Resumo de Português - Adjetivos Uniformes

Os adjetivos uniformes são aqueles que não flexionam o gênero, ou seja, possuem a mesma forma, tanto para o gênero feminino, quanto para o gênero masculino. É importante destacar que quando o adjetivo for uniforme e composto, vai permanecer invariável para o gênero feminino.

Quando o adjetivo é terminado em –a, -e, -l, -m, -ar, -or, -s, -z, ele é classificado um adjetivo uniforme. Confira abaixo alguns exemplos:

Fiel = mulher fiel – homem fiel

Audaz = garota audaz – garoto audaz

Excelente = escritora excelente – escritor excelente

Mais exemplos de adjetivos uniformes

Confira na lista abaixo mais exemplos de palavras que são classificadas como adjetivos uniformes:

  • Audaz = médico audaz – médica audaz
  • Competente = empregado competente – empregada competente
  • Comum = jantar comum – refeição comum
  • Excelente = aparelho excelente – máquina excelente
  •  Exemplar = comportamento exemplar – punição exemplar
  • Feliz = dia feliz – noite feliz
  • Frágil = recipiente frágil – vasilha frágil
  • Inteligente = homem inteligente – mulher inteligente
  • Ímpar = discurso ímpar – obra ímpar
  • Indígena = homem indígena – mulher indígena
  • Israelita = escritor israelita – escritora israelita
  • Leal = amigo leal – amiga leal
  • Maior = papel maior – folha maior
  • Reles = vizinho reles – vizinha reles
  • Ruim = sonho ruim – decisão ruim
  • Silvestre = animal silvestre – planta silvestre
  • Simples = jeito simples – regra simples
  • Superior = cargo superior – função superior

Adjetivos

Os adjetivos são classificados como os termos responsáveis por dar característica aos substantivos. Essa característica pode ser uma qualidade, um defeito, uma condição ou um estado.

A junção de dois termos para formar um adjetivo é chamada de locução adjetiva. Geralmente as locuções adjetivas são formadas por uma preposição e um substantivo ou por uma preposição e um advérbio. Por exemplo: exercício de abdômen – exercício abdominal / amor de mãe – amor maternal.

Os adjetivos podem ser flexionados em número (simples ou composto/singular ou plural), gênero (uniforme ou biforme) ou grau (comparativo e superlativo). Confira abaixo a definição e exemplos de cada uma dessas flexões:

Adjetivo Simples

Os adjetivos simples são aqueles formados por apenas um único elemento, um único radical, sendo esse os mais utilizados no dia a dia. Confira exemplos:

Aquela garota está muito feliz.

Aquele garoto está muito triste.

Aquela casa grande é de Pietro.

Adjetivo Composto

Os adjetivos classificados como compostos são formados por dois elementos e apresenta mais de um radical. Confira exemplos:

Fabiane comprou dez canecas rosa-choque.

Existem sete cadeiras amarelo-ouro no estoque.

Luana possui olhos azul-claros.

Adjetivo Primitivo e Adjetivo Derivado

Os adjetivos primitivos e derivados são conectados entre si.  Os adjetivos primitivos são aqueles que formam outros adjetivos, que são chamados de adjetivos derivados. Confira exemplos:

Falso (adjetivo primitivo) – falsidade (adjetivo derivado)

Azul (adjetivo primitivo) – azulado (adjetivo derivado)

Branco (adjetivo primitivo) – esbranquiçado (adjetivo derivado)

Adjetivo Biforme

Os adjetivos biformes são aqueles que apresentam duas formas, sendo uma para o gênero feminino e outra para o gênero masculino. Quando o adjetivo for biforme e composto, vai flexionar no feminino somente o último elemento.

Essa característica se aplica na maioria dos adjetivos da língua portuguesa. Confira exemplos:

Pequena/pequeno = caneta pequena – marcador pequeno

Completa/completo = tarefa completa – exercício completo

Feia/feio = cama feia – colchão feio

Adjetivo Pátrio

Os adjetivos pátrios são aqueles que definem as pessoas ou coisas de acordo com a sua origem. Essa classificação pode ser feita considerando cidade, estado, país, continente, entre outros. Confira exemplos:

Felipe mora no Rio de Janeiro é baiano nascido em Salvador.

A minha melhor amiga é alemã.

João é paulistano.

Adjetivo Comparativo e Superlativo

Os adjetivos podem ter um grau comparativo, quando são usados para comparar qualidades ou superlativo, quando são usados para exprimir intensidade na oração. Confira exemplos:

  • Adjetivo Comparativo:

– Comparativo de igualdade:

A nova assistente é tão eficiente quanto a antiga assistente.

– Comparativo de inferioridade:

A nova assistente é menos eficiente que a antiga assistente.

– Comparativo de superioridade:

A antiga assistente é mais eficiente que a nova assistente.

  • Adjetivo Superlativo:

– Superlativo absoluto:

Carina é uma garota justíssima.

– Superlativo relativo de superioridade:

Carina é a mais justa da empresa.

– Superlativo relativo de inferioridade:

Carlos é o menos justo da empresa.

No vídeo abaixo você confere mais informações sobre os adjetivos uniformes e os adjetivos biformes que são responsáveis pela flexão ou não dos gêneros. Confira: 

Voltar

Questões