Resumo de Biologia - Articulações do corpo humano

As articulações do corpo humano têm a função de realizar os movimentos e ações, pois sem esse sistema o esqueleto ficaria rígido.

A articulação é a área que um osso se une ao outro, ou seja, ponto em que os ossos se articulam. Nesse sistema as articulações são classificadas como: móveis, semimóveis e imóveis.

Praticamente todas as articulações são móveis e se categorizam em tipos diferentes: as pivoantes, como a do crânio com a coluna vertebral; as de cabeça com cavidade, como a do quadril; as de tipo dobradiça, como a do joelho, e as deslizantes.

Anatomia das articulações do corpo humano

As margens dos ossos das articulações móveis são geralmente dilatadas e se introduzem perfeitamente. Elas são cobertas por cartilagens que substituem o periósteo, as membranas que revestem os ossos.

A cartilagem, no entanto, está coberta em sua extremidade pela membrana sinovial, exceto nos locais em que os ossos se articulam.

A membrana sinovial separa o fluido que preserva as articulações constantemente lubrificadas e evita que haja fricção, enquanto as partes que se movem e o desgaste da cartilagem e extremidades dos ossos contribuem para a preservação e bom funcionamento do sistema articulatório.

As cartilagens das articulações são duras, lisas e elásticas, formando uma cobertura em todas as articulações móveis. Por exemplo, cada vértebra contém na extremidade cartilagens em formas circulares. No que se refere à dureza, as cartilagens vêm logo após os ossos e se encontram em todas as partes do corpo que necessitam de tecido duro.

Há também os ligamentos que são cordões fibrosos e bastante resistentes que unem os ossos e os fixam em seu lugar. Apesar de não serem elásticos, ficam entrelaçados e ao mesmo tempo permitem a movimentação própria das articulações.

Outro ligamento que constitui o tecido peritoneal modificado fixa em seu local órgãos principais. Um aspecto elástico de ligamento é encontrado nas vértebras, ponto do sistema articular que requer movimentos de amplitude considerável, como os movimentos das costas para realizar a dobra.

Nessa área os ligamentos se estriam até se tornarem rígidos, sustentando as diversas partes do corpo com firmeza.

Classificação das articulações

As articulações são classificadas de acordo com a capacidade de realização dos movimentos e também pelo tipo de tecido que une os ossos a serem articulados. São divididas em:

  • Sinartrose (fixa, fibrosa): é a articulação imóvel;
  • Anfiartrose (semimóvel, cartilagem): articulação ligeiramente móvel;
  • Diartrose (móvel, sinovial): articulação móvel que se divide em monoaxial, biaxial e triaxial.

Articulações sinartrose

  • Suturas: formadas por tecido fibroso denso. O crânio é exemplo de uma das articulações do corpo humano que possui articulações ligadas pela sinartrose, pois a maioria dos ossos que constituem a calota craniana são ligados em forma de suturas.
  • Sindesmose: as articulações se unem por uma camada de tecido composto por fibras colágenas e extensas, constituindo então um ligamento que dá limitação entre os movimentos dos ossos. Um exemplo disso é a articulação da tíbia e do perônio, ossos da perna.
  • Gonfose: um exemplo dessa articulação está localizada entre os dentes e os alvéolos dentários, que não permitem a mobilidade entre eles. Mesmo mantendo os dentes fixos e sem possibilidade de movimentos, possuem flexibilidade para absorção de impactos e pressões advindas das mordeduras. Também permitem a troca de dentes nas crianças.

Articulação anfiartrose

Nesse tipo de articulação, as cartilagens hialinas ou fibrocartilagens unem as peças ósseas e permitem articulações semimóveis como nos discos intervertebrais que ainda absorvem impactos.

As articulações Anfiartroses são classificadas pela composição e divididas em:

  • Sincondroses: são as articulações de cartilagem hialina (ex: cartilagens das costas);
  • Sínfeses: articulações e fibrocartilagens (ex: discos intervertebrais).

Articulação diartrose

A diartrose é composta por uma cápsula articular cujo lado externo possui uma camada de tecido fibroso e é fechado por uma cápsula articular encoberta por uma membrana fina, a sinovial, responsável por produzir um fluido lubrificante, o líquido sinovial.

As articulações se movimentam reforçando-se em meio às fibras musculares e os tendões que estão distribuídos em seu redor.

O líquido sinovial é resultante da filtragem do plasma sanguíneo e contém uma concentração rica de ácido hialurônico produzido pelas células da camada sinovial. Esse líquido é incolor e viscoso, fornecendo nutrientes e lubrificando as cartilagens que ficam localizadas entre os ossos a serem articulados podendo permitir movimentos amplos.

Doenças nas articulações do corpo humano

  • Artrite: é reconhecida por ocasionar inflamação das articulações e está associada ao excesso de peso corporal, atividades repetitivas, lesões, avanço da idade, etc. Seus principais sintomas são a dificuldade de movimentar-se, vermelhidão, inchaço e dor.
  • Artrose: é uma doença crônica que prejudica os ossos e as cartilagens do corpo. É comum se desenvolver nos punhos, mãos, ombros, cotovelos, joelhos e pés. É uma espécie de artrite degenerativa que acomete pessoas com idade avançada, com excesso de peso e trabalhadores braçais.
Voltar

Questões