Resumo de Português - Homônimos e Parônimos

Homônimos e parônimos são palavras que apresentam semelhanças na sonoridade e na grafia, mas essas palavras não possuem os mesmos significados.

Os homônimos e parônimos são características estudadas dentro da semântica. Essas palavras são classificadas nas relações de paronímia e homonímia, devido a semelhança e até mesmo igualdade que há entre elas quando se trata do som e da escrita.

As homônimas são aquelas que ao serem pronunciadas possuem a mesma sonoridade e possuem a escrita parecida, mas constituem diferentes significados. Exemplo: cem e sem.

As parônimas são aquelas que ao serem pronunciadas possuem o som parecido, mas se constituem de significados distintos. Exemplo: cumprimento e comprimento.

Classificações dos Homônimos e Parônimos

As palavras homônimas são subdivididas em palavras homógrafas, palavras homófonas e palavras perfeitas. Saiba mais sobre cada uma delas a seguir:

Palavras homógrafas

São aquelas palavras que possuem a mesma grafia, mas constituem significados distintos e diferente fonologia.

Exemplos:

  • Acerto (correção) e acerto (verbo acertar);
  • Acordo (combinação) e acordo (verbo acordar);
  • Apoio (suporte) e apoio (verbo apoiar);
  • Olho (órgão da visão) e olho (verbo olhar);
  • Seca (enxuta) e seca (verbo secar);
  • Força (pujança) e força (verbo forçar);
  • Gelo (água solidificada) e gelo (verbo gelar);
  • Gosto (sabor) e gosto (verbo gostar).

Perceba nas frases abaixo a diferença que pode fazer a pronúncia dessas palavras.

Sobre (ô) e sobre (ó)

  • Você está conversando sobre Homônimos e Parônimos?
  • Quero que sobre tempo para estudar Homônimos e Parônimos.

Jogo (ô) e jogo (ó)

  • Eles assistiram ao jogo das meninas.
  • Eu jogo futebol todos os dias com meus familiares.

Colher (ô) e colher (ó)

  • Preciso de uma colher para misturar o arroz.
  • Ela foi colher as verduras da horta.

Palavras homófonas

São aquelas palavras que possuem a pronúncia iguais, mas constituem de significados e grafias diferentes.

Exemplos:

  • Acento (sinal gráfico) e assento (cadeira, lugar);
  • Aço (liga de ferro) e asso (verbo assar);
  • Alto (comprido, elevado) e auto (automóvel, de si próprio);
  • Cela (pequeno compartimento) e sela (assento acolchoado);
  • Cem (100-número) e sem (indica falta);
  • Cento (cem) e sento (verbo sentar);
  • Hera (planta trepadeira) e era (verbo ser);
  • Houve (verbo haver) e ouve (verbo ouvir);
  • Lasso (frouxo, distendido) e laço (nó com alças);
  • Trás (local posterior) e traz (verbo trazer);
  • Vaso (recipiente) e vazo (verbo vazar);
  • Voz (som humano) e vós (pronome pessoal).

Entenda porque  na escrita é importante escrever de forma correta essas palavras.

Cem e sem

  • Ela não tem cem reais?
  • A minha professora está sem vontade de ensinar Homônimos e Parônimos.

Acento e assento

  • Algumas palavras possuem acentos?
  • Esse assento está vazio?

Senso/censo

  • Ela tem um ótimo senso de humor!
  • O Instituto levantou um censo sobre a quantidade de palavras Homônimas e Parônimas. 

Palavras perfeitas

São aquelas palavras que são homófonas e homógrafas. Ou seja, palavras que possuem a mesma escrita e pronúncia, mas seus significados são diferentes.

Exemplos:

  • Apontar: anotar / Apontar: fazer a ponta / Apontar: indicar com o dedo, gesto ou olhar;
  • Arma: instrumento de luta ou defesa / Arma: verbo armar;
  • Caça: presa / Caça: verbo caçar;
  • Canto: ângulo, esquina, recanto / Canto: verbo cantar;
  • Fui: pretérito perfeito do verbo ir / Fui: pretérito perfeito do verbo ser;
  • Livro: obra literária. / Livro: verbo livrar, livramento de algo;
  • Manga: fruto da mangueira. / Manga: parte da camisa;
  • Mato: bosque. / Mato: verbo matar;
  • São: sadio, saudável. / São: santo. / São: verbo ser: eles são;
  • Verão: estação do ano. / Verão: verbo ver.

