Resumo de Português - Palavras Proparoxítonas

Palavras proparoxítonas ou esdrúxulas são ensinadas logo no ensino fundamental das escolas. É um assunto que constantemente está presente em concursos e vestibulares, especialmente no ENEM.

Palavras proparoxítonas são aquelas palavras que possuem tonicidade maior na antepenúltima sílaba.

Na língua portuguesa, todas as palavras proparoxítonas são acentuadas. Contudo, algumas palavras de outro idioma, como do inglês, foram incorporadas ao português, como “habitat”, “deficit” “superavit” e “performance” que são proparoxítonas, mas não eram acentuadas por serem de origem estrangeira.

Contudo, essas palavras já foram aceitas pelos gramáticos e foram aportuguesadas. Isto é, estão sendo acentuadas: déficit, superávit e habitat.

Palavras proparoxítonas: acento tônico X acento gráfico

Cuidado para não confundir acento tônico com acento gráfico, mesmo todas as palavras proparoxítonas sendo acentuadas.

  • Acento tônico: se refere a intensidade presente em determinada sílaba ao ser pronunciada. Independentemente de ser acentuada ou não.
  • Acento gráfico: se refere a marcação gráfica que dá tonicidade à sílaba. Isto é, tonicidade demarcada pelos acentos gráficos, como agudo (´) e acento circunflexo (^). Ou até mesmo da crase (`).

Exemplos de palavras proparoxítonas

  • Acadêmico – a-ca-dê-mi-co
  • Ácaro – á-ca-ro
  • Acústica – a-cús-ti-ca
  • Álibi – á-li-bi
  • Ângulo – ân-gu-lo
  • Antídoto – an-tí-do-to
  • Dinâmico – di-nâ-mi-co
  • Dúvida – dú-vi-da
  • Física – fí-si-ca
  • Gráfico – grá-fi-co
  • Íngreme – ín-gre-me
  • Ínterim – ín-te-rim
  • Lâmpada – lâm-pa-da
  • Líquido – lí-qui-do
  • Matemática – ma-te-má-ti-ca
  • Míope – mí-o-pe
  • Música – mú-si-ca
  • Plástico – plás-ti-co
  • Próximo – pró-xi-mo
  • Público – pú-bli-co
  • Sonâmbulo – so-nâm-bu-lo
  • Informática – in-for-má-ti-ca
  • Relâmpago – re-lâm-pa-go
  • Último – úl-ti-mo
  • Ética – é-ti-ca
  • Rápido – rá-pi-do
  • Gramática – gra-má-ti-ca
  • Átomo – á-to-mo
  • Trágico – trá-gi-co
  • Patético – pa-té-ti-co
  • Árvore – ár-vo-re
  • Proparoxítona – pro-pa-ro-xí-to-na
  • Paroxítona – pa-ro-xí-to-na
  • Oxítona – o-xí-to-na
  • Página – pá-gi-na
  • Código – có-di-go
  • Telégrafo – te-lé-gra-fo
  • Dinâmico – di-nâ-mi-co
  • Sábado – sá-ba-do
  • Gênero – gê-ne-ro
  • Público – pú-bli-co
  • Teledinâmico – te-le-di-nâ-mi-co
  • Tônica – tô-ni-ca
  • Monossílabo – mo-nos-sí-la-bo
  • Fonética – fo-né-ti-ca
  • Sílaba – sí-la-ba
  • Óptica – óp-ti-ca
  • Pêndulo – pên-du-lo
  • Máquina – má-qui-na
  • Gráfico – grá-fi-co
  • Médico – mé-di-co
  • Elétrico – e-lé-tri-co
  • Física – fí-si-ca
  • Química – quí-mi-ca
  • Máximo – má-xi-mo
  • Cálice – cá-li-ce
  • Úmido – ú-mi-do
  • Tímido – tí-mi-do
  • Propósito – pro-pó-si-to
  • Límpido – lím-pi-do
  • Lúcido – lú-ci-do
  • Excêntrico – ex-cên-tri-co
  • Fôlego – fô-le-go
  • Fenômeno – fe-nô-me-no
  • Cômico – cô-mi-co
  • Econômico – eco-nô-mi-co
  • Sinônimo – si-nô-ni-mo

Palavras proparoxítonas: aparentes

São chamadas de palavras proparoxítonas aparentes aquelas que são paroxítonas que terminam em -ea, -eo, -ia, -ie, -io, -oa, -ua, e -uo.

São chamadas de aparentes porque, antes do Novo Acordo Ortográfico eram consideradas palavras paroxítonas ou proparoxítonas. Após o acordo, essas palavras já são registradas como proparoxítonas.

Contudo, alguns gramáticos ainda consideram essas palavras como paroxítonas que são formadas por ditongos crescentes pós-tônicos. E outros dão outro nome, classificando-as como palavras proparoxítonas que são formadas por hiatos.

Exemplos:

  • Exíguo – e-xí-gu-o
  • Gênio – gê-ni-o
  • Glória – gló-ri-a
  • Lírio – lí-ri-o
  • Mágoa – má-go-a
  • Série – sé-ri-e
  • Tênue – tê-nu-e
  • Início – i-ní-ci-o
  • Rádio – rá-di-o
  • Régua – ré-gu-a
  • Cárie – cá-ri-e
  • Miséria – mi-sé-ri-a
  • História – his-tó-ri-a
  • Mistério – mis-té-ri-o
  • Remédio – re-mé-di-o

Erros de prosódia ou erros de pronúncias

É chamado de prosódia a parte da gramática que se refere a acentuação tônica das palavras. Os erros de prosódia ocorrem frequentemente, especialmente na transformação de palavras paroxítonas para as palavras proparoxítonas.

