Resumo de Biologia - Carboidratos

Os carboidratos são as moléculas orgânicas mais abundantes do planeta Terra. Tratam-se de macronutrientes formados por moléculas de carbono com água (hidrogênio e oxigênio), fundamentais para a bioquímica do corpo humano. Desempenha funções de extrema importância para o bom funcionamento do organismo.

Os carboidratos são também conhecidos por Glicídios, Glucídios, Hidratos de Carbono ou Açucares. Contêm o carbono inorgânico, que está disponível na atmosfera e é incorporado por intermédio da fotossíntese.

O carboidrato ajuda a dar energia, mas ele possui também a função estrutural que auxilia na formação das estruturas celulares e dos ácidos nucleicosQuando esse macronutriente é ingerido e absorvido, libera a glicose.

Além disso, o carboidrato fornece energia para as células e faz ainda a manutenção metabólica e glicêmica para que o corpo humano tenha um bom funcionamento.

Tipos de carboidratos

Os carboidratos se dividem em três categorias: Monossacarídios, Dissacarídios e Polissacarídios. Os nomes não são populares, mas as substâncias estão presentes na rotina alimentar de muita gente.

A classificação deles vai depender da quantidade de átomos de carbonos existentes em suas moléculas. Os monossacarídios e os dissacarídios são chamados de carboidratos simples, de cadeias alimentares simples, enquanto os polissacarídios são chamados de carbonos compostos, de cadeias compostas.

Monossacarídios

São os açúcares simples que apresentam na sua estrutura entre três e sete carbonos. Veja:

  • Frutose: entre os açúcares simples, é o mais doce, responsável por proporcionar energia gradativamente por causa da absorção lenta, o que evita o rápido aumento da concentração de açúcar no sangue (glicemia). 
  • Glicose: é o resultado da quebra dos carboidratos mais complexos. É absorvido rapidamente e usado como fonte de energia imediata ou armazenada no fígado e no músculo no formato de glicogênio muscular.
  • Galactose: proveniente da lactose e transforma-se em glicose no fígado, consequentemente disponibilizando energia. 

Dissacarídios

Também são chamados de Oligossacarídios.

  • Sacarose: é o açúcar mais comum, o branco. Ela contribui para a formação das reservas de glicogênio no corpo e é formado por glicose e frutose. Pode ter uma rápida absorção e metabolização, promove o aumento da glicemia e oferece energia imediata para a atividade física.
  • Lactose: é o tipo de açúcar menos doce e apresenta, em sua composição, substâncias como galactose e glicose, como as encontradas no leite.
  • Maltose: constituído por duas moléculas de glicose. O resultado da quebra do amido existente nos cereais que estejam em fase de germinação e também nos derivados do malte.

Polissacarídios

São formados por três ou mais moléculas de açucares simples. Possuem duas classificações: animal e vegetal (amido e fibras).

  • Amido: considerada a principal fonte dietética (pouco calórica) de carboidrato, presente em vegetais como raízes e tubérculos. 
  • Maltodextrina: polímero de glicose que oferece energia gradativa por causa do mecanismo enzimático desmembrado do intestino até a glicose. Impede picos glicêmicos e é um ótimo precursor para a síntese de glicogênio muscular.
  • Celulose: não são digeridos por enzimas digestivas humanas, como a maior parte dos materiais fibrosos. Responsável pela formação do bolo fecal e ajuda no bom funcionamento do intestino. São encontradas somente na parte estrutural das plantas: raízes, caules, folhas, sementes e cascas de frutas. 
  • Glicogênio: é uma importante fonte energética de animais e fungos, concentrado no fígado e nos músculos desses seres. 

Alimentação rica em carboidratos

A glicose liberada pelos carboidratos é uma substância de extrema importância para os tecidos do corpo humano e, em especial, o cérebro, que necessita de uma quantidade maior, uma média de 120g/dia para uma pessoa adulta.

É muito importante manter uma alimentação saudável e uma dieta equilibrada, rica em todos os nutrientes que o corpo necessita. Os alimentos ricos em amido, como os cereais e os legumes secos, têm a absorção mais lenta e oferecem fibras, minerais, proteínas e vitaminas, além da glicose.

Os glicídios, que são originados das frutas, apresentam micronutrientes protetores, a exemplo da vitamina C, das fibras alimentares, dos carotenoides e de vários minerais que facilitam a absorção e assimilação por parte das células.

Alimentos que são ricos em carboidrato:

  • Ameixa
  • Amendoim
  • Arroz
  • Aspargo
  • Aveia
  • Banana
  • Batata
  • Batata doce
  • Berinjela
  • Beterraba
  • Brócolis
  • Cenoura
  • Cereais
  • Ervilha
  • Feijão
  • Figo
  • Grão de Bico
  • Inhame
  • Laranja
  • Leite
  • Lentilha
  • Mamão
  • Mandioca
  • Manga
  • Massas
  • Mel
  • Melancia
  • Milho
  • Pão
  • Quinoa
  • Soja
  • Tapioca
  • Tomate

Voltar

Questões