Resumo de Português - Verbo

Verbo é toda palavra que expressa estado, ação, ocorrência ou fenômenos da natureza. Sua principal característica são as variações de flexão de acordo com modo, número, pessoa, tempo e voz. É uma parte fundamental da gramática. 

Estrutura do verbo

O verbo é estruturado por radical, vogal temática e desinências. Entenda um pouco mais sobre cada um deles.

Radical

É a parte que expressa o significado principal do verbo.

Ex:

  • Fal – ei/ava/am (radical “fal”)
  • Dissert – ar/ava/am (radical “dissert”)

Vogal temática

É a vogal que se conecta com o radical e indica a conjugação do verbo. Observe:

  • 1ª conjugação: inclui os verbos que possuem o “a” como vogal temática: falar, cantar, gritar.
  • 2ª conjugação: engloba verbos cuja vogal temática é “e” e “o”: prescrever, beber, supor.
  • 3ª conjugação: são os verbos que tem como vogal temática o “i”: sorrir, cair, ir.

Desinências

São morfemas (unidades de significação que formam as palavras) que unidos ao radical promovem a flexão do verbo e podem ser:

  • Modo-temporal: designa o tempo e o modo do verbo.

Ex:

Falávamos (indica o pretérito imperfeito do indicativo)
Falasse (indica o pretérito imperfeito do subjuntivo)

  • Número-pessoal: indica a pessoa do discurso.

Veja os exemplos:

Falamos (indica 1ª pessoa do plural)
Falavam (indica 3ª pessoa do plural)

Classificação

Os verbos podem ser classificados em:

  • Regulares: não apresentam alterações em seu radical. Ex: amar, vender, partir, estudar, cantar, dividir, tossir, torcer;
  • Irregulares: são aqueles que sofrem modificações no radical. Ex: dar, servir, trazer, fazer, medir; 
  • Anômalos: são verbos irregulares que muitas vezes apresentam um radical diferente em cada conjugação. Ex: vir, ser, ter, pôr, fazer, trazer;
  • Defectivos: são aqueles que não são conjugados em todos os tempos, pessoas e modos. Eles se dividem em três tipos:
    Impessoais: a conjugação é feita apenas na 3ª pessoa do singular e indicam, geralmente, fenômenos da natureza. Ex: haver, fazer, chover, ventar, trovejar;
    Unipessoais: a conjugação é feita na 3ª pessoa do singular e na 3ª pessoa do plural. Ex: latir, miar, ladrar, convir, custar;
    Pessoais: são os verbos que mesmo acompanhados de sujeito, não são conjugados em todas as pessoas. Ex: falir, reaver, banir;
  • Abundantes: aceitam mais de uma forma de conjugação, a maioria no particípio. Ex: segurado e seguro, aceitado e aceito.

Flexões

Quando o verbo é conjugado, ele apresenta diferentes flexões que variam em:

  • Número: singular (um sujeito) e plural (mais de um sujeitos);
  • Pessoa: 1ª pessoa (eu, nós), 2ª pessoa (tu, vós), 3ª pessoa (ele, eles);
  • Modo: indicativo, subjuntivo, imperativo;
  • Tempo: passado, presente e futuro;
  • Voz: ativa, passiva e reflexiva.

Formas nominais

As formas nominais podem indicar a função do verbo ou do nome e dividem-se em: infinitivo pessoal e impessoal, particípio e gerúndio.

Infinitivo pessoal e impessoal

Indicam apenas uma ação, sem vínculo com tempo ou pessoa. É pessoal quando apresenta sujeito e impessoal que não possui sujeito.

Ex:

  • A dona da casa mandou irem embora. (Infinitivo pessoal);
  • Dançar é contagiante. (Infinitivo impessoal).

Particípio

Indica uma ação encerrada, sem vínculo a pessoa ou tempos compostos.

Ex:

  • Marcos já tinha falado sobre esse assunto.
  • Feito o concurso, é hora de relaxar a mente.

Gerúndio

Representa uma ação ainda em andamento e é também usado como advérbios ou adjetivos.