Exemplos de algumas frases:

Apontar

  • Ele deve apontar tudo que o professor falar sobre Homônimos e Parônimos.
  • Ela devia apontar o lápis.
  • É feio apontar com o dedo os defeitos alheios.

Canto

  • Coloque o vaso de flores naquele canto.
  • Eu canto para relaxar.

Livro

  • Ela está lendo um livro didático que fala sobre Homônimos e Parônimos.
  • Eu te livro da acusação de estar planejando algo.

Palavras Parônimas

São aquelas que se constituem de semelhança ou igualdade na fonética e na escrita, mas seus significados são completamente diferentes.

Exemplos:

Absorver / Absolver

  • Ela tentou absorver toda a água da esponja. (Sorver)
  • Após confissão, o juiz absolveu o réu de todas as acusações. (Inocentar)

Cavaleiro / Cavalheiro

  • Todos os cavaleiros da cavalaria do rei participam da batalha. (Homem que anda de cavalo)
  • O homem que abre sempre as portas para alguém passar é um verdadeiro cavalheiro. (Homem educado e cortês)

Dirigente / Diligente

  • O dirigente da companhia prestou declarações sobre o acidente. (Pessoa que dirige, gere)
  • A professora de português é mais diligente em explicar sobre Homônimos e Parônimos. (Expedito, aplicada)

Estofar / Estufar

  • Meu pai mandou estofar o sofá da antiga casa. (Pôr estofo)
  • Vou estufar este frango com verduras e folhas. (Refogar)

Iminente / Eminente

  • Este prédio está em risco de perigo iminente. (Imediato)
  • O Cristo Redentor aparece eminente no Rio de Janeiro. (Alto, superior)

Retificar / Ratificar

  • É preciso retificar a fala do presidente. (Corrigir)
  • Ratifico tudo que foi dito pelo jornalista. (Confirmar)

Tráfego / Tráfico

  • O intenso tráfego provocou um longo engarrafamento na avenida. (Trânsito)
  • O tráfico de drogas é um problema de educação e segurança pública. (Comércio clandestino)

Imergir / Emergir

  • Os bombeiros estão tentando impedir este carro de imergir ainda mais para dentro do rio. (Mergulhar)
  • Os mergulhadores irão emergir após descobriram o que acontece no fundo do mar. (Vir à tona)

Exemplos de outras palavras parônimas

  • Acelerado (apressado) / Celerado (aquele que cometeu ou é capaz de cometer crimes);
  • Acidente (acontecimento casual, porém grave) / Incidente (acontecimento imprevisível, episódio);
  • Alto (de grande extensão vertical, elevado) / Auto (ato público, peça teatral de um ato, peça processual);
  • Auferir (colher, obter ou receber vantagens) / Aferir (avaliar, julgar por meio de comparação);
  • Caução (fiança, penhor, garantia de pagamento) / Calção (calça curta);
  • Custear (pagar custos) / Costear (navegar pela costa);
  • Despercebido (não percebido, não notado) / Desapercebido (desprevenido, desprovido);
  • Discente (relativo a alunos) / Docente (relativo a professores);
  • Distinto (diferente, ilustre) / Destinto (desbotado);
  • Fragrante (perfumado) / Flagrante (evidente);
  • Imigrar (entrar num país) / Emigrar (deixar um país);
  • Infração (violação) / Inflação (alta dos preços);
  • Inserto (inserido, incluído) / Incerto (duvidoso);
  • Procedente (proveniente; que tem fundamento) / Precedente (que vem antes);
  • Recriar (criar novamente) / Recrear (divertir);
  • Suster (sustentar) / Sustar (suspender);
  • Vadiar (andar ociosamente) / Vadear (atravessar a vau);
  • Zunido (som agudo do vento / Zumbido (sussurro de insetos alados).
Voltar

Questões