Resumo de Geografia - Tipos de rochas

As rochas compõem a litosfera, formando a parte solidificada do planeta Terra. Os tipos de rochas integram os minerais, que podem conter em sua composição um ou mais categorias. Elas são divididas em três grupos, de acordo com sua formação:

  • Magmáticas;
  • Sedimentares;
  • Metamórficas.

Tipos de rochas

Magmáticas

Também conhecida como ígneas, as rochas magmáticas têm sua origem no interior da Terra e são formadas pela solidificação do magma. O magma é a fusão completa de silicatos, silícios e elementos voláteis, como o vapor d’água, cloretos, hidrogênio, flúor, entre outros.

Elas podem ser classificadas de duas formas diferentes:

Rochas Magmáticas Intrusivas: com um processo de formação mais demorado, essa categoria também pode ser chamada de rochas plutônicas e abissais, sendo geradas no interior da crosta terrestre.

Rochas Magmáticas Extrusivas: nesse tipo de rocha, também chamada de rochas vulcânicas ou efusivas, os minerais se juntam com rapidez, impossibilitando a visualização dos cristais existentes.

Além disso, são definidas segundo a quantidade de silício (Si):

  • Rocha Magmática Ácida: concentração de silício superior a 65%
  • Rocha Magmática Básica: concentração de silício entre 52 a 65%
  • Rocha Magmática Neutra: concentração de silício entre 45 a 52%

A mais comum entre as rochas ígneas, o granito é uma composição de diversas variações como: quartzo, feldspato, micas, anfíbolas, piroxenas e olivina. Ela pode ser vista em cinza claro a escuro, amarelo, rosa ou vermelho, em virtude da cor dos feldspatos, que é um mineral que atua nos granitos.

Além do granito, outros tipos de rochas magmáticas são:

  • Diorito;
  • Diabásio;
  • Basalto;
  • Obsidiana;
  • Pedra pome. 

Sedimentares

As rochas sedimentares são formadas através de naturais resultantes de outros tipos de rochas. Representando ¾ da rocha da terra, elas são encontradas no fundo do mar e nos continentes. Elas recebem esse nome pois sua estrutura é feita durante um longo período e por meio de alguns processos físicos, químicos e biológicos.

Também chamadas de rochas estratificadas, no seu processo de desenvolvimento os detritos acumulam-se e  unificam-se em camadas.

As rochas sedimentares são elementos fundamentais para pesquisas, sendo relevantes para estudos acerca da variação do ambiente ao longo do tempo, assim como os aspectos geológicos pertencentes a estrutura terrestre.

Além disso, apresentam grande importância econômica, uma vez que são utilizadas nas construções e como fontes de energia, a exemplo do carvão mineral.

De acordo com a origem do processo de formação das rochas sedimentares, elas são classificadas em:

  • Rochas Sedimentares Clásticas: originárias do acúmulo de partículas de rochas já existentes.
  • Rochas Sedimentares Químicas: originárias de restos de minerais e de processos químicos.
  • Rochas Sedimentares Orgânicas: originárias de restos de animais.

A argila é um exemplo de rocha sedimentar. Ela corresponde aos minerais que apresentam um tamanho inferior a dois micrometro em uma rocha. A argila possui três componentes geológicos fundamentais: o quartzo, o feldspato e a mica, em quantidades diferentes segundo o terreno. Mas, o que mais oscila em termos de quantidades são os componentes químicos: sílica, alumínio, ferro, cálcio, potássio, magnésio e titânio.

De acordo com sua composição, ela pode apresentar cores variadas (branco, cinzenta, verde, alaranjada ou castanho).  A argila também é usada nas indústrias farmacêuticas, da construção civil e cosmética.

Outros exemplos de rochas sedimentares são:

  • Areia
  • Arenito
  • Sal-Gema
  • Calcário
  • Gesso
  • Carvão Mineral

Metamórficas

As rochas metamórficas são originadas das transformações de outras rochas e que sofreram alterações em virtude de altas pressões e temperaturas. Esse processo é denominado de metamorfismo.

Importante destacar que as rochas metamórficas são de grande relevância para a economia, pois são bastante utilizadas na construção civil.

Os principais tipos de metamorfismo para a formação desse tipo de rocha são:

  • Metamorfismo Dinamotermal ou Metamorfismo Regional: influenciado pela temperatura e pressão.
  • Metamorfismo Termal ou Metamorfismo de Contato: influenciado somente pela temperatura.
  • Metamorfismo Dinâmico ou Metamorfismo Cataclástico: influenciado pela pressão e movimentação das rochas (atrito).

Um exemplo de rochas metamórficas é o mármore. Com origem do calcário, exposto a altas temperaturas e baixa pressão, é encontrado em regiões de rochas matriz calcário e onde há atividade de vulcões. No comércio, são definidos como mármores todos as rochas capazes de receber polimento.

O grau metamórfico, juntamente com a composição química do mineral, é que moldam a rocha dando variadas cores e texturas, e fazem do mármore uma matéria-prima de crescente utilização na indústria de rochas ornamentais.

No Brasil, as maiores concentrações de mármore estão no estado do Espírito Santo, sendo também essa a região mais produtora de rochas ornamentais do país.

Além do mármore, outros materiais são classificados como rochas metamórficas, como:

  • Ardósia               
  • Anfibolito
  • Xisto
  • Mármore
  • Gnaisse
  • Quartzito
Voltar

Questões