Questões de A Metafísica de Aristóteles (Filosofia)

Limpar Busca

Vemos que toda cidade é uma espécie de comunidade, e toda comunidade se forma com vistas a algum bem, pois todas as ações de todos os homens são praticadas com vistas ao que lhe parece um bem; todas as comunidades visam algum bem, é evidente que a mais importante de todas elas e que inclui todas as outras tem mais que todas este objetivo e visa ao mais importante de todos os bens.
No fragmento, Aristóteles promove uma reflexão que associa dois elementos essenciais à discussão sobre a vida em comunidade, a saber:

  • A Ética e política, pois conduzem à eudaimonia.
  • B Retórica e linguagem, pois cuidam dos discursos na ágora.
  • C Metafísica e ontologia, pois tratam da filosofia primeira.
  • D Democracia e sociedade, pois se referem a relações sociais.
  • E Geração e corrupção, pois abarcam o campo da physis.

Primeiro, então, se algo foi dito com acerto e detalhadamente pelos pensadores anteriores, passemos em revista a sua contribuição; depois, à luz das constituições que colecionamos, examinemos as instituições que preservam ou destroem as cidades, e as que preservam ou destroem as várias espécies de constituições, e as razões pelas quais umas cidades são bem administradas e outras, ao contrário, são mal administradas. Quando tivermos estudado convenientemente estes assuntos é mais provável que possamos ver de maneira mais abrangente qual das várias espécies de constituição é a melhor, e como cada constituição deve ser estruturada, e quais as leis e costumes que uma constituição deve incorporar para ser a melhor.

Aristóteles. Ética a Nicômaco.

Do conjunto da obra de Aristóteles, é correto afirmar que

  • A as noções de justiça e cidadania se completam reciprocamente na teoria do conhecimento.
  • B as noções de ética e política se excluem no estudo das diferentes constituições.
  • C as noções de ética e política se completam reciprocamente na teoria da justiça.
  • D as noções de constituição e lei se completam reciprocamente na teoria do conhecimento.
  • E as noções de constituição e cidadania se contradizem no estudo da teoria da justiça.
Esta questão foi anulada pela banca organizadora.

Ao comparar constituições, Aristóteles tem como objetivo

  • A viabilizar os ideais políticos herdados de Platão.
  • B viabilizar o domínio de Alexandre Magno sobre a Índia
  • C relativizar o desenvolvimento pleno das capacidades humanas.
  • D relativizar os ideais políticos herdados de Platão.
  • E viabilizar o desenvolvimento pleno das capacidades humanas.

Vimos que o homem sem lei é injusto e o respeitador da lei é justo; evidentemente todos os atos legítimos são, em certo sentido, atos justos, porque os atos prescritos pela arte do legislador são legítimos e cada um deles é justo. Ora, nas disposições que tomam sobre todos os assuntos, as leis têm em mira a vantagem comum, quer de todos, quer dos melhores ou daqueles que detêm o poder ou algo desse gênero; de modo que, em certo sentido, chamamos justos aqueles atos que tendem a produzir e a preservar, para a sociedade política, a felicidade e os elementos que a compõem. ARISTÓTELES. A política. São Paulo: Cia. das Letras, 2010 (adaptado).
De acordo com o texto de Aristóteles, o legislador deve agir conforme a

  • A moral e a vida privada.
  • B virtude e os interesses públicos.
  • C utilidade e os critérios pragmáticos.
  • D lógica e os princípios metafísicos.
  • E razão e as verdades transcendentes.

Um filósofo relevante da Grécia Antiga foi Aristóteles, aluno de Platão na Academia.


Fundou sua própria escola, o Liceu, pois já não concordava com a filosofia .......................... do seu mestre. Destacou-se também por ter criado a teoria da ..................................... , composta por matéria e forma, também denominada hilemorfismo.


Assinale a alternativa que completa corretamente as lacunas do texto.

  • A ágrafa • vida
  • B utópica • alma
  • C idealista • substância
  • D subjetivista • potência
  • E transcendental • caverna