Resumo de Português - Substantivo composto

Um substantivo composto é constituído por mais de uma palavra ou radical.

Eles são formados por um processo chamado de composição, isto é, são formados através da junção de duas palavras. Essa composição é classificada como justaposição ou aglutinação.

Justaposição

A justaposição ocorre quando junta dois ou mais radicais, nesse processo é feita a junção das palavras sem modificar os elementos formadores delas.

Para que o entendimento seja melhor, observe alguns exemplos:

  • Saca-rolha, madrepérola, vaivém, cana-de-açúcar

Aglutinação

Na aglutinação a junção entre duas ou mais palavras modifica os elementos formadores dela, diferente do que ocorre na justaposição.

Observe alguns exemplos de substantivo composto por aglutinação:

  • Pontapé = Ponta+pé
  • Floricultura = Flores + cultura
  • Agrícola = Agri + cola
  • Planalto = Plano + alto

Observe que a união das palavras faz com que elas percam a identidade fonética, dando origem a um novo significado.

Diferença entre substantivo simples e substantivo composto

Diferente do substantivo composto que é formado pela junção de duas ou mais palavras ou radicais, o substantivo simples possui somente um radical ou palavra, tornando mais fácil diferenciá-los.

Exemplos de substantivos simples:

  • Livro, revista, mesa, toalha, mercado, papel, calça

Plural do substantivo composto

É preciso muita atenção quando for utilizar o substantivo composto no plural. As regras são:

O substantivo composto que é unido sem o emprego do hífen compõe apenas uma palavra e faz o plural como se fosse substantivos simples.

Exemplos:

  • Girassol – Girassóis
  • Aguardente – Aguardentes
  • Lobisomem – Lobisomens
  • Passatempo – Passatempos

Em relação aos substantivos compostos, em que seus elementos são unidos por hífen, pode ocorrer a modificação dos dois elementos, apenas um ou nenhum deles, de acordo com as normas a seguir:

O substantivo composto que é constituído por palavras repetidas ou muito parecidas, apenas o segundo elemento varia:

Exemplos:

  • Tico-tico / tico-ticos
  • Teco-teco / teco-tecos
  • Reco-reco / reco-recos
  • Bangue-bangue / bangue-bangues
  • Pingue-pongue / pingue-pongues
  • Lambe-lambe / lambe-lambes

No substantivo composto onde os elementos aparecem ligados por preposição, apenas o primeiro elemento varia.

Exemplos:

  • Couve-de-bruxelas / couves-de-bruxelas
  • Pimenta-de-cheiro / pimentas-de-cheiro
  • Feijão-de-corda / feijões-de-corda
  • Estrela-do-mar / estrelas-do-mar
  • Cravo-da-índia / cravos-da-índia

Atenção! Aplica-se essa regra em casos que o substantivo não apresenta hífen.

Exemplos:

  • Mula sem cabeça / mulas sem cabeça
  • Camisa de força / camisas de força
  • Pão de ló / pães de ló

Nas palavras compostas de grão, grã e bel que são seguidos de substantivos, existe modificação somente no segundo elemento:

Exemplos:

  • Grã-duquesa / grã-duquesas
  • Grão-duque / grão-duques
  • Bel-prazer / bel-prazeres
  • Grão-mestre / grão-mestres

Nas palavras compostas onde acontece a formação por dois substantivos, se o segundo elemento limitar ou determinar o primeiro, apontando semelhança, tipo ou finalidade, a modificação acorre apenas no primeiro elemento.

Exemplos:

  • Caneta-tinteiro / canetas-tinteiro
  • Banana-maçã / bananas-maçã
  • Peixe-espada / peixes-espada
  • Manga-rosa / mangas-rosa
  • Samba-enredo / sambas-enredo
  • Salário-família / salários-família

Na maioria das vezes não é possível identificar com facilidade se o segundo elemento restringe ou limita o primeiro, uma boa ideia é usar a seguinte dica: se a relação entre os dois substantivos não for aditiva, o segundo substantivo estará restringindo ou limitando o primeiro.

Exemplos:

  • Peixe-espada não é peixe e espada
  • Banana-maçã não é banana e maçã.

Nas palavras compostas que apresentam o verbo seguido do substantivo no plural ou de palavra invariável na sua formação, os elementos não se modificam.

Exemplos:

  • O porta-luvas / os porta-luvas
  • O conta-gotas / os conta-gotas
  • O saca-rolhas / os saca-rolhas
  • O tira-dúvidas / os tira-dúvidas
  • O lava-rápido / os lava-rápidos
  • O caça-dotes / os caça-dotes
  • O pisca-alerta / os pisca-alertas
  • O vale-tudo / os vale-tudo

Nos demais substantivos compostos e os derivados por prefixação, onde o prefixo encontre-se unido ao segundo elemento por hífen, é preciso observar: somente os elementos representados por substantivos, numeral e adjetivos devem ir para o plural. Prefixos, verbos e advérbio permanecem invariáveis.

