Resumo de Português - Substantivo Primitivo

O Substantivo Primitivo faz parte dos vários tipos de substantivos que existem dentro da Língua Portuguesa. Aqui, estão as palavras que foram formadas a partir de influências vindas de outros países.

Geralmente, esse assunto é estudado quando ainda estamos começando a nossa vida escolar para que o modo como as palavras foram criadas não passem despercebidas e se entenda que existe todo um processo por trás de cada termo que utilizamos.

São várias as classificações dos substantivos. A  diferença entre os primitivos e derivados, poe exemplo é um dos assuntos comuns em provas de vestibular, Enem e até mesmo concurso público, sabia? Apesar de ser um assunto fácil e apresentado aos estudantes ainda no ensino fundamental, vale a pena relembrar sua importância e conceito.

Substantivo Primitivo

O substantivo primitivo diz respeito aos substantivos que não originam-se a partir de palavras da mesma língua, mas por influências de outras, em especial do latim e grego.

Existem também alguns substantivos primitivos que foram originados através da colaboração vinda de outros locais, como é o caso da África.

Exemplos de substantivos primitivos:

  • Avião (proveniente do francês avion)
  • Chuva (proveniente do latim pluvial)
  • Flor (proveniente do latim flore)
  • Algodão (proveniente do árabe al-qutum)
  • Hipopótamo (proveniente do grego hipopótamos)
  • Fogo (proveniente do latim focu)
  • Fuzil (proveniente do francês fusil)
  • Futebol (proveniente do inglês football)
  • Jiboia (proveniente do tupi iymbóia)
  • Pedra (proveniente do grego pétra)

Existem muitas outras palavras que estão na lista dos substantivos primitivos e não caberiam todas nesse texto. É recomendado que a partir de então você releia essas para que tenha um entendimento mais aprofundado do assunto.

Frases que possuem substantivo primitivo 

Para um melhor entendimento sobre a temática, veja algumas frases em que é possível perceber o uso dos substantivos primitivos: 

  • Comprarei um sapato lindo para o São João. (sapato é proveniente do árabe sabbat);
  • Ela tocou piano de um jeito incomparável. (piano é proveniente do italiano pianoforte);
  • Colocarei bastante gelo na bebida. (gelo é proveniente do latim gelus);
  • A rosa é uma maravilhosa flor. (flor é proveniente do latim flore).
  • A garota arremessou uma pedra na porta. (pedra é proveniente do grego pétra).
  • No último domingo estive no zoológico e lá encontrei um grande hipopótamo. (hipopótamo é proveniente do grego hipopótamos);
  • Ele pegou um fuzil antes de sair do quartel. (fuzil é proveniente do francês fusil);
  • Ontem caiu uma forte chuva na capital. (chuva é proveniente do latim pluvial);
  • Maria comprou sua passagem de avião para o último final de semana de agosto. (avião é proveniente do francês avion)
  • Joãozinho vai ser treinador do time de futebol do interior do Estado. (futebol vem do inglês football) 

Substantivo Derivado

O substantivo derivado está ligado ao substantivo primitivo, por isso é preciso entendê-lo também.

As palavras que são geradas por outras são chamadas de derivadas. Elas são totalmente diferentes dos substantivos primitivos no que diz respeito a origem.

Cada termo dentro dos substantivos derivados foram originados de uma palavra. Eis aí a grande diferença entre os dois tipos de substantivos: não importa se tenha sido sílabas ou letras das palavras já existentes na Língua Portuguesa, mas se foi acrescentado algo já entra na lista das derivadas.

Confira algumas palavras e suas derivações para que o entendimento acerca do assunto fique mais fácil:

  • Açucareiro (originou-se do substantivo primitivo açúcar)
  • Florista (originou-se do substantivo primitivo flor)
  • Cachorrinho (originou-se do substantivo primitivo cachorro)
  • Folhagem (originou-se do substantivo primitivo folha)
  • Homenzarrão (originou-se do substantivo primitivo homem)

Agora, entenda como podemos encaixar essas mesmas palavras em frases do nosso cotidiano:

  • O açucareiro é amarelo, mas deveria ser azul.
  • Aquela florista mora na rua que passamos ontem.
  • O cachorrinho que está na casa de Maria é bem peludo.
  • Ontem tirei uma boa folhagem daqui do jardim.
  • Aquele homenzarrão que nos parou na rua, teve aqui hoje.

Algumas derivações  são pertinentes aos substantivos derivados, tais como: derivação prefixal, derivação imprópria, derivação parassintética, derivação sufixal e regressiva.

Relação de palavras primitivas e possíveis derivações

Nos exemplos a seguir é possível perceber a diferença entre os substantivos que são gerados por outros da mesma língua dos que sofreram influências externas:

  • Sonho: sonhado e sonhador
  • Ilha: ilhado e ilhota
  • Água: aguaceiro e aguado
  • Faca: facada e facão
  • Livro: livraria e livreto
  • Sapato: sapataria e sapatada
  • Chuva: chuveiro e chuvisco
  • Ferro: ferrugem e enferrujado
  • Papel: papelaria e papelão
  • Café: cafeicultor e cafeína

Outros tipos de substantivos

Além dos substantivos primitivo e derivado já citados ao longo do texto, existem outros tipos de substantivos que servem para nomear objetos, seres, fenômenos, qualidades, ações, dentre outros. 

Além disso, eles podem estar flexionados em gênero (masculino ou feminino), número (singular ou plural) e grau (aumentativo ou diminutivo).

  • Simples: esses são formados apenas por uma palavra (Exemplos: alegria, casa, dinheiro, celular e fio).
  • Concreto: esse tipo serve para nomear palavras concretas (Exemplos: lâmpada, mala, cachorro, homem e menino).
  • Comum: o substantivo comum referi-se às coisas de uma forma bem abrangente, genérica (Exemplos: animais, gente, país, pessoa e objeto).
  • Próprio: para especificar países, cidades, seres e entidades, utiliza-se o substantivo próprio. Como regra gramatical, estarão sempre escritos com letra maiúscula (Exemplos: Peru, Salvador, Marta, ONU e Terra).
  • Composto: esse substantivo se refere às palavras que se formam através de mais de uma (Exemplos: beija-flor, guarda-chuva, alto-falante, quinta-feira e guarda-roupa).
  • Abstrato: o substantivo abstrato está relacionado aos sentimentos (Exemplos: raiva, bondade, tristeza, beleza e alegria).
  • Coletivo: o substantivo coletivo refere-se a um conjunto de seres (Exemplos: cavalgada, falange, família, legião e júri).
Voltar

Questões