Resumo de Geografia - Assoreamento dos rios

O assoreamento dos rios é um fenômeno causado pelo acúmulo de detritos, lixo e outros sedimentos. Esse processo altera o curso dos rios, córregos e lagoas. O assoreamento dos rios é visto como um processo natural, porém vem sendo agravado pela ação do homem.

Esse fenômeno acontece quando a areia, o lixo, o entulho, e o esgoto são carregados pela chuva ou pelos ventos para o fundo dos rios.

Quando isso acontece cabe as matas ciliares evitar que esse material fique acumulado sob a água. Contudo, na maioria das vezes, essas matas são retiradas indevidamente e os rios ficam sem a sua proteção natural. Essa ausência de mata ciliar aumenta ainda mais a possibilidade do assoreamento dos rios, além de provocar o desbarrancamento.

A importância da mata ciliar

Mata ciliar é uma vegetação que se forma nas margens dos córregos, lagos, represas e nascentes. Essa mata deve se preservada permanentemente, de acordo com o Código Florestal Federal. A mata ciliar também é chamada de mata de galeria, mata de várzea, vegetação ou floresta ripária.

Essa formação vegetal recebe esse nome porque funciona como os cílios dos olhos humanos. Assim como os cílios dos nossos olhos, a mata ciliar tem a função de proteger os rios e as lagoas à proporção que estão próximas às nascentes e ainda ajudam na diminuição do assoreamento dos rios.

A preservação dessa mata a beira dos rios evita a erosão e garante que o rio não tenha alteração em seu curso.

Consequência do assoreamento dos rios

O assoreamento dos rios não provoca a paralisação dele, toda vez que um caminho é fechado por sedimentos a força da água consegue abrir novas rotas para que o rio possa correr em outra direção. Contudo, o assoreamento de rios próximo a cidades pode provocar grandes desastres e deixar a os habitantes completamente ilhados.

Várias ações humanas podem causa o assoreamento dos rios. A criação de lavouras próxima às margens dos rios é uma das principais causas, essa pratica contribui para que ocorra o deslizamento de terra para dentro do curso d’água. Com esse deslizamento, o volume de água do rio diminui por causa da grande quantidade de sedimentos acumulados.

Além de provocar o assoreamento dos rios, a grande quantidade de sedimentos na água aumenta a sua turbidez, isso deixa a cor da água mais escura, impossibilitando a penetração da luz e consequentemente matando os peixes que vivem nesse local.

O assoreamento dos rios provoca diversas consequências aos habitantes se uma região. O transporte fluvial pode ser prejudicado, uma vez que bancos de areia se formam e impedem a navegação dos barcos, navios ou canoas.

Lembrando que o assoreamento pode provocar a mudança do curso do rio e os espaços que atualmente é tomado por água pode se transformar em grades espaços secos.

Como evitar o assoreamento dos rios?

Para evitar o assoreamento dos rios é necessário criar políticas que transmitam para população a importância da preservação das matas ciliares que cercam os rios e lagos. Além disso, conscientizar as indústrias para que os resíduos da produção não sejam descartados nos rios.

As secretárias e Ministério do Meio Ambiente devem criar projetos para conservação dos rios e realizar trabalhos para o desassoreamento dos locais já prejudicados.

Assoreamento do Rio Taquari

O rio Taquari fica situado no estado do Rio Grande do Sul. As nascentes desse rio ficam localizadas nos municípios de Cambará do Sul e Bom Jesus. O rio Taquari tem grande influência na economia do Rio Grande do Sul.

Dez municípios do Rio Grande do Sul são banhos por esse rio. São eles: Arroio do Meio, Bom Retiro do Sul, Colinas, Cruzeiro do Sul, Encantado, Estrela, Lajeado, Muçum, Roca Sales, Taquari.

Mesmo tendo grande importância para a economia local, o Rio Taquari sofre com o assoreamento. A intensa atividade agrícola e pecuária em sua bacia está provocando a degradação do rio.

Por mais de vinte anos, a atividade agropecuária era praticada na maioria da região. Essa intensa atividade significava um crescimento de 1.820%. Entretanto, a agropecuária é caracterizada pela destruição das matas ciliares provocando o acúmulo de detritos no rio.

O acúmulo desses de terra acontece devido à erosão, causada pela falta de planejamento para realização da atividade agrícola.

O que é erosão?

A erosão é um fenômeno natural caracterizado pelo desgaste do solo, rocha ou material dissolvido em algum local do Planeta Terra.

Esse fenômeno resulta na formação de relevos e ocorre por causa de fenômenos como a chuva, o vento, o movimento dos rios, o clima, dente outros.

A erosão pode ser classificada em dois tipos: a erosão geológica e a erosão acelerada. A erosão geológica é lenta e decorrente de ações da natureza. Já a erosão acelerada é rápida e provocada, principalmente, pela ação do homem.

Voltar

Questões