Quando variam os dois elementos:

  • Cabra-cega / cabras-cegas
  • Couve-flor / couves-flores
  • Lugar-comum / lugares comuns
  • Carro-forte / carros-fortes
  • Mão-boba / mãos-bobas
  • Puro-sangue / puros-sangues
  • Quinta-feira / quintas-feiras
  • Montanha-russa / montanhas-russas
  • Primeira-dama / primeiras-damas
  • Boia-fria / boias-frias
  • Obra-prima / obras-primas
  • Boa-vida / boas-vidas
  • Segundo-tenente / segundos-tenentes
  • Sofá-cama / sofás-camas

Quando apenas o segundo elemento varia:

  • Trava-língua / trava-línguas
  • Guarda-roupa / guarda-roupas
  • Vice-reitor / vice-reitores
  • Guarda-comida / guarda-comidas
  • Ex-aluno / ex-alunos
  • Guarda-chuva / guarda-chuvas
  • Bem-amado / bem-amados
  • Beija-flor / beija-flores
  • Abaixo-assinado / abaixo-assinados
  • Vira-lata / vira-latas
  • Sempre-viva / sempre-vivas
  • Bate-papo / bate-papos
  • Ganha-pão / ganha-pães
  • Quebra-cabeça / quebra-cabeças

Em casos que a palavra guarda remeter a pessoa (aquela que guarda, vigia ou protege) e for seguida de adjetivo, será substantivo e, por esse motivo, irá para o plural.

Exemplos:

  • Guardas-civis
  • Guardas-noturnos
  • Guardas-florestais

Quando as frases forem substantivas, elas ficam invariáveis.

Novo acordo ortográfico

O novo acordo ortográfico da língua portuguesa entrou em vigor no Brasil e nos demais países da Comunidade de Países de Língua Portuguesa – CPLP em janeiro de 2009. Com isso, o substantivo composto sofreu algumas alterações. Confira essas mudanças a seguir:

No substantivo composto o hífen não é mais usado em:

Termos formados de prefixos terminados em vogal e começados por “s” ou “r”. As letras ‘s’ ou ‘r’ devem ser dobradas.

  • Exemplos: ultrassonografia, suprarrenal, autorretrato, antissocial, contrarregra, antessala.

Termos formados de prefixos terminados em vogal e começados por vogal.

  • Exemplos: contraindicação, autoafirmação, infraestrutura, semiaberto.

Locuções adjetivas, substantiva, verbais, adverbiais, pronominais, prepositivas, conjuncionais

  • Exemplos: cão de guarda, café com leite, fim de semana, pão de mel, sala de jantar.

Termos compostos que perderam pelo tempo a noção do processo de composição.

  • Exemplos: mandachuva, paraquedas, parabrisa, parachoque.

No substantivo composto o hífen permanece em:

Prefixos terminados em “r” se a palavra posterior começar com a mesma letra.

  • Exemplos: hiper-realista, inter-racial, inter-regional, inter-relação, super-resistente.

Palavras compostas que não tenham elemento de ligação.

  • Exemplos: ano-luz, bem-te-vi, erva-doce, guarda-chuva, beija-flor, couve-flor.

Palavras geradas pelos prefixos ‘ex’, ‘vice’, ‘soto’.

  • Exemplos: ex-namorado, soto-mestre, vice-presidente.

No substantivo composto o hífen foi acrescentado em:

Termos formados de prefixos terminados em vogal e começados pela mesma vogal.

  • Exemplo: anti-inflamatório, antes antiinflamatório; micro-ondas, antes microondas.

Termos formados pelos prefixo ‘circum’, ‘pan’.

  • Exemplos: pan-americanos, circum-navegação.

Termos formados pelos prefixos ‘pós’, ‘pré’ e ‘pró’.

  • Exemplos: pré-natal, pós-graduação, pró-desarmamento.

Termos formados pelos vocábulos ‘sem’, ‘além’, ‘recém’, ‘aquém’.

  • Exemplos: aquém-oceano, além-mar, recém-nascido, sem-número.

O que é substantivo composto?

Vamos relembrar o que é um substantivo composto?

Essa regra da ortografia diz respeito a união de duas palavras, ou radicais. Existem dois tipos de substantivos compostos: substantivos compostos formados por justaposição e substantivos compostos formados por aglutinação.

Por exemplo, “segunda-feira”, “arco-íris” e “cachorro quente” são exemplos de substantivos compostos formados por justaposição. Já palavras como “embora”, “planalto” e “dessarte” são exemplos de substantivos compostos formados por aglutinação.

Esses últimos casos são formados por união de palavras. Por exemplo “embora” surge da junção de “em + boa + hora”, enquanto “planalto” é originado da junção de “plano + alto”.

Voltar

Questões