Resumo de Geografia - Estado de Roraima

O estado de Roraima está situado na região norte do Brasil e é uma das 27 unidades federativas. Possui uma área aproximada de 224.299 km² e sua capital, Boa Vista, é a única do Brasil completamente no hemisfério norte.

O estado de Roraima é o mais setentrional (qualificação que abrange tudo que é referente a norte ou boreal) da nação brasileira e faz fonteira com:  Venezuela ao norte e noroeste; Guiana, ao leste; sudeste com o estado do Pará e ao sul; e oeste com o estado do Amazonas.

Sua sigla é RR, possui apenas 15 municípios e quem nasce por lá é roraimense. O estado de Roraima é o menos populoso do Brasil e também apresenta a menor densidade demográfica do país.

O local já pertenceu ao estado do Amazonas e foi desmembrado por um decreto de 1943, quando foi criado o Território Federal do Rio Branco. Em 1962, foi nominado Território Federal de Roraima, passando a ser considerado um Estado pela Constituição Brasileira de 1988.

A economia do estado de Roraima tem base na agricultura, na pecuária, no extrativismo e principalmente no setor terciário, que registra alta taxa de desenvolvimento apesar do Produto Interno Bruto (PIB) também ser o menor do país. O fato do PIB ser baixo se deve, em partes, pelo fato da grande parcela da região ser território indígena ou de preservação ambiental.

A palavra Roraima tem origem em línguas indígenas e possui três significados: “Monte Verde”, “Mãe dos Ventos” e “Serra do Caju”. É a união de “roro” – papagaio, e “imã” – pai / formador. “Roro” ou “rora” – significa “verde” e “imã” significa “serra” / “monte” que forma “Serra Verde” que representa a paisagem natural e específica da região.

Os outros significados de Roraima são: Mãe dos Ventos, por causa do clima da região, os índios acreditavam que os ventos que atingiam o sul da Venezuela seriam originário do lugar; Serra do Caju, por conta do grande número de serras e colinas que existem naquela região.

A história do estado de Roraima está relacionada ao Rio Branco, pois foi através desse rio que chegaram os primeiros colonizadores portugueses. Ingleses e neerlandeses entravam no Brasil pelo Planalto das Guianas em busca de índios para escravizar e cobiçavam o Vale do Rio Branco.

Espanhóis invadiram a parte norte do rio Branco e o rio Uraricoera, através do território venezuelano. Os portugueses derrotaram e expulsaram todos os invasores, estabelecendo assim, a soberania de Portugal sobre o estado de Roraima e parte do estado do Amazonas.

Rio Branco

O rio branco é um curso de água do estado de Roraima. Ele é formado pela confluência dos rios Tacutu e Uraricoera, trinta quilômetros ao norte da capital Bela Vista que fica situada no vale do rio. Sua foz é no Rio Negro – Estado do Amazonas.

Cidades do Estado de Roraima

  • Boa Vista: município brasileiro e capital do estado de Roraima. Concentra cerca de dois terços dos habitantes do estado e está localizado na margem direita do rio Branco. É a capital estadual mais setentrional do Brasil, é a única situada totalmente ao norte da Linha do Equador e a mais distante de Brasília – capital federal. É ainda uma cidade moderna e de forte influência europeia, inspirada em Paris – França, e Belo Horizonte – Brasil.
  • Rorainópolis: cidade criada com a instalação de uma sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) nas margens da BR-174 (mais importante do estado).
  • Caracaraí: terceiro município mais populoso do estado de Roraima. Conhecida como Cidade-Porto por ter o maior movimento fluvial do estado.
  • Alto Alegre: surgiu em 1953 com a Colônia Agrícola Coronel Mota. Seus primeiros habitantes foram japoneses que plantavam pimenta do reino, tomate e outros vegetais.
  • Mucajaí: localizada na margem direita do rio Mucajaí. A cidade é originada da antiga colônia agrícola do Mucajaí, fundada em 1951 e denominada de Colônia Agrícola Fernando Costa. Foi criada pela Lei Federal Nº 7.009, de julho de 1982 com terras desmembradas da capital do estado.
  • Cantá: toda a região da Serra do Cantá era habitada por índios e no início da década de 1950, foi criada através da Divisão de Produção Terras e Colonização (DPTC). Município criado a partir da Lei Nº 009, de 17 de outubro de 1995.
  • Bonfim: nasceu de um sítio religioso estadunidense e é o oitavo maior município em população de Roraima. Sua sede faz fronteira com a cidade de Lethem – capital da região 9 na Guiana.
  • Pacaraima: localizado no norte do estado de Roraima, na fronteira com a Venezuela. Conhecido como “Polo Norte de Roraima”, por causa de suas temperaturas que são mais baixas do que o restante do estado, por conta da altitude.
  • Amajari: o município teve a sua formação com a união de várias vilas, sendo a Vila Brasil, a sede municipal. Em 1975 chegou o primeiro morador, Senhor Brasil, que deu nome ao lugar. Em 17 de outubro de 1995, o município foi criado, através da Lei Nº 097.
  • Normandia: o nome da cidade é uma homenagem à região da Normandia na França. Foi criada pela Lei Federal Nº 7.009, de julho de 1982, com terras desmembradas da capital do estado.
  • Iracema: foi criada pela Lei Estadual Nº 83, de 04 de novembro de 1994. O nome da cidade faz homenagem para a esposa do primeiro morador, Militão Pereira da Costa.
  • Uiramutã: é um município do nordeste do estado de Roraima e é o mais setentrional do Brasil. Comporta grandes reservas indígenas e um Parque Nacional. É sujeitado à condição de fronteira tríplice com a Guiana e a Venezuela.
  • Caroebe: o município foi criado pela Lei Nº 082, de 04 de novembro de 1994. A instalação da cidade aconteceu em 1997.
  • São João da Baliza: o nome da cidade está relacionado à construção da BR-210 (Perimetral Norte). João Pereira (um dos pioneiros na construção da estradas) perdeu uma baliza do serviço de topografia em um igarapé perto de onde hoje é a sede.
  • São Luís: situado no sudeste roraimense e é o município menos extenso do estado, criado pela Lei nº 7.009, de julho de 1982. O nome da cidade está relacionado ao rio Anauá e à capital do Maranhão – São Luís, terra natal da maioria dos pioneiros da colonização, constituindo “São Luís do Anauá”, apesar de ter sido registrada apenas como “São Luís”.

Monte Roraima

O Monte Roraima é uma montanha situado na Serra de Pacaraima, na tríplice fronteira entre Brasil (Roraima), Venezuela e Guiana, na América do Sul. Ele possui 2.810 metros de altitude e é o sétimo maior pico do Brasil.

O monte Roraima compõe um Tepui – um tipo de relevo em formato de mesa bem específico do Planalto das Guianas. A porção brasileira (5%) integra o Parque Nacional do Monte Roraima, a porção venezuelana (85%) pertence ao Parque Nacional Canaima. Os 10% restante fica na Guiana.

Voltar

Questões