
  • Errado

A empresa ABC S.A. figura como arrendatária em um contrato de arrendamento mercantil de um conjunto de máquinas pelo valor futuro de R$ 1 milhão, com opção de compra ao final do contrato. Os pagamentos do contrato serão feitos mensalmente durante o prazo de 10 anos. As máquinas são de controle da ABC S.A. e foram confeccionadas conforme as solicitações dessa empresa, para que as atividades comerciais da arrendatária pudessem ser realizadas.


Com base nessa situação hipotética, julgue o item a seguir, de acordo com a legislação vigente.


Os pagamentos das parcelas do contrato gerarão, na ABC S.A., lançamentos a débito no passivo de arrendamento e a crédito nas disponibilidades.

  • Certo
  • Errado