Resumo de Português - Trava-Línguas

Trava-línguas é um conjunto de palavras rimadas que devem ser pronunciadas rapidamente. Essa é uma forma lúdica de desenvolver uma variação linguística.

Ela é considerada uma brincadeira, e tem como objetivo auxiliar na dicção. No entanto, também é utilizada para estimular a pronúncia correta das palavras.

As brincadeiras são atividades recreativas que auxiliam no desenvolvimento físico, psíquico e motor das crianças. Esse jogo é uma ferramenta que ajuda as crianças a ter um amplo vocabulário. Além disso, ele pode ser utilizado para desenvolver o raciocínio lógico dos pequenos.

Importância dos trava-línguas

As frases que formam os trava-línguas têm uma concentração de sílabas de difícil pronúncia que são muito utilizadas na fonologia.

Esse jogo pode ser usado na habilitação ou reabilitação de pessoas que não podem falar, pois ele estimula os músculos da região responsável pela comunicação.

Os trava-línguas podem ser considerados aquecimentos vocais. Esse recurso beneficia muitas pessoas que utilizam a voz para fins profissionais como: cantores, apresentadores e palestrantes.

Os trava-línguas também fazem parte da cultura e do folclore brasileiro.

Como utilizar os trava-línguas

Os trava-línguas são considerados parlendas, que é uma forma literária de utilizar rimas para fins infantis didáticos. 

Assim como os trava-línguas, as parlendas também apresentam palavras cujos fonemas são semelhantes: feitos em rimas que devem ser pronunciadas de forma rápida.

Essa brincadeira pode ser feita tanto nas ruas para se divertir com os amigos, quanto em consultórios para desenvolver a fala.

O desafio consiste em pronunciar três vezes o trava-língua. Essa repetição deve ser feita de forma rápida e clara, sem errar a pronúncia e sem gaguejar.

Agora que aprendeu como funciona a brincadeira, que tal começar a treinar?!

Nível 1 (Iniciante)

A primeira parte do trava-línguas contêm frases mais simples e de fácil memorização.

Que comecem os jogos!

  • A vaca malhada foi molhada por outra vaca molhada e malhada.
  • Ao longe ululam cães lugubremente à Lua.
  • Bote a bota no bote e tire o pote do bote.
  • Fala, arara loura. A arara loura falará.
  • Flamengo inflama Fluminense influi, quem a flama inflama flui e reflui.
  • Lá vem o velho Félix com o fole velho nas costas.
  • Quem a paca cara compra paca cara pagará.
  • Sabia que a mãe do sabiá não sabia que o sabiá sabia assobiar?
  • Se 66 serras serram 66 cerejeiras, 666 serras serrarão 666 cerejeiras
  • Três pratos de trigo para três tigres tristes!
  • Um limão, mil limões, um milhão de limões.
  • Um tigre, dois tigres, três tigres.

Nível 2 (Moderado)

Agora vamos aprimorar os nossos conhecimentos de trava-línguas e começar a acelerar a leitura das palavras. Não esqueça, a partir daqui você já está no nível intermediário. Vamos ao desafio?!

  • A aranha arranha a rã. A rã arranha a aranha. Nem a aranha arranha a rã. Nem a rã arranha a aranha.
  • A vida é uma sucessiva sucessão de sucessões que se sucedem sucessivamente sem suceder o sucesso.
  • Em um ninho de mafagafos haviam sete mafagafinhos; quem amafagafar mais mafagafinhos, bom amagafanhador será.
  • Gato escondido com rabo de fora tá mais escondido que rabo escondido com gato de fora.
  • Lá de trás de minha casa tem um pé de umbu butando umbu verde, umbu maduro, umbu seco, umbu secando.
  • Maria-mole é molenga. Se não é molenga, não é maria-mole é coisa malemolente. Nem mala, nem mola, nem Maria, nem mole.
  • O liquidificador quadridentado liquidifica qualquer coisa liquidificável, e quebra os liquidificáveis.
  • O peito do pé de Pedro é preto. Quem disser que o peito do pé de Pedro é preto tem o peito do pé mais preto do que o peito do pé de Pedro.
  • O que é que Cacá quer? Cacá quer caqui. Qual caqui que Cacá quer? Cacá quer qualquer caqui.
  • Se a liga me ligasse, eu também ligava a liga. Mas a liga não me liga, eu também não ligo a liga.
  • Três tigres tristes para três pratos de trigo. Três pratos de trigo para três tigres tristes.

Nível 3 (Especialista)

Nessa etapa do trava-línguas devemos nos concentrar na variação das palavras, pois essa fase exige uma grande concentração e requer uma memória muito treinada.

Achou que acabou? Que tal treinar agora em nível mais difícil?

  • A pia perto do pinto, o pinto perto da pia. Quanto mais a pia pinga mais o pinto pia. A pia pinga, o pinto pia. Pinga a pia, pia o pinto. O pinto perto da pia, a pia perto do pinto.
  • Disseram que na minha rua tem paralelepípedo feito de paralelogramos. Seis paralelogramos tem um paralelepípedo. Mil paralelepípedos tem uma paralelepípedovia. Uma paralelepípedovia tem mil paralelogramos. Então uma paralelepípedovia é uma paralelogramolândia?
  • Há quatro quadros três e três quadros quatro. Sendo que quatro destes quadros são quadrados, um dos quadros quatro e três dos quadros três. Os três quadros que não são quadrados, são dois dos quadros quatro e um dos quadros três.
  • Lalá, Lelé e Lili e suas filhas. Lalalá, Lelelé e Lilili e suas netas. Lalelá, Lelalé e Lelali e suas bisnetas. Lilelá, Lalilé e Lelali e suas tataranetas. Laleli, Lilalé e Lelilá cantavam em coro LALALALALALALALÁ.
  • Não confunda Ornitorrinco com Otorrinolaringologista, Ornitorrinco com ornitologista, Ornitologista com Otorrinolaringologista, Porque ornitorrinco é ornitorrinco, Ornitologista é ornitologista e otorrinolaringologista é Otorrinolaringologista.
  • O doce perguntou pro doce. Qual é o doce mais doce que o doce de batata-doce? O doce respondeu pro doce. Que o doce mais doce que o doce de batata-doce é o doce de doce de batata-doce.
  • O tempo perguntou pro tempo quanto tempo o tempo tem. O tempo respondeu pro tempo que o tempo tem tanto tempo quanto tempo o tempo tem.
  • Pedreiro da catedral, está aqui o padre Pedro? – Qual padre Pedro? – O padre Pedro Pires Pisco Pascoal. – Aqui na catedral tem três padres Pedros Pires Piscos Pascoais como em outras catedrais.
  • Sabendo o que sei e sabendo o que sabes e o que não sabes e o que não sabemos, ambos saberemos se somos sábios, sabidos ou simplesmente saberemos se somos sabedores.
  • Se o bispo de Constantinopla a quisesse desconstantinoplatanilizar não haveria desconstantinoplatanilizador que a desconstantinoplatanilizaria
  • Trovas e trovões trovejam trocando quadros trocados entre os trovadores em esquadrinhados nos quatro cantos.
Voltar

Questões