Ou seja, erros de prosódia acontece nas palavras que são proparoxítonas, mas são pronunciadas como se tivesse acento na antepenúltima sílaba.

Exemplos:

  • Alcoolemia: pronunciado como alcoolêmia;
  • Filantropo: pronunciado como filântropo;
  • Rubrica: pronunciado como rébrica;
  • Recorde: pronunciado como récorde;
  • Avaro: pronunciado como ávaro;
  • Libido: pronunciado como líbido;
  • Pudico: pronunciado como púdico.

Perceba que as palavras são todas pronunciadas com acentos tônicos nas antepenúltimas sílabas, como se fossem palavras proparoxítonas, mas o correto é pronunciar com tonicidade nas penúltimas sílabas (oxítonas).

  • Alcoolemía
  • Filantrópo
  • Rubríca
  • Recórde
  • Aváro
  • Libído
  • Pudíco

Atenção: as palavras estão com acentuação gráfica para que você perceba a sílaba tônica, mas elas não são acentuadas. Além disso, para mostrar a importância de não confundir acento tônico com acento gráfico.

Dupla prosódia

A dupla prosódia acontece quando algumas palavras possuem dupla pronúncia e grafia, mas continuam com o mesmo significado. Ou seja, elas podem ser tanto paroxítonas quanto proparoxítonas.

Exemplos:

  • Acrobata e acróbata
  • Hieróglifo e hieroglifo
  • Logotipo e logótipo
  • Alopata e alopata
  • Ambrósia e ambrosia
  • Dário e Dario
  • Homília e homilia
  • Madagáscar e madagascar 
  • Oceânia e Oceania
  • Projétil e projetil
  • Réptil e reptil
  • Safári e safari
  • Xérox e xérox
  • Zangão e zangão

Contudo, cuidado, pois há palavras que possuem a dupla prosódia, mas seus significados mudam de acordo com a acentuação.

Exemplos:

  • Cupido (substantivo) e cúpido (adjetivo);
  • Sutil (adjetivo relacionado a sutileza) e sútil (adjetivo relacionado a algo costurado);
  • Valido (substantivo ou verbo) e válido (adjetivo);
  •  Vivido (adjetivo se refere a experiência de vida) e vívido (adjetivo relacionado a vivacidade).

Oxítonas e paroxítonas

Além das proparoxítonas, há outras classificações que indicam a tonicidade silábica das palavras. São as oxítonas e paroxítonas.

Oxítonas

Palavras oxítonas são aquelas que a sua sílaba tônica está localizada na última sílaba. Geralmente, as oxítonas não precisam ser acentuadas e terminam com -r, -l, -z, -x, -i, -u, -im, -um e -om.

Exemplos:

  • Cantar – can-tar
  • Legal – le-gal
  • Talvez – tal-vez
  • Botox – bo-tox
  • Ali – a-li
  • Guru – gu-ru
  • Aipim – ai-pim
  • Atum – a-tum
  • Bombom – bom-bom

Paroxítonas

As paroxítonas são aquelas em que a sua sílaba tônica está localizada na penúltima sílaba. As paroxítonas consistem na maioria das palavras da língua portuguesa. Além disso, são palavras que não são acentuadas.

Exemplos:

  • Amigo – a-mi-go
  • Vizinho – vi-zi-nho
  • Felicidade – fe-li-ci-da-de
  • Cansaço – can-sa-ço
  • Mesa – me-sa
  • Paranoia – pa-ra-noi-a
  • Ideia – i-dei-a
  • Rapidamente – ra-pi-da-men-te
  • Pezinho – pe-zi-nho
  • Fácil – fá-cil
  • Vírus – ví-rus
  • Túnel – tú-nel
  • Sótão – só-tão
  • Tórax – tó-rax
  • Álbum – ál-bum
  • Revólver – re-vól-ver

Resumindo

Classificação Sílaba tônica Exemplos
Oxítona Última sílaba Abacaxi (a-ba-ca-xi)
Paroxítona Penúltima sílaba Felicidade (fe-li-ci-da-de)
Proparoxítona Antepenúltima sílaba Matemática (ma-te--ti-ca)

Outros exemplos de palavras proparoxítonas

  • Abóbada 
  • Alcoólatra 
  • Metástase 
  • Míope 
  • Efêmero 
  • Estereótipo 
  • Leucócito 
  • Bígamo
  • Húngaro 
  • Êxodo 
  • Déspota 
  • Íngreme 
  • Pântano 
  • Munícipe 
  • Álibi 
  • Rubéola 
  • Síndrome 
  • Vândalo 
  • Vermífugo 
  • Andrógino 
  • Cônjuge 
  • Vórtice 
  • Plêiade 
  • Ângulo 
  • Anêmona 
  • Nômade 
  • Ágape 
  • Antídoto 
  • Auréola 
  • Ávido 
  • Bávaro 
  • Ípsilon 
  • Protótipo 
  • Arquétipo 
  • Aborígene 
  • Uníssono 
Voltar

Questões