Resumo de Português - Ponto de Interrogação

O ponto de interrogação é um sinal de pontuação utilizado por todas as escritas de origem romana para indicar um questionamento. Esse sinal é representado pelo símbolo (?), e serve para fazer uma pergunta.

Exemplos:

  • O que você está fazendo aqui? 
  • Você gostaria de dividir comigo a lasanha que eu trouxe para o almoço?
  • O que teremos de almoço hoje?
  • O que espera que eu faça por você?

Essa pontuação só pode ser utilizada nas frases interrogativas diretas. Nas frases interrogativas indiretas devemos substituir o uso do ponto de interrogação pelo ponto final.

Orações diretas x indiretas

As frases interrogativas diretas iniciam com pronomes interrogativos. Já as frases interrogativas indiretas não começam com os pronomes interrogativos.

Os pronomes interrogativos são usados para fazer uma pergunta ou para tirar uma dúvida. Essa pronome refere-se à 3ª pessoa do discurso, no entanto, de modo impreciso. Os pronomes interrogativos são:

  • Que
  • Quem
  • Qual
  • Quanto

Os pronomes interrogativos são utilizados nas frases diretas e indiretas, no entanto, os pronomes “que” e “quem” não possuem variações – são chamados de invariáveis.

Já o pronome “qual” pode variar em número transformando-se em “quais” e o pronome “quanto” pode variar em gênero e número podendo ser identificado como “quanta”, “quantos” e “quantas”.

Interrogação direta

Fala diretamente com a pessoa que está sendo interrogada. 

  • Qual a diferença entre frase direta e indireta?

Essa é uma frase direta, que utiliza no início da frase o pronome “qual”.

Interrogativa indireta

Caracteriza-se por realizar um questionamento de forma indireta trocando a interrogação pelo ponto final.

  • Gostaria de saber a diferença entre a frase direta e indireta.

Já nessa explicação conseguimos perceber que o pronome foi retirado, mas compreendemos que o questionamento foi feito,  no entanto sem o uso da interrogação.

Importância do uso da interrogação

Já pensou fazer uma pergunta sem utilizar a interrogação? Ou utilizá-la de forma inadequada? É neste contexto que a gramática pensou na utilidade dos sinais de pontuação.

Eles servem para dar sentido a uma frase orientando o momento de pausar ou de dar continuidade. As sinalizações presentes em uma frase servem para separar uma oração da outra ou até enfatizar as palavras que precisam ser destacadas.

Assim como a interrogação existem outros sinais de pontuações. São eles:

  • Ponto Final |.|
  • Vírgula |,|
  • Ponto e vírgula |;|
  • Dois pontos |:|
  • Ponto de interrogação |?|
  • Ponto de exclamação |!|
  • Reticências |…|
  • Aspas |“ ”|
  • Parênteses |( )|
  • Travessão |—|
  • Meia‐risca |–|
  • Ponto Parágrafo |.|
  • Colchetes |[ ]|
  • Asterisco |*|
  • Barra |/|
  • Hífen |−|

Origem da interrogação

Embora não tenha escritura que comprove a verdadeira origem da interrogação, acredita-se que o surgimento do ponto de interrogação deu-se através da descendência de um sinal criado no século VIII, no qual a grafia era traçada em um linha em zig-zag situado outro sinal semelhante a um ponto. Mais tarde, essa linha seria utilizada em curvas.

Para outros historiadores o ponto de interrogação é uma abreviação do latim "quaestio", que significa "interrogação" ou "questionar". Essa abreviatura era representada pela sigla "qo", que mais tarde foi reduzida para um “q” minúsculo posicionado em cima de um pequeno “o”.

Vários pontos de interrogação

Embora seja comum encontrarmos pessoas fazendo uso de mais de um ponto de interrogação, não existe na gramática nenhuma regra para essa utilização.

No entanto geralmente, as pessoas fazem uso dessas sucessivas interrogações quando querem mostrar intensidade naquilo que está sendo perguntado.

Exemplos:

  • Interrogação de modo simples: Ei, quem é você?
  • Interrogação de forma exagerada: Ei, ouviu? Perguntei quem é você???

Interrogação com exclamação

Diferente do ponto de interrogação que é utilizado para interrogar. A exclamação é usada para dar ênfase ao que é dito, ou seja, por meio da exclamação podemos ressaltar por exemplo um grito ou uma saudação.

Quando a interrogação é utilizada antes de uma exclamação, geralmente, a união desses dois sinais irá conferir ao texto um tom de pergunta e afirmação em um só momento.

Exemplos:

  • Interrogação: Quem você é?
  • Exclamação: Sim, é você!
  • Interrogação + exclamação: Quem você pensa que é para me tratar dessa maneira?!

Interrogação com reticências

As reticências dão uma continuidade ao que está sendo dito. Utilizamos para deixar explícito que a oração está inacabada.

Quando fazemos uso da reticências e da interrogação temos uma pergunta seguida de uma pausa, dando a intenção de que a resposta resposta está sendo aguardada pelo questionador. Vejamos nos casos abaixo:

  • Interrogação: Quer beber água?
  • Reticências: Não sei se quero água ou… sei lá! 
  • Interrogação + reticências: Será que ela irá beber aquela água?… Ou Quem está aí?…

No primeiro caso temos uma pergunta direta, no segundo existe uma hesitação na afirmação, e no terceiro há uma pausa, como se o emissor tivesse dado um tempo até a próxima fala.

Interrogação com aspas

As aspas nos permitem fazer uma citação de clássicos da literatura e também explicitar fala de pessoas públicas ou anônimas.

Quando utilizamos o ponto de interrogação entre aspas quer dizer que a pergunta foi dita por outra pessoa, ou que o questionamento em questão não pertence a quem está escrevendo. Geralmente, encontramos esse tipo de união em textos jornalísticos ou em livros de contos.

  • Interrogação: O que você gostaria de assistir na televisão? 
  • Aspas: O vendedor disse: “Esta televisão custa 2 mil reais”
  • Interrogação + aspas: “Não tem nada melhor para assistir na televisão?”, disse a mãe da menina.

Ponto de interrogação invertido

Utilizamos o ponto de interrogação (?) para tirar uma dúvida, no entanto, quando a interrogação aparece inverta (¿) no texto sabemos que trata-se de algo que está escrito em outro idioma, mais especificamente em espanhol.

Esse sinal em espanhol tem a mesma função que no Brasil: serve para fazer uma pergunta. No entanto, ele aparece de cabeça para abaixo no início de uma pergunta e no final do questionamento na forma que conhecemos.

Português: O que Você Vai fazer hoje, devo perguntar?
Espanhol: ¿Qué vas a hacer hoy, o es atrevido preguntar?

Voltar

Questões