  • Vânia estava chorando.
  • Ele continua cantando, mesmo sem microfone.

Modos verbais

Indicam as maneiras como os verbos se expressam. Existem três modos verbais:

  • Modo indicativo (indica realidade);
  • Modo subjuntivo (indica possibilidade);
  • Modo imperativo (indica ordem).

Tempos verbais

Os tempos verbais indicam o momento em que a ação ocorreu, se no passado (pretérito), presente ou futuro. Podem ser simples ou compostos e estão inseridos nos modos verbais.

Tempos simples do modo indicativo

  • Presente do indicativo (Eu ouço ruídos);
  • Pretérito imperfeito do indicativo (Eu ouvia ruídos);
  • Pretérito perfeito do indicativo (Eu ouvi ruídos);
  • Pretérito mais-que-perfeito do indicativo (Eu ouvira ruídos);
  • Futuro do presente do indicativo (Eu ouvirei ruídos);
  • Futuro do pretérito do indicativo (Eu ouviria ruídos).

Tempos compostos do modo indicativo

  • Pretérito perfeito composto do indicativo (Eu tenho ouvido ruídos);
  • Pretérito mais-que-perfeito composto do indicativo (Eu tinha ouvido ruídos);
  • Futuro do presente composto do indicativo. (Eu terei ouvido ruídos);
  • Futuro do pretérito composto do indicativo. (Eu teria ouvido ruídos).

Tempos simples do modo subjuntivo

  • Presente do subjuntivo (Talvez eu ouça ruídos);
  • Pretérito imperfeito do subjuntivo. (Seria mais divertido se eu não ouvisse ruídos);
  • Futuro do subjuntivo. (Quando eu ouvir ruídos, ficarei mais nervosa).

Tempos compostos do modo subjuntivo

  • Pretérito perfeito composto do subjuntivo. (Ele acredita que eu tenha ouvido ruídos);
  • Pretérito mais-que-perfeito composto do subjuntivo. (Ele acreditou que eu tivesse ouvido ruídos);
  • Futuro composto do subjuntivo. (Quando eu tiver ouvido outras coisas, falarei com você).

Modo imperativo

  • Imperativo afirmativo: Ouve a canção!
  • Imperativo negativo: Não ouças a canção!

Conjugação verbal

Conjugação verbal é a flexão dos verbos em todos os modos, pessoas, vozes, tempos e números. Existem três estruturas de conjugação:

  • 1ª conjugação: verbos terminados em -ar;
  • 2ª conjugação: verbos terminados em -er;
  • 3ª conjugação: verbos terminados em -ir.

Veja o exemplo de conjugação do verbo “amar” no modo indicativo:

  • Gerúndio: amando
  • Particípio passado: amado
  • Infinitivo: amar
Pronome Presente Pretérito
Perfeito

Pretérito Imperfeito

Pretérito Mais-que-prefeito Futuro do presente Futuro do pretérito
Eu amo amei amava amara amarei amaria
Tu amas amaste amavas amaras amarás amarias
Ele ama amou amava amara amará amaria
Nós amamos amamos amávamos amáramos amaremos amaríamos
Vós amais amastes amáveis amáreis amareis amaríeis
Eles amam amaram amavam amaram amarão  amariam

Observe agora a conjugação do verbo “viver” no modo subjuntivo:

  • Gerúndio: vivendo
  • Particípio passado: vivido
  • Infinitivo: viver
Presente Pretérito Imperfeito Futuro
que eu viva se eu vivesse quando eu viver
que tu vivas se tu vivesses quando tu viveres
que ele viva se ele vivesse quando ele viver
que nós vivamos se nós vivêssemos quando nós vivermos
que vós vivais se vós vivêsseis quando vós viverdes
que eles vivam se eles vivessem quando eles viverem

Analise a conjugação do verbo “partir” no modo imperativo:

  • Gerúndio: partindo 
  • Particípio passado: partido 
  • Infinitivo: partir
Imperativo Afirmativo Imperativo Negativo
parte tu não partas tu
parta você não parta você
partamos nós não partamos nós
parti vós não partais vós
Voltar

Questões