Resumo de Português - Pretérito mais-que-perfeito

O pretérito mais-que-perfeito do indicativo é um tempo verbal usado para demonstrar um fato que aconteceu anteriormente a outro, também ocorrido no passado.

O pretérito mais-que-perfeito também é usado para falar de uma ação incerta do passado.

Exemplos:

  • Manuela falara de seus irmãos.
  • Gustavo bebera um suco de maracujá muito forte.

O pretérito mais-que-perfeito tem uma forma simples e duas compostas - uma no indicativo e outra no subjuntivo.

Sua formação simples é pouco usada na linguagem formal, esse formato é mais aplicado em textos poéticos. Entretanto, nas formas compostas ele é muito empregado na linguagem informal.

Além do modo indicativo, temos o pretérito perfeito e o pretérito imperfeito. No modo subjuntivo, é conjugado apenas o pretérito imperfeito.

Pretérito mais-que-perfeito composto

O pretérito mais-que-perfeito composto pode ser do modo indicativo ou do modo subjuntivo. Conheça a seguir cada um deles:

Pretérito mais-que-perfeito composto do indicativo

O pretérito mais-que-perfeito no modo indicativo apresenta um forma simples e uma forma composta. Ele é constituído por um verbo auxiliar e um verbo principal.

Da mesma forma que no tempo simples, ele é empregado para apontar uma ação situada no passado e que ocorrera anteriormente de outra, também no passado.

Sua formação tem o verbo “ter” conjugado no pretérito imperfeito do indicativo e o particípio do verbo principal.

Exemplo: Madalena tinha avisado sobre o rompimento da barragem.

Conjugação

  • (Eu) tinha + particípio do verbo principal
  • (Tu) tinhas + particípio do verbo principal
  • (Ele) tinha + particípio do verbo principal
  • (Nós) tínhamos + particípio do verbo principal
  • (Vós) tínheis + particípio do verbo principal
  • (Eles) tinham + particípio do verbo principal

Pretérito mais-que-perfeito composto do subjuntivo

O pretérito mais-que-perfeito composto também pode ser conjugado no modo subjuntivo. Diante disso, ele é usado para fazer referência a um acontecimento anterior a outro acontecimento no passado.

O pretérito mais-que-perfeito do modo subjuntivo é constituído pelo verbo auxiliar “ter” conjugado no pretérito imperfeito do subjuntivo e o verbo principal no particípio.

Exemplo: Talvez tivesse sido um bom atleta.

Conjugação

  • (Eu) tivesse + particípio do verbo principal
  • (Tu) tivesses + particípio do verbo principal
  • (Ele) tivesse + particípio do verbo principal
  • (Nós) tivéssemos + particípio do verbo principal
  • (Vós) tivésseis + particípio do verbo principal
  • (Eles) tivessem + particípio do verbo principal

Atenção! O verbo haver nos tempos compostos também é usado, ainda que o "ter" seja mais utilizado.

Conjugação

O pretérito mais-que-perfeito apresenta as seguintes terminações para os verbos regulares:

1° conjugação (-ar) 2° conjugação (-er) 3° conjugação (-ir)
(Eu) radical + -ara (Eu) radical + -era (Eu) radical + -ira
(Tu) radical + -aras (Tu) radical + -eras (Tu) radical + -iras
(Ele) radical + -ara (Ele) radical + -era (Ele) radical + -ira
(Nós) radical + -áramos (Nós) radical + -êramos (Nós) radical + -íramos
(Vós) radical + -áreis (Vós) radical + -êreis (Vós) radical + -íreis
(Eles) radical + -aram (Eles) radical + -eram (Eles) radical + -iram

Veja a seguir verbos conjugados no pretérito mais-que-perfeito na primeira, segunda e terceira conjugação:

1° conjugação (-ar)

Verbo estudar Verbo trabalhar Verbo falar
(Eu) estudara (Eu) trabalhara (Eu) falara
(Tu) estudaras (Tu) trabalharas (Tu) falaras
(Ele) estudara (Ele) trabalhara (Ele) falara
(Nós) estudáramos (Nós) trabalháramos (Nós) faláramos
(Vós) estudáreis (Vós) trabalháreis (Vós) faláreis
(Eles) estudaram (Eles) trabalharam (Eles) falaram

2° conjugação (-er)

Verbo aprender Verbo entender Verbo correr
(Eu) aprendera (Eu) entendera (Eu) correra
(Tu) aprenderas (Tu) entenderas (Tu) correras
(Ele) aprendera (Ele) entendera (Ele) correra
(Nós) aprendêramos (Nós) entendêramos (Nós) corrêramos
(Vós) aprendêreis (Vós) entendêreis (Vós) corrêreis
(Eles) aprenderam (Eles) entenderam (Eles) correram

3° conjugação (-ir)

Verbo partir Verbo dividir    Verbo cumprir
(Eu) partira (Eu) dividiria (Eu) cumprira
(Tu) partiras (Tu) dividirias (Tu) cumpriras
(Ele) partira (Ele) dividiria (Ele) cumprira
(Nós) partíramos (Nós) dividiríamos (Nós) cumpríramos
(Vós) partíreis (Vós) dividiríeis (Vós) cumpríreis
(Eles) partiram (Eles) dividiriam (Eles) cumpriram
 

Outros tempos verbais do modo subjuntivo

Os tempos verbais do modo subjuntivo exprimem ações possíveis, porém inerentes de outras.

Presente do subjuntivo

O presente do subjuntivo aponta uma ação hipotética, apoiada em desejos e pressupostos.

Exemplos:

  • Meu pai quer que eu me esforce mais.
  • A professora quer que eu faça parte da equipe.
  • Não façam nada antes que eu escreva o manual de instrução.

Pretérito imperfeito do subjuntivo

O pretérito imperfeito do subjuntivo aponta um fato que cria uma relação de condição com outra.

Exemplos:

  • Eu saberia o assunto todo se eu me esforçasse mais.
  • Se ele tivesse mais respeito, teria pedido desculpa.
  • Seria bom se ele pudesse vir conosco.

Futuro do subjuntivo

Futuro do subjuntivo aponta um fato possível, porém que ainda não ocorreu no futuro.

Exemplo:

  • As provas serão mais fáceis quando eu me esforçar mais.
  • Por favor, me avise quando eles estiverem disponíveis.
  • Quando você quiser, iremos visitar minha avó.

Pretérito perfeito composto do subjuntivo

O pretérito perfeito composto do subjuntivo aponta uma ação anterior, já terminada no passado.

Exemplo:

  • Meu pai mãe não acredita que eu tenha estudado a tarde toda.
  • Espero que você tenha estudado o suficiente para conseguir a aprovação.

Futuro composto do subjuntivo                      

O futuro composto do subjuntivo aponta uma ação que estará terminada antes de outra ação no futuro.

Exemplo:

  • Só poderei sair quando eu tiver estudado todo o assunto.
  • Quando você chegar na minha casa, já terei telefonado a Manuel.

Confira a seguir como fica a conjugação do verbo “esforçar” nos tempos do subjuntivo:

Presente Pretérito Imperfeito Futuro
que eu esforce se eu esforçasse quando eu esforçar
que tu  esforces se tu esforçasses quando tu esforçares
que ele esforce se ele esforçasse quando ele esforçar
que nós esforcemos se nós esforçássemos quando nós esforçarmos
que vós esforceis se vós esforçásseis quando vós esforçardes
que eles esforcem se eles esforçassem quando eles esforçarem
Voltar

Questões