Questões de APH-Atendimento Pré-Hospitalar (Enfermagem)

Limpar Busca

A comunicação entre os profissionais do atendimento pré e intra-hospitalar é uma parte fundamental dos cuidados de qualidade para o paciente. Analise as assertivas que se seguem e assinale o item INCORRETO.

  • A Fazem parte da comunicação entre as equipes pré e intrahospitalares a notificação pré-chegada, o relato verbal na chegada à beira do leito e o relatório formal por escrito dos cuidados do paciente.
  • B A comunicação precoce permite que a instituição organize o pessoal e equipamentos necessários para o melhor cuidado ao paciente.
  • C Geralmente as informações prioritariamente repassadas incluem: sexo e idade exata ou estimada; mecanismo de lesão; lesões potencialmente fatais e suas características; sinais vitais; intervenções realizadas e resposta; e horário estimado de chegada.
  • D Com a comunicação efetiva não há necessidade de reavaliação primária pelo líder da equipe de trauma do hospital.

Acerca do atendimento pré-hospitalar das lesões musculoesqueléticas, julgue as assertivas a seguir como verdadeiras (V) ou falsas (F).
( ) Se um osso estiver fraturado, a sua imobilização pode reduzir a dor. ( ) O enfermeiro deve saber que a primeira consideração no manejo de fraturas é controlar a hemorragia e tratar o choque. ( ) Na maioria dos casos, antes da imobilização, o membro lesado deve ser recolocado em sua posição anatômica normal, o que pode aliviar a compressão de artérias ou nervos, resultando em melhora da perfusão e do funcionamento neurológico. ( ) Como regra geral, as suspeitas de luxação devem ser imobilizadas após realinhamento.
O item que apresenta a sequência correta, de cima para baixo, é:

  • A V, V, V, V.
  • B F, F, F, F.
  • C V, F, V, V.
  • D V, V, V, F.

O PHTLS - Prehospital Trauma Life Support, ou suporte de atendimento pré-hospitalar do trauma - em sua nona edição, explicita 14 princípios de ouro do atendimento pré-hospitalar ao trauma. A respeito disso, assinale o item INCORRETO.

  • A Um dos princípios de ouro é o controle de qualquer hemorragia externa significativa.
  • B A segurança dos profissionais e avaliação da situação da cena são condições importantes no atendimento préhospitalar, mas não estão entre os princípios de ouro.
  • C A avaliação primária, como um dos princípios de ouro, é importante para identificar condições potencialmente fatais.
  • D O reconhecimento da física do trauma interfere diretamente na avaliação e manejo do paciente, portanto, também faz parte dos princípios de ouro.

A lesão traumática da coluna é potencialmente fatal. Pode ainda ter efeitos profundos sobre a função física, no estilo de vida e na situação financeira. O enfermeiro do SAMU deve, portanto, ter em mente que:

  • A o paciente com suspeita de lesão espinhal deve ser manualmente estabilizado em posição neutra, alinhado, até que tenha sido avaliada a necessidade de continuar com a restrição de movimento da coluna.
  • B a decisão de manter restrição de movimento da coluna é conduta inicial e mantida mesmo após cuidadosa consideração do mecanismo do trauma, de comorbidades e fatores de risco do paciente, além do seu exame físico.
  • C no atendimento pré-hospitalar o enfermeiro não está habilitado a realizar restrição de movimento da coluna.
  • D a movimentação da cabeça do paciente para uma posição neutra está contraindicada apenas se o paciente apresentar comprometimento da via aérea ou da ventilação.

Para o eficiente atendimento pré-hospitalar, o enfermeiro deve ter conhecimento da fisiopatologia das condições que levam o paciente a necessitar de atendimento. Uma das condições comuns no cenário de trauma é o trauma torácico, que pode ser do tipo contuso ou penetrante. A esse respeito, assinale o item CORRETO.

  • A Em lesões penetrantes, objetos de tamanhos e tipos variados atravessam a parede torácica, entram na cavidade torácica e, possivelmente, causam lesão de órgãos intratorácicos.
  • B Quando a lesão penetrante cria uma comunicação entre a cavidade torácica e o meio externo, pode ocasionar o que chamamos de hemotórax.
  • C Os tecidos e vasos sanguíneos lacerados e rompidos decorrentes da lesão penetrante podem desencadear o pneumotórax hipertensivo.
  • D A contusão pulmonar ocorre quando uma força contusa aplicada à parede torácica é transmitida especialmente para os pulmões e pode lacerar o tecido pulmonar, gerando sangramento. Requer imediata reanimação com líquidos para melhora clínica.