Resumo de Português - Modo Imperativo

Modo usado para dar uma ordem ou advertência

Empregado quando se deseja fazer um pedido ou dar uma ordem a alguém, o modo imperativo é o modo verbal com menos tempos verbais, em comparação com os outros modos usados na Língua Portuguesa (modo indicativo e o modo subjuntivo). 
O modo imperativo é dividido apenas entre modo afirmativo e modo negativo, sendo que neste último tempo é necessário adicionar o “não” para conseguir fazer a conjugação correta do verbo. 
Não é possível conjugar verbo na 1ª pessoa do singular (eu) em nenhum dos dois tempos verbais usados no modo imperativo, porque não há como dar uma advertência, direção ou ordem a si mesmo. 
Exemplos de frases no modo imperativo:

Modo Imperativo Afirmativo 

Nesse tempo verbal, a formação da oração é feita através de uma afirmação
Exemplos: 
Para a conjugação do verbo no imperativo afirmativo, repete-se a mesma forma do presente do modo indicativo, na 2ª pessoa do singular (tu) e a 2ª pessoa do plural (vós). Deve-se retirar o “s” no final do verbo conjugado e colocar o pronome na frente. 
Exemplo:

Presente do Indicativo:
Tu andas
Vós andais 

Imperativo Afirmativo: 
Anda tu
Andai vós 
E para a conjugação da 1ª pessoa do plural (nós) e a 3ª pessoa do plural (eles), usa-se o verbo da mesma forma do presente do subjuntivo
Exemplo:

Presente do subjuntivo:

Que nós andemos
Que eles andem 
Imperativo Afirmativo: 

Andemos nós
Andem eles 
Exemplo de Conjugação:
Verbo
-- (eu)
Chama (tu)
Chame (ele)
Chamemos (nós)
Chamai (vós)
Chamem (eles)
Verbo  

-- (eu)
Bebe (tu)
Beba (ele)
Bebamos (nós)
Bebei (vós)
Bebam (eles)
Verbo
-- (eu)
Divide (tu)
Divida (ele)
Dividamos (nós)
Dividi (vós)
Dividam (eles)

Modo Imperativo Negativo

Nesse tempo verbal, a formação da oração é feita através de uma negação. Para conjugar o verbo, acrescenta-se o “não” na frente.
Exemplos: 

Para conjugar o verbo no imperativo negativo, basta usar a mesma forma que o presente do subjuntivo. 
Exemplo:

Presente do Subjuntivo:

Que tu andes
Que ele ande
Que nós andemos 
Que vós andeis 
Que eles andem 
Imperativo Negativo: 

Não andes tu
Não ande ele
Não andemos nós 
Não andeis vós
Não andem eles 
Mais Exemplos de Conjugação:
Verbo  

-- (eu)
Não chames (tu)
Não chame (ele)
Não chamemos (nós)
Não chamais (vós)
Não chamem (eles)
Verbo  

-- (eu)
Não bebas (tu)
Não beba (ele)
Não bebamos (nós)
Não bebeis (vós)
Não bebam (eles)
Verbo  

-- (eu)
Não dividas (tu)
Não divida (ele)
Não dividamos (nós)
Não dividais (vós)
Não dividam (eles)
Para conseguir conjugar o verbo no modo imperativo, permite-se trocar a 3ª pessoa do singular (ele) pelo pronome você e a 3ª pessoa do plural (eles) pelo pronome vocês. 

Modos Verbais

Na Língua Portuguesa, os modos verbais são divididos em modo indicativo, modo subjuntivo e modo imperativo. Os modos verbais trazem na oração o tempo e o sentido do verbo, além de indicar a forma do verbo também. 
- No modo indicativo, o verbo é conjugado expressando certeza. 
Exemplos: 
- No modo subjuntivo, o verbo é conjugado expressando incerteza sobre algo ou ação.
Exemplos: 
- No modo imperativo, o verbo é conjugado expressando um desejo ou pedido.
Exemplos: 
Voltar

Questões