Resumo de Português - Fonema e Letra

A quantidade de fonema e letra de uma palavra pode ser igual ou sofrer alterações. Isso ocorre porque determinadas letras não representam fonemas, já outros fonemas podem ser representados por uma ou mais letras.

A diferença entre fonema e letra é que o fonema está relacionado ao som que é reproduzido, enquanto a letra corresponde aos sinais gráficos de uma língua. Ao redigir os variados tipos de textos, nós utilizamos as letras para demostrar graficamente os fonemas que escutamos.

Exemplos:

Táxi – /t/ /a/ /k/ /s/ /i/

Hoje – /ho/ /j/ /e/

Compra – /c/ /õ/ /p/ /r/ /a/                                      

O que é fonema?

Como já dito, existe diferença entre fonema e letra. Os fonemas são as menores unidades de som que uma palavra pode conter, ela tem o papel de diferenciar os vocábulos. Um exemplo disso são as palavras rato e mato, que são diferenciadas devido os fonemas /r/ e /m.

Fonema e letra não devem ser confundidos, pois os fonemas são apenas o modo como os sons são reproduzidos. Um fonema pode ser apresentando por diferentes letras do alfabeto. O fonema /z/, por exemplo, pode ser apresentado pelas letras z, s, x, como no caso das palavras zero, mesa e exame.

Em contrapartida, uma letra pode apresentar mais de um fonema. Na palavra sapato, por exemplo, a letra s apresenta o fonema /s/, enquanto o nome Brasil, a letra s corresponde ao fonema /z/.

Coçar = 5 letras

/k/ /o/ /s/ /a/ /r/ = 5 fonemas

Máximo = 6 letras

/m/ /á/ /s/ /i/ /m/ /o/ = 6 fonemas

Na maioria das vezes o número de fonema e letra é igual. No entanto, existem casos os números não coincidem.

Acesso = 6 letras

/a/ /c/ /e/ /s/ /o/ = 5 fonemas

Chute = 5 letras

/x/ /u/ /t/ /e/ = 4 fonemas

Classificação do Fonema

Os fonemas da Língua Portuguesa podem ser classificados em vogais, consoantes e semivogais.

Vogais

Esses fonemas são falados sem a existência de barreiras ou obstáculos, chegando sem interferência ao exterior.

Exemplos: pia, ando, cesto, quero, lente, li, lindo, sonho, avó, som, susto, untar, pato, bota.

Semivogais

As semivogais são os fonemas /i/ e /u/ que se usem a outra vogal dando origem a uma sílaba.

Exemplos: couro, baile, cárie, mau, pais, rei, seita, venceu.

Consoantes

Os fonemas formados por consoantes encontram resistência ao ser pronunciado, por isso, precisam de acompanhamento das vogais.

Exemplos: caderno, lâmpada, base, deduzir, falar, pedaço, redigir, sintetizar.

Representação fonema e letra

Estão presentes na ortografia da língua portuguesa 12 fonemas vocálicos e 19 fonemas consonantais. Veja a seguir os fonemas vocálicos e suas representações por letras:

Fonemas Letras
/a/ A
/e/ E
/é/ E / É
/i/ I
/o/ O
/ó/ O / Ó
/u/  U
/ã/ Ã / AM / AN
/ẽ/ EM / EN
/ĩ/ IM / IN
/õ/ OM / ON
/ũ/ UM / UM

Veja agora os fonemas consonantais e suas representações:

Fonemas  Letras
/p/  P
/b/ B
/m/ M
/f/ F
/v/ V
/t/ T
/d/ D
/n/ N
/nh/ NH
/l/ L
/lh/ LH
/r/ R
/rr/ RR / R
/z/ Z / S/ X
/s/ S / SS / Ç / C / SC / SÇ / X / XC
/j/ J / G
/x/ X / CH
/g/ G / GU
/q/ C / QU

Letra

Agora que já sabe que existe diferença entre fonema e letra, e também conhece os fonemas, conheça mais sobre as letras.

As letras são sinais gráficos apresentados pelo fonema, que unidas e organizadas formam o alfabeto. Na palavra sapo a letra S é representa pelo fonema /s/, já na palavra casa essa mesma letra representa o fonema /z/.

Dessa forma, é possível concluir que o mesmo fonema pode ser representado por várias letras e a mesma letra também pode ser representada por mais de um fonema.

Veja agora algumas letras e seus fonemas:

Letras G e J

As letras G e J podem apresentar o mesmo fonema quando unidas às vogais E e I: ge = je e gi = ji.

Singelo = 7 letras

/s/ /ĩ/ /j/ /e/ /l/ /o/ = 6 fonemas

Refúgio = 7 letras

/r/ /e/ /f/ /ú/ /j/ /i/ /o/ = 7 fonemas

Letra X

A letra X pode apresentar os fonemas /s/, /z/ e /ks/.

Sexto = 5 letras

/s/ /e/ s/ /t/ /o/ = 5 fonemas

Exalar = 6 letras

/e/ /z/ /a/ /l/ /a/ /r/ = 6 fonemas

Fixo = 4 letras

/f/ /i/ /k/ /s/ /o/ = 5 fonemas

Algumas letras não representam fonemas

Letra H

Quando no início de palavras, a letra H não é fonema.

Harpa = 5 letras

/a/ /r/ /p/ /a/ = 4 fonemas

Hoje = 4 letras

/o/ /j/ /e/ = 3 fonemas

Letras M e N

Quando exercem função de nasalização, as letras M e N não são fonemas.

Campo = 5 letras

/k/ /ã/ /p/ /o/ = 4 fonemas

Atento = 6 letras

/a/ /t/ /ẽ/ /t/ /o/ = 5 fonemas

Quando não exercem função de nasalização, as letras M e N passam a ser fonemas.

Soma = 4 letras

/s/ /o/ /m/ /a/ = 4 fonemas

Navio = 5 letras

/n/ /a/ /v/ /i/ /o/ = 5 fonemas

Revisão fonema e letra

  • O fonema e letra não devem ser vistos de forma igual;
  • O fonema está relacionado ao som da palavra;
  • A letra refere-se à grafia das palavras;
  • A quantidade de fonema e letra de uma palavra nem sempre serão iguais;
  • Uma letra pode representar mais de um fonema;
  • Os fonemas podem ser classificados em vogais, consoantes e semivogais;
  • Na língua portuguesa existem 12 fonemas vocálicos e 19 fonemas consonantais.
Voltar

Questões